MULHER DE VALDÍVIA XINGA BRASILEIRAS NO TWITTER

Deu no portal da Revista Istoé:

Não são bons os dias do jogador palmeirense Valdivia. Além da série de lesões que sofreu desde que retornou ao futebol brasileiro, a sua mulher, Daniela Aránguiz, anda falando demais. Irritada com o assédio feminino ao marido, ela postou no Twitter: “A maioria das mulheres brasileiras são piranhas, maria-chuteiras” (sic). Após ser criticada por diferentes apresentadores de televisão, ela se retratou dizendo que não se referia a todas as mulheres do País.

Sem Comentários mais...

MPB4 & CHICO BUARQUE – “RODA VIVA”

Agora eu estou indo lá prá Regional FM, onde, das 10:00 às 14:00, apresento o Brasil & Cia, com o melhor da nossa MPB. Deixo com vocês, um vídeo com o MPB4 e o Chico Buarque cantando “Roda Viva”. Essa canção ficou em terceiro lugar no III Festival da TV Record, em 1967, mas não foi como música e sim como tema de uma peça homônima que “Roda Viva” entraria para a história. Escrita por Chico em 25 dias e montada por José Celso Martinez Correa, a peça estreou no Teatro Princesa Isabel, no Rio, em 15/01/1968.

Acontece que, apresentada no agitado ano de 1968, quando a radicalização da ditadura caminhava para a edição do AI-5, “Roda Viva” gerou intensa reação de grupos de direita ligados ao regime militar, que culminou com a agressão aos atores e a destruição dos cenários no Teatro Galpão, em Porto Alegre, em 17/07/1968. Isso determinou o final das encenações, sendo os atores da peça – Marília Pêra, entre eles – enfiados em um ônibus e despachados para São Paulo, com a recomendação de não retornarem.

Mas, voltando à canção, “Roda Viva” é uma longa e muito bem elaborada composição, com uma melodia soturna que realça e complementa o pessimismo fatalista do poema. A canção foi defendida no festival e gravada pelo próprio Chico Buarque, com o apoio do MPB4, numa versão que pode ser considerada definitiva. A versão que está no vídeo abaixo é bem mais recente, mas tão bonita quanto a original. Vale a pena dar uma olhada:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

Sem Comentários mais...

DESTAQUES DOS JORNAIS

Estas foram as manchetes dos jornais locais, neste final de semana:

Folha Noroeste: “Aluno que não frequenta escola, não pode circular à noite, em Urânia”

Folha Regional: “Prefeitura inaugura ESF Zilda Arns e reforma do ESF Leonísio Gambero”

Jornal de Jales: “Em Jales, 1.920 pessoas vivem abaixo da linha da pobreza”

A Tribuna: “Parini esconde bens para fraudar execução de sentença, acusa MP”

Na Folha Noroeste, destaque para a decisão proferida pela juíza da Comarca de Urânia, Marina de Almeida Gama, que determinou a restrição da circulação de adolescentes nas vias públicas de Urânia. Na sub-manchete, o assunto foi a inauguração do novo mamógrafo digital do Hospital de Câncer, doado por uma entidade. Outros assuntos da Folha Noroeste: “Emenda de Edinho regulariza ranchos em áreas turísticas e dá autonomia a municípios” e “MPF em Jales denuncia ex-prefeito Joaquim Pires, de Urânia, por fraude em licitação”. Na coluna FolhaGeral, o editor registra que o provedor da Santa Casa, José Devanir Rodrigues, o Garça, está mesmo decidido a ser candidato a prefeito.

Na Folha Regional, destaque para as inaugurações provomidas pelo prefeito Humberto Parini, na área da Saúde. O jornal destacou também o lançamento da chamada “Cruzada Premiada”, um iniciativa da Prefeitura de Jales e do Comitê de Combate à Dengue e Leishmaniose. O prêmio “Mário Covas”, recebido pela Santa Casa de Jales e a Sabesp, foi outro assunto tratado pela Folha Regional. Destaque também para o prefeito Guedes Marques Cardoso, de Pontalinda. Segundo ele, ”Educação é prioridade para administração municipal”. E, na coluna Ella, mais uma demonstração de competência e bom gosto do Marcos Oliveira e do Douglas Zílio: a garota da semana é a belíssima Clareana Nogueira.

O Jornal de Jales destacou os números do IBGE sobre a pobreza em Jales e na região de São José do Rio Preto. Segundo o jornal, não fossem os programas de transferência de renda do governo federal, 1.920 jalesenses não teriam como sobreviver. Destaque também para os problemas do nosso trânsito, que são tratados em um texto do capitão Luís Carlos Presutto, e para a doação e instalação de um mamógrafo digital no Hospital de Câncer. Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior destaca que a Cocavel Veículos Ltda bateu mais um recorde de vendas na Facip 2011. E, na página 2, um artigo do cientista político Roberto Gonçalves propõe saídas para a sucessão municipal em Jales.

No jornal A Tribuna, matéria especial do jornalista Paulo Reis Aruca foca a nova iniciativa do  Ministério Público Estadual, que está acusando o prefeito Humberto Parini de prática de fraude à execução de sentença judicial. Segundo o MP, Parini estaria tentando ocultar seus bens para escapar à devolução de R$ 300 mil aos cofres públicos. Destaque também para a suspeita de que um morador do Jardim Paraíso teria morrido em decorrência de leishmaniose. Matéria do repórter Alexandre Ribeiro diz que a Câmara de Jales está discutindo a redução do número de vereadores. E a terceirização do lixo voltou a ser assunto em A Tribuna: o jornal relata que, apesar de a empresa Ecopav ter cortado funcionários e baixado os preços cobrados pela limpeza urbana, os gastos da Prefeitura com o lixo não diminuíram.

1 Comentário mais...

HOMEM MORRE COM SUSPEITA DE LEISHMANIOSE NO JARDIM PARAÍSO

No jornal A Tribuna, de amanhã, uma matéria do Alexandre Ribeiro, o Carioca, relata que um caminhoneiro de 59 anos, morador do Jardim Paraíso, pode ter morrido em decorrência da leishmaniose. Ele estava internado no Hospital de Base de São José do Rio Preto e morreu na madrugada da sexta-feira, dia 29, com sintomas típicos da doença.

A confirmação do caso, contudo, depende ainda dos exames feitos pelo Instituto “Adolfo Lutz” no líquido recolhido da medula do paciente. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, o homem era dono de um cão doente, que estava sendo tratado em uma clínica veterinária. O animal, que já foi sacrificado, pode ter sido o transmissor da doença.

8 Comentários mais...

EX-PREFEITO DE MIGUELÓPOLIS É PRESO EM MANAUS

Mais uma notícia sobre ex. Essa também foi veiculada pelo EPTV:

O ex-prefeito de Miguelópolis, José Cives Ferreira, foi preso em Manaus (AM) por agentes da Polícia Federal. Ele era foragido da Justiça e deve ser transferido para o Estado de São Paulo, onde pode cumprir penas que chegam a quatro anos e meio de prisão.

As acusações contra o ex-prefeito são de falsidade ideológica, apropriação de renda, desvio de dinheiro público e abuso de poder. José Cives Ferreira foi prefeito de Miguelópolis de 1983 a 1988 e de 2001 a 2003, ano em que foi cassado por corrupção.

Segundo o promotor de Justiça, Frederico Francis de Camargo, Ferreira estava na capital amazonense como estudante de medicina. A transferência do ex-prefeito ainda não foi definida pelas Secretarias de Segurança de São Paulo e do Amazonas.

Sem Comentários mais...

JAGUARIUNA: PEÃO FICA FERIDO DEPOIS DE LEVAR CHIFRADAS DE TOURO EM RODEIO

O nome do peão é Jeferson Tabareli, de Ilha Solteira. Ele foi campeão, em 2010, do Circuito Internacional PBR, a mais importante competição de montarias em touros do país. Já o nome do touro não foi divulgado, mas ele passa bem. Vamos à notícia:

Um peão ficou ferido no Rodeio de Jaguariúna na noite de sexta-feira (6), na segunda noite de montarias. Durante a prova de touros, Jeferson Tabareli levou duas chifradas e saiu de maca da arena.

O acidente foi exibido no telão da arena. A sequência de golpes começou depois que o peão perdeu o equilíbrio e bateu a cabeça contra o touro. Ainda no ar, o peão levou uma chifrada e foi novamente atacado, já no chão. Equipes de apoio tentaram afastar o touro, que ainda derrubou um dos socorristas.

O peão foi levado para o Hospital de Jaguariúna. Depois de permanecer em observação, ele recebeu alta médica e passa bem.

E, se você estiver a fim de ver o vídeo do acidente, clique aqui.

1 Comentário mais...

EX-PREFEITO É CONDENADO POR FAZER R$ 19 MIL EM COMPRAS SEM LICITAÇÃO

O detalhe é que o prefeito teria feito as compras através do Fundo Social de Solidariedade, em uma empresa da própria mulher. Esse negócio de primeira-dama mandar no prefeito só pode dar nisso! A notícia é do EPTV – São Carlos:

A Justiça condenou esta semana o ex-prefeito de Gavião Peixoto, Alexandre Marucci Bastos, por fazer compras pelo Fundo Social na empresa da própria mulher, Flavia Piccolo Marucci Bastos, sem fazer licitação. As compras somam o valor de R$19 mil.

O casal terá que devolver R$ 57 mil aos cofres públicos e pagar uma multa de cerca de R$ 38 mil. Manucci e a ex-primeira-dama também tiveram seus direitos políticos suspensos por cinco anos e estão proibidos de manter contratos com o Poder Público e receber benefícios fiscais por cinco anos.

Este é o sexto ex-prefeito da região a ser condenado por irregularidades na administração. Em depoimento, Alexandre Marucci negou as acusações e disse que vai recorrer da decisão do juiz João Batista Galhardo Junior.

Pitaco do blogueiro: a essa altura do campeonato, até a loja da ex-primeira-dama já deve estar no nome dos filhos do casal.

Sem Comentários mais...

PREFEITURA DE JALES E DEMOP: TRIBUNAL DE CONTAS APONTA IRREGULARIDADES EM CONTRATOS

O Diário Oficial de hoje publicou despacho do conselheiro substituto Olavo Silva Júnior, do Tribunal de Contas, concedendo prazo de 30 dias para que a Prefeitura de Jales e a empresa Demop Participações Ltda apresentem suas alegações a respeito dos contratos firmados entre ambas, para recapeamento asfáltico. Os contratos são oriundos de um Pregão Presencial realizado em maio de 2010, onde a Demop, de Votuporanga, saiu-se vencedora com uma proposta de R$ 6,1 milhões

A publicação do Diário Oficial não aponta quais seriam as possíveis irregularidades, mas é bem provável que, daqui uns três ou quatro anos, o próprio Tribunal chegue a conclusão de que não houve nenhuma irregularidade na contratação. Normalmente, é isso que acontece: o Tribunal faz uma visita anual às prefeituras, aponta irregularidades, exige uma porção de documentos, pentelha durante uns três anos, depois diz que está tudo bem. 

Foi isso que aconteceu, por exemplo, com a licitação realizada em 2007 e vencida pelo Banco Santander, para processamento da folha de pagamento dos servidores municipais. Em seu relatório de 2008, o Tribunal apontou irregularidades na licitação, mas, agora em 2011, concluiu que o procedimento foi correto. E foi mesmo! O Tribunal de Contas é um órgão que, se não existisse, não faria falta nenhuma!

Mas, falando em Demop, parece que a tal licitação de R$ 6,1 milhões não deu muito certo mesmo. O mesmo Diário Oficial está publicando, hoje, que a nossa Prefeitura está abrindo um novo Pregão Presencial, com o objetivo de contratar empresa para execução de serviços de recapeamento e correlatos. O que também não vai mudar muita coisa, uma vez que, provavelmente, a Demop será, de novo, a vencedora.

1 Comentário mais...

STF: SEIS MESES PARA PUBLICAR CONDENAÇÃO DE DEPUTADO

Como se sabe, o Agravo de Instrumento interposto pelos advogados do prefeito Humberto Parini, no caso Facip 97, está no gabinete do ministro Joaquim Barbosa, do STF, há quase três anos. E a notícia publicada pelo site Congresso Em Foco, nessa sexta-feira, dá bem uma idéia de como as coisas andam rápidas no STF:

O Supremo Tribunal Federal (STF) levou seis meses para publicar a sentença que condenou um deputado a 13 anos, 4 meses e 10 dias de prisão em regime inicialmente fechado. Só na semana passada, saiu o acórdão da ação penal que condenou o deputado Natan Donadon (PMDB-RO) por formação de quadrilha e peculato, acusado de desviar dinheiro público da Assembleia Legislativa de Rondônia. Com a publicação da decisão dos ministros, a Câmara agora será de fato comunicada e deve cassar o mandato do parlamentar, com base na Constituição.

Mas o advogado do deputado, Bruno Rodrigues, ingressou na quarta-feira (4) com um recurso contra a decisão dos ministros, o que, no mínimo, atrasará o comunicado oficial à Câmara. Ele nega que Donadon tenha desviado dinheiro da Assembleia.

Procurada desde a semana passada, a ministra Cármen Lúcia, relatora do caso, não informou ao Congresso em Foco por que a corte levou seis meses para a publicação do acórdão e se esse prazo está ou não dentro dos padrões do Judiciário.

A Constituição diz que nenhum parlamentar pode exercer o mandato se tiver condenação criminal contra si, mas essa sentença precisa “transitar em julgado”, ou seja, ser encerrada e não haver espaço para recursos.

Sem Comentários mais...

PREFEITURA TERCEIRIZA MAIS UMA: BOSQUE MUNICIPAL SERÁ GERENCIADO PELA ECOAÇÃO

blog do Murilo Pohl publicou um interessante artigo falando sobre estelionato eleitoral. Eis um trecho:

Estelionato eleitoral

Mais uma vez Jales segue na contramão da história. A administração do Bosque Municipal passa a ser “privada”.

Enquanto o PT apresenta conquistas de Norte a Sul, de Leste a Oeste do Brasil, fortalecendo a presença do Estado na gestão da coisa pública, desprivatizando o Estado e democratizando a gestão, em Jales o caminho é o inverso…

A íntegra do artigo pode ser lida aqui.

5 Comentários mais...

ENQUANTO ISSO, EM PRECIOSA, A CIDADE ONDE A PRIMEIRA-DAMA É QUEM MANDA…

Vejam vocês, se esse Walcyr Carrasco não merece ser processado. Primeiro, ele me inventa uma cidade onde o prefeito é completamente dependente da primeira-dama. E depois, inventa que a cidade fictícia, dominada pela primeira-dama, já foi habitada por dinossauros pré-históricos. Enquanto isso, aqui em Jales, um arqueólogo encontra ovos de crocodilos que viveram há oitenta milhões de anos. Isso não tá cheirando a plágio? Bem, já que estamos falando em Morde e Assopra, dêem uma olhada no final do capítulo de ontem(sexta-feira) e vejam como o Ary Fontoura é um ator fantástico. É só clicar no link abaixo.

http://mordeeassopra.globo.com/videos/v/aureo-chega-a-preciosa-causando/1503065/

1 Comentário mais...

CALIFÓRNIA PROMOVE CAMPEONATO DE SALTO DE SAPOS

O João do Pulo deve estar morrendo de inveja! O sapo campeão atingiu a histórica marca de 3,17 metros em três saltos. Só resta saber, agora, quando começaremos a ver competições de nado sincronizado para sapos. A notícia está no G1, de ontem:

Uma feira em Sacramento, no estado da Califórnia (EUA), promoveu na quarta-feira (4) o tradicional campeonato de saltos em distância de sapo. Um anfíbio chamado “Unicórnio” ganhou a 37ª edição da competição ao atingir 3,17 metros em três saltos. A marca não chegou nem perto do recorde de 7,5 metros, que foi estabelecido em 1986, por “Rose”, um sapo fêmea. Durante a competição, os donos podem incentivar seus sapos a saltar. Os prêmios variam de U$ 750 a U$ 5 mil. Até deputados locais participam do tradicional evento.

Sem Comentários mais...

CONTRIBUIÇÃO PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA RENDE R$ 1 MILHÃO POR ANO

Ao responder um pedido de informações do vereador Osmar Rezende(PMDB), sobre a arrecadação da CIP – Contribuição para Custeio da Iluminação Pública, o secretário de Finanças da Prefeitura, Rubens Chaparim, botou no papel que, nos três primeiros meses de 2011, o município arrecadou apenas R$ 96.738,54 com aquela taxa. O papel aceita tudo, dizem os céticos.

Não nutro a menor simpatia pelo senhor Rubens Chaparim, mas, nesse caso, não acredito que ele tenha mentido propositadamente ou mesmo que tenha tentado esconder a arrecadação. Talvez ele não tenha entendido direito a pergunta do vereador e, por isso, se equivocou ao responder. Afinal, Osmar perguntou quanto a Prefeitura arrecadou e não quanto sobrou da CIP, depois de pagos todos os encargos da Iluminação Pública. E, com certeza, a Prefeitura arrecadou bem mais que R$ 96 mil no primeiro trimestre de 2011.

Normalmente, a CIP rende para os cofres do município, cerca de R$ 1 milhão por ano. No ano passado, por exemplo, rendeu R$ 1.039.218,00, dos quais, R$ 290 mil foram arrecadados nos primeiros três meses. É impensável, portanto, que, em 2011, tenha arrecadado apenas R$ 96 mil. Mas isso também não vai fazer diferença nenhuma, já que o vereador Osmar se deu por satisfeito com a resposta. Aliás, ele perguntou também como a Prefeitura pretende aplicar os recursos oriundos da CIP. Sobre isso, falarei em outro post. Abaixo, a arrecadação da CIP, nos seis anos do governo Parini:

     2005      2006      2007      2008      2009      2010
     1.073.528       952.338     1.059.757       918.554        985.405     1.039.218
4 Comentários mais...

PALMEIRAS CONTRATA UM NOVO MEIA

Com o devido respeito aos meus amigos palmeirenses, não posso deixar de registrar a piadinha que está correndo a internet. Isso só pode ser coisa de são-paulino. Vejam só que maldade:

- Você viu? O Palmeiras tá contratando um novo meia!

- Um novo meia? Quem é ele?

- O meia dúzia!

6 Comentários mais...

PRESIDENTE OU PRESIDENTA? EIS A QUESTÃO!

Um dia desses, um visitante do blog que se identificou com o pseudônimo de “Analfabeto”, enviou um comentário condenando o uso do termo ‘presidenta’, que, segundo ele, não existe. Acho que o “Analfabeto” precisa ouvir menos o Alexandre Garcia, sem dúvida um grande comentarista político, o que não faz dele alguém totalmente confiável quando o assunto é o vernáculo.

Em questões vernaculares, é mais aconselhável ouvir os grandes gramáticos. Alguns deles, como o professor Pasquale Cipro Neto, não gostam do termo ‘presidenta’, mas admitem que a palavra pode ser utilizada. É só uma questão de gosto. A consultora de Língua Portuguesa do Grupo Folha-UOL, Thaís Nicoleti, diz que as duas formas estão corretas, mas a feminina é pouco usada. Por isso mesmo, a Folha de São Paulo preferiu adotar ‘a presidente’ para se referir a Dilma, o que é uma posição respeitável.

O texto que o ”Analfabeto” criticou foi reproduzido do jornal Correio do Brasil, que, ao contrário da Folha, adotou a forma ‘a presidenta’. Enfim, como eu já disse, é só uma questão de preferência. Se eu pudesse dar um conselho ao “Analfabeto”, diria a ele para fazer como fez o rapaz do comentário abaixo, que, na dúvida, pesquisou. Vejam o que ele diz: 

“Já tinha me convencido a chamar Dilma de ‘presidente’. Porém, ao ver o iG usando a palavra ‘presidenta’, fiz uma pesquisa básica a fim de saber qual seria o tratamento mais correto a adotar em meus textos. As respostas, oriundas de especialistas como Cláudio Moreno, Thaís Nicoleti, Sérgio Nogueira e Pasquale Cipro Neto, foram unânimes: ambas as formas são corretas e aceitas do ponto de vista gramatical.

E, para deixar as coisas mais claras ao ”Analfabeto” e fechar esse assunto, reproduzo, abaixo, um pequeno texto escrito por um especialista em Língua Portuguesa:  

“Se todos aqueles que se queixam da forma ‘presidenta’ tivessem ao menos aberto o Aurélio ou o Houaiss, descobririam que esse vocábulo é palavra dicionarizada; além disso, é TAMBÉM normatizada por todos os principais gramáticos brasileiros, como Evanildo Bechara, Celso Luft, Cegalla, Rocha Lima, Sacconi e inclusive o professor Pasquale Cipro Neto, pra citar alguém que os leigos apreciam muito. O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa também oficializa o vocábulo “presidentA”. Duvidam? Abram os livros e DESCUBRAM. Vão confirmar tudo isso.

Sejam humildes e procurem se informar em vez de emitirem juízos de valor que não encontram amparo na gramática contemporânea. Sempre há tempo, nunca é tarde.

Certo, “Analfabeto”? A partir de agora, quando você ouvir o Alexandre Garcia condenando o uso do termo ‘presidenta’, lembre-se de que ele é apenas um comentarista político.

4 Comentários mais...

  • Sobre

    • Valdir José Cardoso, casado, 4 filhos, aposentado, fã de Chico Buarque e corintiano. Foi funcionário do Banco do Brasil durante 25 anos, onde se aposentou. Gosta de música e futebol. Foi colunista político do jornal Folha D' Oeste. Apresenta há 15 anos, na Rádio Regional FM, o programa Brasil & Cia.

    • Formulário de contato
  • Publicidade

  • Enquete

    Você votaria em um candidato a deputado apoiado pela prefeita Nice Mistilides?

    Ver resultados

  • Publicidade

  • Apoio

    Extreme Bartenders

    Studio Lívia Cardoso - Fotografia

  • Copyright © Blog do Cardosinho. Todos os direitos reservados.
    Powered by Wordpress