IDOSO MORRE AO SER ATROPELADO EM RODOVIA DE JALES

Deu no G1:

Um idoso de 77 anos morreu atropelado na manhã desta quarta-feira (14) na Rodovia Jarbas de Morais, em Jales (SP).

Segundo informações da Polícia Rodoviária, ele estava atravessando a rodovia depois de sair de um ônibus que estava parado às margens da rodovia, quando um carro não conseguiu frear e atropelou o homem.

O motorista do carro parou para prestar socorro e esperou a chegada da polícia. O idoso morreu no local do acidente.

JORNAL AUSTRÍACO CRITICA BOLSONARO E DIZ QUE “O BRASIL ELEGEU UM IDIOTA”

A notícia é do jornal Extra:

O jornal austríaco Die Presse – um dos mais antigos do país, fundado em 1848 – publicou uma reportagem em que chama o presidente Jair Bolsonaro de “idiota”. A reportagem, com o título “O Brasil elegeu um idiota”, cita algumas medidas e declarações polêmicas do presidente brasileiro nestes sete meses de governo.

A publicação diz no subtítulo da matéria que Bolsonaro espalha teorias da conspiração e tenta reescrever a história brasileira. O jornal ainda critica a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

“Ele é um mentiroso, espalhando teorias da  conspiração e tentando nomear seu filho embaixador nos Estados Unidos”,  diz a matéria.

Em outro trecho da reportagem, o jornal ainda cita o episódio em que Bolsonaro cancelou a reunião que teria com o chanceler da França, Jean-Yves Le Drian. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou que o encontro não se realizou por “problema de agenda” do presidente da República. A audiência estava marcada para ocorrer às 15h, com duração de 30 minutos. Às 15h50, porém, Bolsonaro estava cortando o cabelo, o que foi transmitido ao vivo por suas redes sociais.

PREFEITO FLÁ ANUNCIA MAIS RECURSOS DO GOVERNO ESTADUAL PARA JALES

Da Secretaria de Comunicação:

O prefeito municipal de Jales, Flávio Prandi Franco, o Flá, esteve no início desta semana, dias 12 e 13 de agosto, na sede do Governo Paulista, Palácio dos Bandeirantes, onde foi recebido pelo vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, e Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi, oportunidade em que obteve autorização para a assinatura de dois importantes convênios que juntos somam aproximadamente R$ 700 mil com a contrapartida da Prefeitura e que vão assegurar novas obras de infraestrutura para o município de Jales. 

Serão destinados cerca de R$ 250 mil para a reestruturação do Velório Municipal “Aparecido Siqueira Leite” que contempla a construção de um estacionamento. O local receberá um novo piso de concreto armado com acabamento polido, vaga exclusiva para portadores de necessidades especiais. Haverá também a instalação de novas guias de concreto e a substituição das existentes no interior do estacionamento, construção de calçada em concreto com acabamento liso, plantio de grama esmeralda nos canteiros, bolsão para motos e a instalação de postes com luminárias LED e bancos de concreto. 

Os demais recursos, R$ 450 mil, serão aplicados na execução de uma pista de caminhada, na Avenida Engenheiro Euphly Jalles, entre as ruas Maestro Erlon Chaves e a Goiás, no Jardim Estados Unidos, além da revitalização dos canteiros da Avenida Euphly Jalles.

Entre os serviços serão feitos pintura da faixa de caminhada na via com tinta acrílica, instalação de taxões monodirecionais na borda externa da faixa de caminhada, sinalização das faixas de pedestre, instalação de postes com luminárias LED no interior dos canteiros ao longo de toda a avenida, revitalização dos canteiros por toda a extensão da avenida com plantio de grama e substituição das guias de concreto existentes. 

Feliz com as conquistas, o prefeito Flá disse que as duas obras são uma antiga reivindicação da população. “Há anos o Velório Municipal precisa de um estacionamento de veículos e uma reforma de suas instalações para proporcionar segurança às pessoas que passam por momentos difíceis no momento de velar entes e amigos queridos”, afirmou o prefeito.

Sobre a obra na Av.Euphly Jalles, Flá disse que “serão aproximadamente 02 quilômetros de pista caminhada que atenderá as necessidades dos moradores em terem um local para realizar mais atividades físicas, em segurança, melhorando assim a qualidade de saúde e de vida da população. Agradeço o empenho e companheirismo com a nossa cidade, do meu amigo, o vice-governador Rodrigo Garcia, que vem dando total atenção para o desenvolvimento Jales e ao Secretário de Desenvolvimento Marcos Vinholi”. 

Flá destacou ainda que em conversa com o vice-governador, Rodrigo Garcia, em breve o município receberá outras ótimas novidades e que continuará trabalhando para oferecer benefícios à população e ao progresso do município.

PREFEITURA SEGUE COM SERVIÇOS DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO PELA CIDADE

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A Prefeitura Municipal de Jales tem dado continuidade nos serviços de manutenção e limpeza em diversos pontos da cidade. A equipe coordenada pelo secretário municipal de Obras, Manoel Andreo de Aro prossegue nesta última semana de agosto com os trabalhos no residencial Jardim Alvorada e no Aterro Sanitário Municipal.

O Jardim Alvorada está sendo contemplado com a conservação da limpeza do sistema de drenagem das águas pluviais, ou seja, o sistema de galerias. Com equipamentos de grande porte, a Prefeitura está realizando a desobstrução dos dissipadores de águas pluviais.

Segundo o secretário Manoel de Aro, o Ministério Público Estadual encaminhou recomendações para que o problema de alagamento durante o período de fortes precipitações (chuvas) fosse sanado. “Após os alagamentos ocorridos no residencial Jardim Alvorada, estamos realizando a limpeza e também a manutenção de alguns pontos danificados no sistema de galerias. Este problema é proveniente também pelo fato da junção de águas pluviais das galerias do Jacb 1 e 2, Monte Líbano, Nova Jales, Nova Jales 2 e do próprio Alvorada”, explicou.

No aterro sanitário, a municipalidade com apoio e parceria da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), realiza a revisão da limpeza do complexo de drenagem do chorume na 2ª etapa da 2ª célula do aterro sanitário que em aproximadamente 60 dias estará em pleno funcionamento.

Ainda, de acordo com o secretário Manoel de Aro, uma empresa vencedora de processo licitatório também iniciou serviços de conservação de vias públicas, praças, jardins e outros logradouros para atender a Secretaria Municipal de Obras, Serviços Públicos e Habitação. As atividades executadas pela empresa contemplam roçagem, capinagem, limpeza, pintura de guias, transporte e destinação final de resíduos e reparo nos sistemas de drenagem de águas pluviais (galerias).

MACETÃO QUESTIONA PREFEITURA SOBRE REVITALIZAÇÃO INACABADA DE PRAÇA

Valdemar Jesus, que deu o nome à praça, foi um funcionário da Rádio Assunção, onde era sonoplasta. Ele era conhecido como “Maurinho” e morreu muito jovem, em 2001, vítima de um câncer. A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara:

O vereador Luiz Henrique Viotto – Macetão (PP), em Sessão Ordinária de ontem, (12), apresentou um requerimento questionando por que as obras de revitalização da Praça “Valdemar de Jesus Souza”, localizada no encontro das Ruas Belo Horizonte, Vitória e Porto Alegre, no Conjunto Habitacional JACB, estão paralisadas.

O vereador justificou que as obras de revitalização da praça não foram concluídas, o que prejudica a recreação dos moradores da região, que utilizam o local como ponto de encontro.

Macetão falou sobre a obra: “Eu fui questionado por moradores para saber se a obra já estava acabada. Existe uma lei de parceria público-privada para as pessoas que tiverem interesse em fazer melhorias na praça. Se a obra não for retomada, que coloque no site da Prefeitura, na lista de obras inacabadas, para que as pessoas vejam. Nós só podemos cobrar através de requerimento”.

O vereador João Zanetoni (PSB) comentou o requerimento: “Eu acredito que até o final do ano a praça passe por revitalização, para que as pessoas possam usá-la para recreação”.

Macetão indagou quando as obras serão retomadas e, caso não haja previsão, quais medidas serão adotadas para que a praça volte a constar na agenda da Prefeitura de obras a serem concluídas.

O requerimento foi aprovado por unanimidade e encaminhado ao Poder Executivo, que tem até 15 dias úteis para enviar resposta ao Legislativo. Todos os requerimentos e suas respostas ficam disponíveis ao público no site da Câmara Municipal (www.jales.sp.leg.br).

PROFESSOR VILLA: “NINGUÉM IMAGINARIA QUE EM SETE MESES O MORO ESTARIA TÃO DESGASTADO”

As revelações de ontem, do site The Intercept, dão conta de que o então juiz Sérgio Moro atuou para evitar – sabe-se lá por quais motivos – que os celulares do ex-deputado Eduardo Cunha fossem apreendidos. E, como se sabe, Moro livrou a mulher do Cunha da cadeia. Já no caso do Lula, Moro apreendeu até os aparelhos dos netos do ex-presidente.

Até o professor Villa, que era fã do Moro, já tem outra opinião sobre o imparcial de Curitiba:

EX-OFICIAIS DO CARTÓRIO DE IMÓVEIS DE JALES SÃO CONDENADOS POR PECULATO. PENAS VARIAM DE 09 A 13 ANOS DE RECLUSÃO

Em sentença proferida na sexta-feira, 09, o juiz da 5ª Vara, Adílson Vagner Ballotti, condenou a ex-oficial do Cartório do Registro de Imóveis de Jales, Gercy Marinelli Fernandes, e o ex-oficial substituto, Flávio Willians Fernandes, às penas, respectivamente, de 08 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão, e de 13 anos e 04 meses de reclusão, em regime inicial fechado para ambos os casos.

Eles foram acusados de peculato, em ação penal ajuizada em dezembro de 2016 pelo Ministério Público de Jales. A acusação diz que eles, na qualidade de funcionários públicos, apropriaram-se e desviaram cerca de R$ 2 milhões, referentes a emolumentos que deveriam ter sido repassados ao governo do estado e outras instituições. Os desvios ocorreram entre 13 de janeiro de 2014 e 03 de dezembro de 2016.

Ao estabelecer a pena da oficial titular, Gercy Marinelli, o juiz levou em consideração a atenuante da confissão. A condição de senilidade (idade avançada) da oficial também foi levada em conta. No caso de Flávio, não houve atenuantes e, por isso, a pena é maior.

Eles poderão recorrer em liberdade.

Além da ação penal por peculato, eles respondem, também, por duas ações civis por enriquecimento ilícito. Para quem não se lembra, o caso veio à tona em outubro de 2016, quando os dois oficiais foram afastados de suas funções no Cartório, sendo substituídos por um interventor.

PROMOTORIA FIRMA TAC PARA PROTEÇÃO DE JOVENS COM MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS EM JALES

A notícia é do portal Regional Press:

Por meio da Promotoria de Justiça da Infância e Juventude local, o Ministério Público firmou na última quarta-feira (7/8) Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o município de Jales visando à implantação de serviço de proteção social a adolescente em cumprimento de medida socioeducativa.

A medida se destina a auxiliar e fiscalizar adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade.

Pelos termos do acordo, a prefeitura se compromete, entre outras obrigações, a manter equipe de referência com ao menos dois técnicos de nível superior e dois educadores sociais, responsáveis pelo atendimento aos adolescentes.  Os profissionais deverão ter formação em psicologia ou assistência social.

O TAC foi fruto de investigação realizada pela Promotoria de Justiça, concluindo que o serviço de proteção social a adolescente em cumprimento de medida socioeducativa era realizado por profissionais da rede de atendimento que desempenham também outras funções, com sobreposição de atribuições e possível redução na eficácia das medidas aplicadas.

O serviço a ser implantando pelo município tem a finalidade de contribuir para a efetiva ressocialização de adolescentes em conflito da lei, estando de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

Pelo MPSP, o TAC foi assinado pelo promotor de Justiça Cleiton Luís da Silva. Já o município de Jales foi representado pelo prefeito, Flavio Prandi Franco, e pelo procurador jurídico Pedro Manoel Callado Moraes.

JORNAL DE JALES: EM PALESTRA, CONSELHEIRO FEDERAL DA OAB MANIFESTA PREOCUPAÇÃO COM PROJETOS DE BOLSONARO

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, que traz, como principal destaque a atuação da Polícia Civil de Jales e região, que deflagrou a Operação Desmantelamento, a qual, como o nome sugere, desmantelou um grupo que traficava drogas nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. A operação, diz a matéria, resultou na prisão de 10 pessoas acusadas de envolvimento no tráfico de drogas. O delegado seccional, Charles Wiston de Oliveira, acompanhou a operação e informou que a associação criminosa comercializava drogas entre universitários de Santa Fé do Sul, além de enviar drogas para diversas localidades, através de transportadoras.

Destaque, igualmente, para o Simpósio “A Advocacia e a Cidadania”, organizado pela OAB de Jales e realizado na sexta-feira, 09, na Câmara Municipal. Um dos palestrantes, Alexandre Ogusuku, conselheiro federal da OAB, falou sobre “A Importância das Prerrogativas Profissionais para a Cidadania” e manifestou preocupação com alguns projetos do presidente Bolsonaro, entre eles o que acaba com o exame da Ordem. Ele disse que, se isso acontecer, a OAB se transformará em uma simples associação e deixará de exercer o controle ético profissional dos advogados, passando essa função para os juízes.

O Seminário de Agroecologia e Agricultura Orgânica, realizado durante a semana na Escola Vocacional; a operação Enxaqueca, que incluiu Jales na apuração de fraudes de farmácias no pagamento de ICMS; os riscos que a cidade corre de ter uma epidemia de sarampo; a aprovação do projeto de autoria do vereador Macetão, que cria, em Jales, o Dia de Prevenção ao Suicídio; o procedimento aberto pelo MPF de Jales para apurar se as prefeituras da região estão cumprindo a lei sobre o piso salarial dos professores; e as reminiscências da juíza Daniela Endrice Rizzo, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informa que recebeu na redação do jornal, em visita de cortesia, o empresário Luiz Henrique Moreira, que foi o candidato a deputado estadual mais votado em Jales, nas eleições do ano passado. LH garantiu ao colunista que ainda não definiu se vai mesmo se candidatar ao cargo de prefeito em 2020, ou se será candidato a deputado novamente, em 2022. O que LH garantiu, diz Deonel, é que o seu grupo político irá disputar, com certeza, as eleições municipais do ano que vem e, para isso, já tem até o número de candidatos a vereador: 75, sendo 50 homens e 25 mulheres. Por enquanto, os partidos que LH controla são o Podemos, o PP e o PSD.

1 3 4 5 6 7 1.318