CAMPANHA ELEITORAL ESQUENTA EM URÂNIA COM INQUÉRITO DA POLÍCIA FEDERAL

fiaomarcio-arjolE o clima esquentou na campanha eleitoral de Urânia, nesta sexta-feira, com a notícia divulgada pela Polícia Federal sobre a abertura de inquérito para apurar eventual compra de votos por políticos daquele município. A PF afirma ter imagens e diálogos gravados e já indiciou três pessoas pelo crime de compra de votos.

O detalhe é que, segundo notícias veiculadas em redes sociais, a campanha de um dos candidatos a prefeito – o pepessista Fião – teria publicado fotos de um suposto flagrante da PF que comprometeria a campanha de um de seus adversários, o tucano Márcio Arjol.

De acordo, no entanto com o que está sendo veiculado nas redes sociais, as fotos não correspondem aos fatos noticiados pela Polícia Federal. O delegado da PF de Jales, Cristiano Pádua da Silva, teria dito que vai apurar quem foram os responsáveis pelo uso da imagem da Polícia Federal e pela manipulação das informações.

Abaixo, os nomes das três pessoas indiciadas pela PF. Um deles – Donizeti Mussato – é candidato a vereador pelo Solidariedade, partido que integra a coligação do candidato a prefeito Odair Bezerra Dias, o Fião. Os outros, eu não conheço.

pf-urania

 

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *