DATAFOLHA: 32% DOS ELEITORES DIZEM QUE VOTARIAM ‘COM CERTEZA’ EM UM CANDIDATO INDICADO POR LULA

O dado mais relevante da pesquisa Datafolha foi divulgado neste sábado e traz uma boa notícia para o candidato Fernando Haddad: nada menos que 32% dos eleitores votarão com certeza no “candidato indicado por Lula”. Além disso, outros 16% podem vir a votar.

Isso significa que o piso de Fernando Haddad, em quem Lula declara seu apoio, é de 32%, enquanto seu potencial de votos, de 48%, seria suficiente até para uma vitória em primeiro turno. Em carta, Lula já pediu “de coração” que todos os que iriam votar nele votem em Haddad. O ex-prefeito de São Paulo tem o desafio, agora, de deixar claro ao eleitorado, que ele é o candidato de Lula.

Mesmo sem ser ainda muito conhecido, Haddad foi o candidato que mais cresceu entre o Datafolha de segunda-feira, 10, e o Datafolha de sexta-feira, 14. Em quatro dias, o petista cresceu 4%, saindo de 9% e chegando a 13%, o mesmo percentual de Ciro Gomes, que era o segundo colocado.

Nesses mesmos quatro dias, Alckmin e Ciro permaneceram estagnados, Marina despencou e Bolsonaro – com toda a exposição midiática dos últimos dias – oscilou positivamente, dentro da margem de erro.

Entre os mais pobres – que são imensa maioria – Haddad foi quem mais cresceu. Na pesquisa Datafolha de 22 de agosto, ele tinha apenas 3% entre os eleitores que ganham até dois salários mínimos. No Datafolha de ontem, Haddad já está com 16% nesse eleitorado, sendo que 6% foram obtidos nos últimos quatro dias.

No Nordeste, Haddad tinha 5% em 22 de agosto. Agora já tem 20% e lidera a corrida eleitoral naquela região do país, onde ele deverá crescer muito mais.

6 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *