DEPUTADO DO PDT PARABENIZA GOVERNO DA INDONÉSIA POR EXECUÇÃO DE BRASILEIRO

A notícia é do Congresso em Foco:

majorolimpio_gabriela-korossy_agcamara1Um dos novos integrantes da chamada bancada da bala, o deputado federal Major Olímpio (PDT-SP) parabenizou, na sessão desta quarta-feira (29), o governo da Indonésia por ter executado o brasileiro Rodrigo Gularte, condenado por tráfico de drogas.

“Ninguém comemora a morte, mas é um traste a menos na humanidade”, afirmou o deputado. Para Olímpio, os políticos brasileiros não deveriam interferir na lei de punição a crimes hediondos da Indonésia.

Segundo ele, o país está apenas defendendo sua juventude.  “Absurdo é o traficante matar nossos filhos. Não temos que ter complacência com estes criminosos. Parabéns ao governo da Indonésia”, declarou o pedetista.

Major da Polícia Militar de São Paulo e deputado estadual por dois mandatos, Olímpio chegou à Câmara com 179.196 votos. Antes de entrar para a política partidária, foi presidente da Associação Paulista dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo e diretor da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Tá a fim de ouvir o discurso do deputado? Então, dê uma olhada no vídeo abaixo:

11 comentários

  • Marcio

    O interessante e mais relevante nessa história é que essa legislação não está surtindo o mínimo efeito na diminuição do tráfico de drogas.

  • Jalense

    ele só se esqueceu de fazer um comparativo entre traficantes, políticos corruptos e milícias urbanas, que se perpetuam na vida brasileira por conta de uma legislação que finge que pune a sonegação fiscal (pai e mãe), a corrupção e o todo o ciclo de mercado das drogas (filhos)…

  • Jalesense

    Lá pelo menos o problema do tráfico é controlado. Não somos exemplos de nada, e outra, quantas vidas o tráfico no Brasil não retira diariamente. Logo, não consigo ficar com dó do executado e nem da sua família.

  • Thiago

    O perigo é o traficante enviar a droga escondida na bagagem de um turista. Imaginou você indo fazer turismo na Indonésia e, chegando lá, descobrem que você está carregando droga na bagagem ?. Como você prova que esconderam aquilo sem o seu consentimento ?. Vai pro paredão pagar pelo crime que não cometeu.

  • Brasileiro

    Concordo totalmente com o deputado, o cara sabia o mal que ia fazer p os filhos dos outros, só estavam pensando no bolso dele, (dinheiro), sabia da legislação daquele País, fez sabendo, certo o deputado.

  • Abraham Lincoln

    A pena de morte é uma herança nesfasta e absurda de nossos ancestrais mais selvagens, de nossas sociedades menos evoluídas. Lamentavelmente é ainda hoje praticada, inclusive em países desenvolvidos, como nos Estados Unidos, muito embora, naquele país, haja sinais de que a prática tem seus dias contados. Mesmo que fosse aqui escrito um tratado sobre o absurdo desta forma de punição, haveria aqueles que, dado à formação cultural e espiritual, não mudariam de opinião, manter-se-iam favoráveis a essa excrescência. Ainda que haja um único argumento sustentável favorável à pena de morte – o que considero apenas argumentativamente – ele seria demasiadamente frágil ante à possibilidade de se tirar a vida de um inocente. Não é demais lembrar que o último condenado à morte no Brasil – o fazendeiro Manoel da Motta Coqueiro, executado no dia 6 de março de 1855, em Macaé, Rio de Janeiro – não havia cometido o crime pelo qual foi condenado. E ai vem um animal, eleito por indivíduos de sua estirpe, e parabeniza o Estado que comete um crime para punir outro. Dois erros não produzem um acerto.

  • macaco prego

    Não acho que um ser humano possa tirar a vida do outro.
    Quantas vidas este traficante tirou?. Para os traficantes deveria ter pena de prisão perpétua com trabalho forçado de pelo menos 12 horas por dia.

  • anonimo

    Uma vez que o excelentíssimo deputado pensa assim, porque não encabeça leis bem mais rígidas para aqueles que traficam. Por exemplo prisão perpétua. No Brasil a coisa é muito fácil. Pena máxima 30 anos, cumpre um 1/3, 10 anos, bom comportamento ( em cela se comporta bem mesmo, claro prá ter benefício ). Fica uns 6 ou 7 anos tá na rua. Fora a turma dos Direitos Humanos e deixa prá lá

  • animado

    macaco prego- o que tem de bandido assassinando cidadãos indefesos nesta brasil de banana e quando pego e levado a juri curte uns 5 ou 6 anos de prisão, e depois tai soltinho da silva,estimula outros a seguir na mesma trilha. nossa sociedade perdeu a luta contra a criminalidade por uma série de razões. como consertar ? muito difícil sem doer em todos.

  • Calibre 44

    Os detentos de todo Brasil deveriam trabalhar para se manter e para reembolsar o Estado ou os cidadãos do prejuízo que causou.
    Imaginem, por exemplo, quantos homens para fazer limpeza de beira de rodovias, auxiliar na construção civil etc.
    Tudo monitorado e com escolta armada, para que num mínimo deslize, o cidadão que tentasse alguma gracinha teria uma surpresa desagradável.
    Quero ver se os vagabundos que roubam e destroem o patrimônio alheio não pensariam duas vezes antes de se meter a besta.
    Enxada, vassoura, marreta, picareta e pau no lombo desses vagabundos, aí sim endireita.

  • Brasileirinho

    Bandido bom é bandido morto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *