FLÁ EXONERA SERVIDOR MUNICIPAL CONDENADO PELA JUSTIÇA

Em obediência a uma decisão judicial, o prefeito Flá Prandi foi obrigado, na semana passada, a exonerar um servidor municipal com mais de 20 anos de carreira. O servidor foi condenado pela Justiça à perda do cargo público, entre outras coisas, por conta de serviços prestados à ADERJ em um contrato com a Prefeitura de Mirassol.

A encrenca começou em 2008, quando o Ministério Público abriu inquérito para “apurar eventuais irregularidades na prestação de serviços de servidor público municipal, que embora exerça cargo público no município de Jales, também estava exercendo cargo administrativo em Unidade de Saúde do Município de Mirassol, através de Oscip – ADERJ”.

Este é o segundo caso em que sobrou para o prefeito Flá Prandi assinar a exoneração de um servidor concursado, por conta de condenação na Justiça. Em fevereiro deste ano, um servidor do setor de Compras e Licitação, também com mais de 20 anos de carreira, foi igualmente exonerado.

Nesse segundo caso a encrenca começou em 2001, quando o então prefeito José Carlos Guisso mandou fazer uma auditoria nas coisas do ex-prefeito Rato. A auditoria atingiu o objetivo que era “ferrar” o ex-prefeito, mas atingiu também alguns servidores que integravam a comissão de licitações.

Em ambos os casos, é bom que se registre, nenhum dos servidores – tidos pelos colegas como competentes, eficientes e honestos – foi acusado de desviar um único centavo do dinheiro público.

Este aprendiz de blogueiro trabalhou diretamente com um dos servidores exonerados. Na época, ele trabalhava das 08 às 17 horas na Prefeitura e às 18 horas já estava em seu segundo emprego – recepcionista de um hotel – onde trabalhava até a meia-noite. E, nos finais de semana, ele batalhava mais uns trocados como garçom.

8 comentários

  • TOLOCO

    Então aproveitando o assunto Exoneração e tirando os mesmos do meu comentário, a Prefeitura esta cheio de parasitas que estão la só porque estão numa empresa Publica porque se estivessem numa Empresa Privada estariam no olho da rua, alias os mesmos nem seriam chamados para fazer um teste depois de uma entrevista são poucos trabalhando e muitos mamando e fazendo números

  • Escola de Comércio de Jales

    Esta semana o grupo Toledo (Araçatuba), diga-se, referência em Direito, vendeu a tradicional faculdade para um outro grupo também fortíssimo ($$$) da mesma cidade, segundo um de seus proprietários, são três, Bruno Toledo a venda foi por uma pequena bagatela de R$ 102 milhões, e o olha a consciência do mesmo, só venderam porque o grupo comprador tem muito mais condições de crescimento, infelizmente coisa que não acontece com a Escola de Comércio de Jales, diga-se, faculdade, não vende, porque crescer, NUNCA.
    OBS: Informações aí para o blog, porque o proprietário do mesmo só pensa no Bolsonaro, uma pena.

  • Indignado

    Fala só as iniciais amigo cardosimho

  • PEDIDO DE SOCORRO

    Aproveitando o encejo o sr ruizissimo Prefeito de Dirce Reis poderia exonerar a servidora que levou os 75 mil e aproveitar e levar junto o secretário de finanças que não sabe nem pra que la do da pm fica a sala da contabilidade! Uma vergonha esse ultimo ganhando mais de 3 mil reais e sem trabalho, que vergonha, as quinta-feiras a tarde msm ele nao vem pois vai fazer entrega da sua fabrica de calçados, O SEC DE ADMINISTRAÇÃO é pior do que os baçais em questão de estudo, tem direito mais nunca conseguiu passar na oab, nós temos 3 advogados, sendo que a lei orgânica rege somente 1 procurador, isso é uma vergonha, dirce reis fora de ordem, será que alguem ainda conseguem colocar no lugar, os vereadores não sabem nem ler direito, pegam as proposituras minutos antes da leitura, e siquer leem em casa as matérias do dia.
    está uma vegonha dirce reis…
    7

    SOCOROOOOOO

  • PEDIDO DE SOCORRO

    Ou não infelizmente, eu não escolhi o prefeito e o vereador que votei ja morreu, então não estou representado!
    E no caso de Jales, não tinha escolha!
    Estamos largados a traça em Dirce Reis!
    Cade o prefeito, só se importa com a família, a nora não trabalha só vai no serviço de quarta feira que coisa feia!!!!!

    • AFFF!!!;;

      Região morta, só cabide de emprego, feliz daquele que tem seu emprego numa prefeitura dessa, nada a fazer a não ser aguardar o pagamento, se aparecer um bico melhor ainda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *