FLÁVIO BOLSONARO NÃO RESPONDE A CONVITE DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA DEPOR SOBRE CASO QUEIROZ

“Tá na cara que tem coisa errada aí…”. A frase foi dita pelo presidente Bolsonaro há alguns dias, mas ele não estava se referindo ao caso Queiroz. O Coiso se referia às movimentações do governo Temer nos últimos dias de mandato. Sobre Queiroz, só evasivas. Deu no DCM:

Reportagem de Marco Grillo no Globo informa que, apesar de ter afirmado que está “à disposição das autoridades” para contribuir com a investigação sobre o ex-assessor Fabrício Queiroz , o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) ainda não respondeu ao convite do Ministério Público do Estado do Rio (MP-RJ) para prestar depoimento na quinta-feira.

De acordo com a publicação, por ser parlamentar, Flávio Bolsonaro pode indicar a data em que deseja ser ouvido, o que também não fez, segundo o MP-RJ informou domingo.

A solicitação foi encaminhada em 21 de dezembro, quando Queiroz faltou pela segunda vez à oitiva marcada pelo MP-RJ, alegando razões de saúde. Dias depois, o ex-assessor disse em entrevista ao SBT ser um “homem de negócios”, o que explicaria a movimentação em sua conta, classificada pelo Coaf de “atípica”. A assessoria do senador eleito disse que não conseguiu localizá-lo para responder se ele compareceria ao MP-RJ, completa o Jornal O Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *