GOVERNO DILMA: ESPERANÇAS E INTERROGAÇÕES

O jornal carioca Correio do Brasil está publicando, em sua edição de hoje, o artigo semanal do bispo de Jales, D.Demétrio Valentini, sob o tema acima. O Correio do Brasil foi o primeiro órgão da chamada grande imprensa a publicar, durante a campanha eleitoral de 2010, o comentário de uma ex-aluna de dona Mônica Serra, dando conta de que a mulher do então candidato José Serra teria cometido um aborto, quando ambos ainda moravam no Chile. Introduzido por Mônica à campanha, o tema aborto havia se transformado em um dos principais motes do discurso serrista e, por conta disso, o comentário da ex-aluna, feito em uma rede social (Facebook) e publicado pelo Correio do Brasil acabou repercutindo bastante, retirando o assunto da pauta de Serra e ocasionando um certo sumiço da mulher do candidato. O tema aborto repercutiu também, é claro, na Igreja Católica, ocasião em que dom Demétrio, contrariando movimento liderado pelo bispo de Guarulhos, dom Luiz Gonzaga Bergonzini, adotou uma posição firme em defesa do direito de os eleitores escolherem livremente os seus candidatos. A posição do nosso bispo foi destaque na mídia nacional e gerou inclusive uma “Carta Aberta a Dom Demétrio Valentini“, publicada pela revista Carta Maior e por outros órgãos de imprensa, ainda um pouco antes do segundo turno da eleição presidencial. Voltando ao artigo desta semana, a íntegra publicada pelo Correio está aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *