PREFEITO DE FERNANDÓPOLIS ATENDE 123 MUNÍCIPES NO ÚLTIMO ‘GABINETE DE PORTAS ABERTAS’ DO ANO

Enquanto em Fernandópolis o criticado prefeito Luiz Vilar abre as portas de seu gabinete às sugestões e reclamações dos contribuintes, aqui em Jales, o que temos é o “gabinete de portas fechadas”. Quem já tentou falar com o prefeito Humberto Parini sabe o quanto isso é difícil. 

Quando ele está por lá, a quase intransponível secretária do prefeito,  Marli Mastelari, não deixa ninguém chegar perto. Ninguém do populacho, fique claro! Mas isso é quando, repito, o prefeito está em seu gabinete. Normalmente, ou ele está viajando, ou está despachando do gabinete da primeira-dama, no Fundo Social de Solidariedade.

Mas, deixemos o estadista de lado e leiamos a notícia da assessoria de imprensa da Prefeitura de Fernandópolis. Vejam a diferença:

O prefeito Luiz Vilar recebeu 123 munícipes no Gabinete de Portas Abertas, realizado nessa sexta-feira (25/11). O atendimento começou por volta das 9 horas e se estendeu até o final da tarde.

Moradores de diversos bairros passaram pelo gabinete e tiveram a oportunidade de falar direto com o prefeito Luiz Vilar e apresentar sugestões, indicações e outras manifestações acerca da Administração.

Este foi o último Gabinete de Portas Abertas de 2011, que volta a ser realizado no início de 2012. Neste ano, mais de 1 mil pessoas foram atendidas pelo prefeito Vilar através deste programa, que visa dar voz à população.

Para o próximo ano, a expectativa é que o número seja, ainda, maior. “O Gabinete de Portas Abertas desse ano foi muito bom. Recebemos muitos munícipes e solucionamos muitos problemas. Mas gostaríamos de receber muito mais pessoas no Gabinete de Portas Abertas, pois é através deste programa que ficamos sabendo dos problemas e necessidade da cidade de uma maneira muito rápida”, explicou o prefeito Luiz Vilar.

Quem não teve a oportunidade de participar do Gabinete de Portas Abertas desta sexta-feira, pode também fazer sua sugestão ou reivindicação pelo FALA CIDADÃO ou aguardar a próxima edição do Gabinete de Portas Abertas em 2012. 

3 comentários

  • Jalesence

    QUEM DERA SE O NOSSO ILUSTRE PREFEITO RECEBESSE PELO MENOS NOSSOS APOSENTADOS…QUE SAÚDADE DO GUISSO, ELE APESAR DOS PESARES NÃO FECHAVA A PORTA DO GABINETE PARA OS JALESENCES.

    • servidor publico municipal

      fiquei comovido com estas palavras, e realmente é verdade o Guisso foi a diferença de todos, recebia todos nós, que pena meu Deus.

  • anônimo

    No meu caso foi diferente. Quando precisei falar com o estadista, a Primeira Ministra disse-me que ele estava em uma reunião. Encontrei a primeira cadeira naquela salinha e esperei, esperei…para minha surpresa, ele saiu do seu gabinete sozinho. A reunião deveria ser com o “gasparzinho”…kkkk…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *