PRISÃO FEZ LULA E PT CRESCEREM EM PESQUISA

Deu no Brasil 247:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se tornou ainda mais forte, depois de sua prisão. É o que mostram dados preliminares de uma pesquisa Vox Populi, registrada no Tribunal Superior Eleitoral e contratada pelo Partido dos Trabalhadores.

Os números revelam que a prisão determinada por Sergio Moro produziu efeito contrário ao desejado. Segundo informações iniciais que chegaram a dirigentes do PT, Lula foi de 40% a 43% no voto espontâneo e de 45% a 51% no voto estimulado. Ou seja: ele venceria a disputa presidencial em primeiro turno.

A identificação com o PT também passou de 16% a 19% e a legenda continua a ser a mais forte do País, com larga vantagem em relação aos partidos mais diretamente associados ao golpe, como PSDB e MDB.

Diante da força de Lula, a estratégia da direita e dos grupos de mídia associados ao golpe, como Folha e Abril, será tentar tornar Lula invisível em suas pesquisas e no seu noticiário. Neste domingo, o Datafolha publica uma pesquisa que exclui Lula de seu cenário principal, embora nada impeça que um presidiário – sobretudo um preso político – possa disputar as eleições presidenciais.

Em sua capa deste fim de semana, Veja noticia que a corrida presidencial começou agora, após a exclusão de Lula, que ainda não aconteceu, uma vez que a chapa do PT, com Lula candidato a presidente, será registrada no dia 15 de agosto.

10 comentários

  • A força do mito independe de sua presença física – Ninguém vai apagar a ”ideia” e ideal que o Lula representa para o País.

  • Ser ou não ser candidato? Eis a questão

    Certamente a corrida presidencial não começou agora pois teremos muitos processos a estourar ainda, pois hoje, Lula não será candidato. Embora os petistas com os advogados de Lula, estão lutando para mante-lo vivo. Missão impossível. Aceita que dói menos! kkkkkk
    Lula já não era candidato desde a condenação de TRF-4 pois era, nesta votação, a ficha suja. Lula terá que mudar a lei para ser candidato. Difícil quase impossível.
    Os nordestinos estão desnorteados com a saída de Lula e não sabem em quem votar. Portanto os indecisos estão em torno de 30%.
    A Marina já pegou o eleitorado de Lula porem os petistas esperam uma indicação para a sua vaga que pode ser Fernando Haddad ou Jacques Vagner? Acho que nenhum dos dois ganham embora serão o poste de Lula. Ou apoiar Ciro Gomes? Acho dificil porem se juntar os votos de Lula com o Ciro poderá dar resultado.

  • A choradeira dos podres!

    Os políticos estão contra a justiça e choram por clemencia! Pois vejamos :
    O STF mantem Palocci, na cadeia assim como colocou Lula, também. Petistas querem que o STF solte Lula para negociar com os políticos. O PT não tem quem substituir Lula pois sem ele, o PT não ganha a eleição. Os petistas acamparam na frente da cadeia de Lula como baratam tonta!!!
    Amigos de Temer foram presos e Temer pode receber a 3a. denuncia do PGR. O MDB não ganha eleição com Temer ou Meirelhes
    O Paulo Preto foi preso e pode abrir o bico contra Serra, Alckmin e Nunes Ferreira. Os tucanos não gostaram da prisão pois pode atrapalhar a candidatura de Alckmin. Tem ainda a provável prisão de Eduardo Azeredo
    O Jair Bolsonaro foi processado por racismo também não gosta das ultimas noticias sobre ele e seus filhos.

  • Sérgio

    Muito oportuno seu comentário Ademar. Os coxinhas e paneleiros que se travestiam com camisas da seleção e iam p rua colocaram o rabo entre as pernas e estão quietinhos em casa. Lula ou será presidente em 2018, ou elegerá seu sucessor. Não adianta negar. É realidade. Abraços à vc.

  • Eleitor livre

    A direita sujeitou-se às migalhas políticas do fundo do poço – jamais vista nesse país – aliando-se à Rede Globo e ao Juiz Moro para prender um homem analfabeto, porque nas urnas, JAMAIS consegueria, somando todos os seus partidos aliados, derrotá-lo, ou seja, antecipadamente já tinha perdida a eleição presidencial. Inconscientemente, curvou-se covardemente diante os holofotes mundiais, àquele que foi, sem dúvida, o maior presidente do Brasil. Lula está preso, nosso título de eleitor, não!

  • NÃO ENTENDO, POIS OS POBRES QUE ESTÃO LAMBENDO O LULA GERALMENTE É POR CONTA DE MIGALHAS QUE RECEBEM PARA TANTO, POIS O PRÓPRIO LULA DIZ QUE SE COMPRA UM ELEITOR COM 10 REIAS, O LULA VIVE EM MANSÕES, CERCADO DE PUXA SACOS (INTERESSADOS ) E RICOS, DETENTOR DE UMA DAS MAIORES FORTUNAS DO PAÍS, ELE E SUA HUMILDE FAMÍLIA, E ESSE BANDO DE IDIOTAS PENSANDO QUE O LULA GOSTA DE POBRE KKKKKKKKKKKK , EU NÃO TENHO NENHUM, MAS NENHUM MESMO DE ESTIMAÇÃO, O QUE ME SUSTENTA É MINHA FÉ EM DEUS E MINHA FÉ SOMADA COM MEU ESFORÇO EM MEU TRABALHO, ACREDITO ESTAR NO CAMINHO CERTO….. FORA ISSO É PURAMENTE FANATISMO………..E AQUELES QUE SÃO DOENTES PELO LULA E DIZEM —FORA TEMER, ESQUECERAM QUE O LULA SE JUNTOU AO PMDB, PARA CONSEGUIR ELEGER A POBRETONA DA DILMA E TODOS ELES VOTARAM NO TEMER, MAS EU NÃO VOTEI NO TEMER E NÃO O DEFENDO DE MANEIRA ALGUMA…………….

  • Munir

    NÃO FOI O QUE DEU NO DATA FOLHA DE DOMINGO LULA CAI 6 %

  • Eleitor livre

    DATA FOLHA? Mais um lixo do PIG. Aguardemos dados de fontes que não estejam em estado de putrefação. E se borrando por causa de um analfabeto preso, diga-se de passagem…

  • A NOVA PESQUISA IPOBE–DATA FOLHA–CNT—MDA—VOX POPULI PARA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2018 DE 15.04.2018. APONTA NESTE MOMENTOI, FAVORETISMO DE LULA.
    Depois de Datafolha, CNT/MDA e Vox Populi, agora é a vez do Ibope divulgar a sua sondagem para a eleição
    Nova pesquisa MOSTRA revela que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o presidenciável com maior potencial de voto entre nove nomes testados pelo instituto.
    Pela primeira vez desde 2015, os eleitores que dizem que votariam nele com certeza ou que poderiam votar somam um total de 47% e se equivalem aos que não votariam de jeito nenhum, considerada a margem de erro.
    Desde o impeachment de Dilma Rousseff, há um ano, a rejeição a Lula caiu 14 pontos.
    Os três principais nomes do PSDB, por sua vez, viram seu potencial de voto diminuir ao longo do último ano e meio.
    Desde outubro de 2015, a soma dos que votariam com certeza ou poderiam votar em Aécio Neves despencou de 41% para 22%. O potencial de José Serra caiu de 32% para 25%, e o de Geraldo Alckmin foi de 29% para 22%.

    Veja abaixo as três últimas pesquisas presidenciais:

    . Vox Populi
    . CNT/MDA
    . Datafolha
    . Ibope
    Os três tucanos têm aparecem na pesquisa com taxas de rejeição superiores à de Lula: 62%, 58% e 54%, respectivamente.

    O Ibope testou pela primeira vez o potencial do prefeito de São Paulo, João Doria, em uma eleição para presidente.
    Embora seja muito menos conhecido do que seus colegas de PSDB (44% de desconhecimento, contra 24% de Alckmin e 16% de Serra e Aécio), Doria tem 16% de eleitores potenciais (6% votariam com certeza). Mas sua vantagem é ter uma rejeição muito menor que a dos concorrentes dentro do partido: 36%.
    Principal adversário de Dilma na última disputa presidencial, Aécio sofre desgaste até nos segmentos em que foi vitorioso. Desde outubro de 2015, seu potencial de voto no eleitorado de renda mais alta (acima de cinco salários mínimos) caiu de 44% para 26%. Na região Sudeste, um de seus redutos, a taxa caiu de 42% para 23%.
    Assim como os nomes tradicionais do PSDB, a presidenciável Marina Silva sofreu redução de potencial de voto e aumento da rejeição. Agora, um terço dos eleitores a indicam como possível opção – eram 39% em 2015 e há um ano.
    Apesar de ter não contar mais com a projeção e a visibilidade inerente ao cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa ainda é considerado um candidato viável à Presidência da República por uma parcela considerável dos eleitores.
    Na pesquisa Ibope, Barbosa aparece com 24% de potencial de voto (soma das respostas “votaria com certeza” e “poderia votar”).
    Barbosa, que se celebrizou ao conduzir o julgamento do Mensalão e que se aposentou do STF em 2014, também não sofre os mesmos níveis de rejeição atribuídos aos políticos. Apenas 32% dizem que não votariam nele de jeito nenhum – uma das taxas mais baixas entre as dos nove nomes testados pelo Ibope.
    O ex-ministro do STF, porém, não manifestou intenção de se candidatar e nem sequer é filiado a um partido.
    Jair Bolsonaro, que tenta se beneficiar da onda de rejeição a políticos – apesar de ser deputado desde o começo dos anos 90 –, aparece com 17% de potencial de voto na pesquisa. Seu possível contingente de eleitores cresceu seis pontos porcentuais desde o ano passado, mas a parcela que o rejeita aumentou ainda mais, de 34% para 42%.
    Na pesquisa de potencial de voto, o entrevistador apresenta um nome de cada vez e pede ao eleitor que escolha qual frase descreve melhor sua opinião sobre aquela pessoa: se votaria nela com certeza, se poderia votar, se não votaria de jeito nenhum, ou se não a conhece o suficiente para opinar.
    PESQUISA IBOPE POTENCIAL DE VOTOS: (você votaria com certeza ou poderia votar no candidato a seguir?)
    Lula — 47%
    Marina Silva — 33%
    José Serra — 25%
    Joaquim Barbosa — 24%
    Geraldo Alckmin — 22%
    Aécio Neves — 22%
    Ciro Gomes — 18%
    Jair Bolsonaro — 17%
    João Doria Jr. — 16%
    REJEIÇÃO:
    Aécio Neves — 62%
    José Serra — 58%
    Geraldo Alckmin — 54%
    Lula — 51%
    Marina Silva — 50%
    Ciro Gomes — 49%
    Jair Bolsonaro — 42%
    João Doria Jr. — 36%
    Joaquim Barbosa — 32%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *