REFORMA DA PREVIDÊNCIA: RODRIGO MAIA DIZ QUE TODO MUNDO CONSEGUE TRABALHAR ATÉ OS 80 ANOS

A charge é do Adnael. E a informação é do DCM:

Em entrevista à Globonews na noite de quarta, dia 6, o recém-eleito presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, falou que a prioridade da casa é dar andamento à proposta da PEC da Reforma da Previdência, que ainda será apresentada pelo governo mas que já foi “vazada” pelo Estadão.

“Ou nós aprovamos a reforma da Previdência ou o que vai estar projetado para os próximos anos no Brasil não é coisa muito boa”, disse.

“Eu sou a favor de uma regra de transição mais curta. Todos nós temos uma expectativa de vida maior. Nós temos que entender que trabalhar até 62 anos sem transição não é problema nenhum. Todo mundo consegue trabalhar hoje até 80, 75 anos”.

Detalhe: a expectativa de vida da população brasileira é em média de 72 anos. Em alguns estados e dependendo das condições sociais, a expectativa de vida cai consideravelmente.

 

5 comentários

  • Eu mesmo

    Trabalhando do jeito que ele trabalha, em um lugar confortável e ganhando o que ganha, aguenta até mais de 200 anos. Vai trabalhar debaixo de um sol escaldante, mexendo concreto.

    • Leandro

      É isso msm….algum repórter que entrevista ele ao vivo, deveria convidar ele pra trabalhar 1 dia só na roça, ou em uma laje de construção civil…..só esse convite….

  • Maia e os velhinhos de 80 anos

    Certamente, — se tivermos que trabalhar até os 75, 80 anos — não será por culpa e nem vontade do Maia. Não foi quem quebrou a previdencia. Sim, os governos anteriores!
    Uns dizem que o rombo da previdencia é uma grande mentira pois ela não quebrou. Outros dizem que foi João Goulart, em 1962, que quebrou quando acabou com a idade minima para se aposentar.
    Há varios mitos nesta “suposta quebrada do INSS”. Os servidores públicos são os responsáveis pelo déficit da Previdência? São os benefícios sociais a causa do rombo? A recuperação da dívida de empresas com o INSS cobriria o buraco? Haveria superávit se os trabalhadores rurais fossem excluídos do regime?
    Uma coisa é certa, será necessário um debate sobre a reforma, que começou a tramitar no Congresso, e mostram que não há solução mágica para a disparidade entre a arrecadação e os desembolsos:
    O Brasil terá de rever quanto, quando e a quem deve pagar aposentadorias – e de onde tirar o dinheiro para bancá-las. Mesmo que os petistas sejam contra

  • anonimo

    80 anos não é nada perto dos 140 do Michel Temer.

  • Quaqua

    UE, se for pra aposentar aos 80 anos….já acaba logo com a aposentadoria e o INSS…assim não seremos obrigado a pagar pra esse órgão que só massacra o brasileiro q trabalha…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *