SEGUNDO JORNAL, DOIS VEREADORES QUE DEVEM IMPOSTOS À PREFEITURA AJUDAM A APROVAR PROJETO QUE PERDOA MULTA AOS DEVEDORES

O jornal A Tribuna está preparando matéria sobre a aprovação – pela Câmara – de um novo Refis para os devedores de impostos do município. O Refis é aquele projeto que virou moda nos últimos anos em que a Prefeitura perdoa as multas e os juros devidos por contribuintes em atraso com os cofres municipais.

Dessa vez, no entanto – como já ocorrera em 2015 – serão perdoadas apenas as multas, o que não é pouco. O detalhe curioso é que o projeto foi aprovado por unanimidade, inclusive – segundo a matéria que será publicada pelo jornal – por dois vereadores que estariam em débito com os cofres municipais. Um deles estaria devendo algo em torno de R$ 7 mil.

No mínimo, os dois vereadores deveriam ter optado por se abster de votar o projeto.

Por falar em impostos, parece que os contribuintes estão dando um voto de confiança ao prefeito Flávio Prandi. De acordo com o Portal da Transparência, a arrecadação com o IPTU – até ontem, 29 de março – já estava em R$ 5,9 milhões, ou 20% a mais do que os R$ 4,9 milhões arrecadados nos primeiros três meses de 2016.

16 comentários

  • Pode Isso Arnaldo?

    Pode isso?
    Não é contra a ética e a moral???
    Cade o Conselho de Ética da Câmara?????????????

  • Isso é Jales, no meu s2

    E eu não estou vendo nada de novo em nossa vila, ou será que sou cego?
    Alguem me ajuda percival……

  • Eleitor do Deley

    Tenho certeza que não foi o Deley ele falou que deve ser o Tupete ou o Tiquim!!

    • Este é o vereador do povo

      Estou muito contente, pois aqui no boteco já foi lançada a candidatura deste vereador para prefeito em 2021. Ele tem meu voto, pois é o melhor articulador político que temos na cidade hoje.

  • Luis

    Odebrecht disse que pagou R$50 milhoes ao PT para aprovar o REFIS da crise em 2009, com perdão de multas e juros. Quanto valeria este?

  • Sr. Secretário de Planejamento Nilton Suetugo ( somos amigos ) e Prefeito, será que agora, passado já um mês do caso do não asfaltamento de um quarteirão da RUA 1 por serviços mal feitos no passado, já não teria dado tempo suficiente para ter feito a tal licitação, que seria no valor de 20 mil reais, para a aquisição dos tubos e ter dado início nos serviços, pois meus impostos foram pagos somente em um pagamento e vem agora a noticia que a Câmara, vai aprovar um projeto para perdoar multas dos devedores ( e entre os devedores estão dois vereadores) e, como diz a noticia abaixo a Prefeitura já arrecadou 5,9 milhões de impostos, sinal que tem dinheiro suficiente para arrumar um quarteirão da rua 1, cujas despesas seriam de somente 20 mil reais, pois a mão de obra como o Sr,. mesmo disse, seria da Prefeitura.
    Espero que não tenha que ficar sempre batendo na mesma tecla até o fim do ano.
    O que esta parecendo é que, quem paga impostos em dia é obrigação e não tem direito nenhum, mas os que não pagam a Prefeitura e os vereadores perdoam as dívidas através do REFIS. Isso me cheira aquilo que está sendo comum no Brasil de hoje.´
    É uma critica da qual tenho todo o direito de fazer, pois estou me sentindo prejudicado sem dever nada a ninguém e algo que já pedi pela primeira vez como contribuinte em dia com minhas obrigações há mais de 30 dias.
    Espero não precisar voltar mais no assunto.
    O que a prefeitura esta mostrando que o mais correto é atrasar o pagamento que depois vem o desconto.
    NELSON JOSÉ COSTA JUNIOR
    RUA 1— N° 2840

    • Carlos M M

      Falou tudo Professor Nelson Oreia. Como diz o grande e inimitável Sanches, já não se faz mais como antigamente.

    • kkkkk

      Fica na sua, xaropão…Niltinho não tá nem aí pra você…sempre queria jogar contra seu time pra não te aturar…tô sabendo que vão asfaltar a rua 1 e deixar só os 12m da frente da sua casa com buracos.

  • Já vi este filme

    Jalesenses por favor acordem!

    Será que é difícil perceber que esta situação é a que todo político pede nas suas orações? Uma Câmara que não sabe dizer não. Uma Câmara que não tem coragem de questionar em prol de uma chamada “união”.
    O que matou em parte o Estado do Rio de Janeiro, foram as isenções concedidas e esta Câmara vai passar para a historia com este fato negativo. Primeiro deixa-se de arrecadar mais de 1 Milhão em ITBI e ISS e agora se privilegia aqueles maus pagadores, até onde vamos com isto?

  • Construtor

    Um belo exemplo dos representantes do povo de Jales para seus eleitores e munícipes.
    Vamos esperar para ver, mais se realmente for verdade, é digno de cassação de mandato.

  • Ainda bem q não tenho nada q questionar,não votei em ningué me acho bem feito pra q votou num prefeito ilegítimo

  • Cowboy do asfalto

    Algumas coisas deveriam ser solicitadas aos postulantes de cargos eletivos, antes mesmo de oferecerem seus nomes à apreciação pública.
    O comprovante de conclusão do ensino médio seria o mínimo para declarar o cidadão em condições de ser candidato e saber analisar um projeto, votando de forma correta.
    Exigir também as certidões negativas de impostos municipais, estaduais e federais, pois quem deve para o Estado, não é digno de representá-lo.
    Portanto, concluímos que o cenário político torna-se mais caótico e deprimente, inclusive, em esfera local.
    Isso é o que podemos afirmar: LEGISLANDO EM CAUSA PRÓPRIA.

  • KKKKKKK não devia dar atenção a um mal educado, sem caráter e que usa pseudônimo, para responder algum comentário, pode ser até brincadeira ou gozação mas muito infeliz usada por pessoas de baixa qualidade moral e intelectual, talvez, mesmo não sendo um ser humano, mas sim um irracional.Por isso cuide de sua vida mesquinha e decadente, que dos meus problemas cuido eu.
    És tão ignorante, pois a rua 1 já foi recapeada, só faltando meu quarteirão, que por inabilidade, desconhecimento, falta de preparo, quando fizeram as tubulações fizera\m de pneus de caminhões, em época que o secretário de planejamento era o próprio Niltinho e tendo como prefeito Hilário Pupim, ( e o prefeito deveria ser o Garça, pois na época até o pessoal do PMDB votou contra o mesmo ).
    E agora irei até as ultimas conseguência para que o erro seja concertado. O MP esta em Jales para ser usado por quem se julgar lesado.
    Vou dar trabalho, mas dentro da lei. Minha obrigação primeira já foi feita o IPTU, completamente pago.

    • kkkkk

      e você tá usando o nome do el macho para me ofender…sei que ele é um doce de pessoa, simpático e não me chamaria de sem caráter , sem moral e burro…vou ao dono do blog para descobrir seu verdadeiro nome e acionar meus advogados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *