SENADOR ASSUMIDAMENTE GAY TOMA O LUGAR DE MAGNO MALTA

Deu no Brasil 247:

Pela primeira vez o Brasil elegeu um candidato homossexual assumido ao Senado: com 1.117.039 votos (31,15%), Fabiano Contarato (Rede) foi o postulante a senador mais votado do Espírito Santo. Contarato é professor e delegado de polícia da Academia de Polícia Civil do Espírito Santo. Tem graduação em direito pela Universidade Vila Velha, é especializado em direito e processual penal.

O estado capixaba vai renovar suas duas cadeiras no Senado Federal. Marcos do Val (PPS) conquistou o 2º lugar, com 863.359 votos (24,08%). Eles derrotaram os atuais senadores Magno Malta (PR), que teve 17,04% dos votos, e Ricardo Ferraço (PSDB), com 13,39%.

Malta é um dos mais reacionários parlamentares do Congresso Nacional, lidera campanhas homofóbicas e era considerado por Bolsonaro como seu “vice dos sonhos” -ele acabou declinando do convite por considerar que sua reeleição ao Senado era certa.

Acusado de inúmeros casos de corrupção, Malta acusou falsamente um pai de estuprar a filha de apenas dois anos de idade em 2010, quando presidia a CPI da Pedofilia no Congresso Nacional (aqui). O cobrador de ônibus Luiz Alves de Lima passou nove meses preso e agora foi inocentado. Perdeu um olho, foi torturado pela polícia e está desempregado. A perícia concluiu que sua filha é virgem.

Depois que Jair Bolsonaro (PSL) foi esfaqueado, Magno Malta publicou no Twitter uma montagem fotográfica falsa em que mostra num ato do ex-presidente Lula o esfaqueador de Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, que já foi preso. O Diretório Nacional do PT entrou com ação penal contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF) pro calúnia e difamação.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *