SENADORA CONHECIDA COMO “MORO DE SAIAS” DIZ QUE VAI DEIXAR O PARTIDO DE BOLSONARO

Deu no Brasil 247:

Insultada e ameaçada por Flávio Bolsonaro, a senadora Selma Arruda (MT) decidiu sair do PSL. “São coisas graves, é uma pressão que vem de todo lado – e é por isso que eu vou sair do PSL (…) Na próxima quarta-feira vou me filiar ao Podemos”.

A senadora não explicitou as “coisas graves”, mas disse que foi “pressionada por membros do PSL” para retirar sua assinatura do pedido para a instalação da CPI da Lava Toga. 

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que “o único nome que [a senadora] citou foi o do senador Flávio Bolsonaro, igualmente do PSL e filho do presidente da República. Também alegou, entre os motivos da saída, a “falta de solidariedade” do PSL em relação ao processo de cassação de seu mandato, em andamento no Tribunal Superior Eleitoral.”

Selma Arruda – 56 anos, 22 deles como juíza – fez a campanha com as bandeiras do candidato Bolsonaro e da operação Lava Jato. Foi eleita em primeiro lugar com 678.542 votos (24,65% dos válidos).

Nem tinha assumido o mandato quando, em janeiro deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso desaprovou suas contas de campanha por unanimidade. Uma segunda decisão unânime do mesmo TER, em abril, cassou seu mandato e de seus suplentes por abuso do poder econômico e caixa 2.

O caso está agora no TSE, onde a procuradora geral Raquel Dodge já deu parecer favorável à cassação da senadora.

8 comentários

  • Sérgio

    A debandada é geral, começaram a abandonar o barco mais cedo do que se pensava. Nem os miniminions mais fanáticos estão suportando este governo do Bozão.

  • Grobo

    É lula denovo meu povo… 2022 ta aí… Cade o povo da arminha aqui de jales?

    • Rapizodia

      Ô amigo Grobo, não dá mais pro Lula não! Queremos julgamento justo prá ele e todos que participaram do esquema de corrupção, que existiu e é um fato, mas não dá mais prá ele. Agora temos que apoiar novas lideranças e novas propostas e aproveitar que o Brasil está de pernas para o ar e fazer os ajustes necessários. Minha discordância é que até agora os ajustes moraram apenas os mais pobres. A classe rica e política que sempre dominaram agora tem seu messias e está organizando tudo a seu favor, como sempre fez, mas agora com apoio de seu novo imperador fantoche.

  • Depois do Frota! Sai a Moro de saias

    A CPI da Lava Toga já foi pedida a muito tempo, com Jorge Kajuru brigando por ela. No começo do ano, Bolsonaro e o Toffoli fizeram um acordo para se ajudarem. O petista Toffoli brecou o processo do filho do Bolso e o presidente “mandou” arquivar a CPI. Todos estão felizes, por enquanto!
    O filho do presidente faz campanha para arquivar a CPI para salvar o seu pescoço e andou pressionando a senadora que não aguentou pressão pois diz que vai sair. Pois partido é o que não faltam.Precisa da ajuda do governo pois está sendo processada no TSE.
    Se antes todos sabiam que esses políticos eram bandidos. Agora todos eles carregam um processo nas costas e precisam da ajuda dos ministros do TSE e STF. Pelo jeito, ela já arrumou um outro partido dos 31 partidos que existem.
    Ninguem é santo!

  • SÓ JUMENTO VOTOU EM BOZONARO.,

    PETISTA TOFFOLI é ótima, da caneta dele que Lula não saiu da cadeia . esqueceu-se ou não leu?:

  • Depois do Frota! Sai a Moro de saias 2

    Só Jumento
    Dias Toffoli foi consultor jurídico da CUT (1 ano) e assessor jurídico da liderança do PT, na Câmara de Deputados (5 anos). Atuou como advogado em 3 campanhas do Lula, em eleições. Foi subchefe para assuntos jurídicos da Casa Civil do Lula (2 anos).
    Foi indicado como advogado da União, por Lula e depois para ministro do STF. Nunca passou em concurso nenhum nem para juiz.. Faz parte da escola do Gilmar Mendes! “Vende a mãe mas não entrega”
    Você acha que ele não é petista?????? O seu partido é as verdinhas.
    kkkkkkkkk

  • Depois do Frota! Sai a Moro de saias 3

    Jumento
    Existem mais sujeiras do ministro Dias Tofolli, que pode ter agido em benefício próprio quando determinou, que processos baseados em dados sigilosos do Coaf e da Receita Federal obtidos sem autorização prévia da Justiça seriam suspensos. Informações apontam que Tofolli já estava tentando pausar esse tipo de investigação após a Receita começar a buscar dados sobre o escritório da sua mulher, a advogada Roberta Maria Rangel.
    Dessa forma, além de beneficiar sua esposa, ele ainda ajudaria o amigo e também ministro Gilmar Mendes, uma vez que sua mulher, Guiomar Mendes, também é alvo de uma apuração interna da Receita Federal.
    Beneficiou também o filho do presidente que estava sendo acusado de rachadinha entre os seus funcionários entre eles, o Queiroz.
    É um petista que ajudou o filho do presidente kkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *