SUPREMO VALIDA LEI DA FICHA LIMPA PARA ELEIÇÕES DESTE ANO

O Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou, ontem, por 7 votos a 4, a validade da Lei da Ficha Limpa para as eleições municipais deste ano. A decisão torna inelegíveis por oito anos os políticos cassados, os que renunciaram ao mandato para fugir de processo de cassação e os condenados criminalmente por órgão colegiado, independente de o caso ter sido ou não julgado em última instância.

A Lei da Ficha Limpa foi aprovada pelo Congresso e promulgada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2010, a partir de um projeto de iniciativa popular que coletou 1,3 milhão de assinaturas. O julgamento da lei era aguardado com expectativa pelos partidos políticos, devido ao seu impacto na escolha dos candidatos a prefeitos e vereadores para o próximo pleito. A decisão do STF deve aposentar políticos de expressão nacional.

Em nível local, o prefeito Humberto Parini será um dos atingidos pela Lei da Ficha Limpa. Embora não possa concorrer às eleições deste ano, uma vez que já foi reeleito uma vez, Parini poderia tentar voltar em 2016, o que já não será mais possível. O nosso estadista, que considera estar fazendo um ótimo governo, poderia estar pensando, ainda, em concorrer a uma cadeira na Assembléia Legislativa de São Paulo, coisa que, para azar de todos os paulistas, também não será possível.

Mas, além do premiado estadista, a Lei da Ficha Limpa vai aposentar – temporariamente, pelo menos – outros políticos aqui de Jales. Na edição de domingo, o jornal A Tribuna terá uma matéria sobre o assunto.    

8 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *