EM DOIS DIAS, CASOS SUSPEITOS QUASE DOBRAM EM RIO PRETO. CIDADE TEM CINCO CASOS CONFIRMADOS

Deu no Diário de Região:

A epidemia de coronavírus cresceu em Rio Preto. Além dos cinco casos confirmados – um dos pacientes, um idoso de 60 anos, está internado na UTI do Austa -, a cidade saltou em dois dias de 50 para 95 ocorrências suspeitas – três dessas pessoas, com idades de 48, 74 e 95 anos, estão internadas em estado grave. Todos esses pacientes, e seus contactantes, estão em isolamento – um total de cerca de mil indivíduos. Os anúncios foram feitos durante coletiva de imprensa a distância na tarde desta segunda-feira, 23.

Na noite desta segunda-feira, 23, a Secretaria de Saúde confirmou mais um caso. O exame com resultado positivo foi feito no Hospital de Base. O paciente é um homem de 35 anos que apresentou os primeiros sintomas em 17 de março. Ele teve febre, dor de garganta, dor de cabeça e dor no corpo e está em isolamento domiciliar. A Saúde ainda está investigando a forma de contágio pelo vírus.

De acordo com Andreia Negri Reis, gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica, estão sendo testados prioritariamente os profissionais de saúde com sintomas e os pacientes com sintomas graves da doença – os primeiros para que possam voltar ao trabalho, onde são extremamente necessários neste momento, caso o quadro seja de resfriado leve, ou sejam isolados caso estejam com uma doença contagiosa; e os outros para que sejam adequadamente tratados o quanto antes.

“Os casos leves vamos monitorar para que consiga dar resposta. Se todo mundo for para atendimento neste momento, pode ser que um grave fique aguardando”, afirma Andreia. Segundo ela, os três suspeitos internados estão em enfermaria, e não estão entubados.

O poder público municipal estabeleceu um comitê para garantir que sejam cumpridos todos os decretos editados para combater a proliferação do vírus em Rio Preto, com o apoio da Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Defesa Civil. O secretário de Saúde, Aldenis Borim, reforçou a necessidade de cuidado.

“Cuidem de vocês. Se você tem idade de baixo risco, pense no seu pai, no vizinho. Esse momento depende muito da colaboração da população. Não deixem seus pais saírem, circulem o menos possível, procurem não usar transporte público. Vamos nos cuidar para que não chegue uma pandemia em Rio Preto no nível que está no Brasil.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *