FERNANDÓPOLIS: CEI DA MERENDA MAL COMEÇOU E JÁ DESCOBRE ASSINATURAS FALSAS EM LICITAÇÕES

A Câmara de Fernandópolis instalou uma CPI para investigar denúncias de superfaturamento na merenda escolar daquela cidade. E logo nos primeiros depoimentos já aparecem informações sobre assinaturas falsificadas. A notícia é do jornal O Extra:

Nesta semana, a Comissão Parlamentar de Inquérito, instaurada na Câmara de Fernandópolis, deu início às oitivas de testemunhas arroladas durante as investigações sobre a Merenda Escolar no município, nos exercícios de 2013 a 2015.

Duas ex-secretárias da Educação, Aida Scatena e Deodete Garcia, teriam informado durante depoimentos que suas assinaturas “foram falsificadas”, numa série de documentos relacionados a compras de produtos para a confecção da alimentação de alunos matriculados nas escolas da cidade.

Uma análise da CPI observou “assinaturas diferentes”, tanto de Ainda quanto de Deodete, em licitações para merenda, entre 2013 e 2014. Será instaurado inquérito policial para apurar os fatos, e uma perícia grafotécnica será necessária.

Além de um assessor jurídico, já contratado pela CPI, o advogado Sérgio Guimarães, um assessor para perícia contábil, Marcos Antônio Fontes, também integrará a comissão investigativa, com encargos pagos pelo Legislativo.

1 comentário

  • é assim

    Mulher não tem medo, ou não se atenta para os riscos que os desmandos pondem causar, quer dizer imediatistas. Vai acontecer o mesmo que aconteceu em jales CASSAÇÃO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *