HOMEM QUE TENTOU MATAR COMPANHEIRA EM VITÓRIA BRASIL FOI CONDENADO A 15 ANOS DE PRISÃO

O Tribunal do Júri de Jales reuniu-se na quarta-feira, 04, sob a presidência da juíza da 4ª Vara, Maria Paula Branquinho Pini (foto), para julgar um homem – M.F.C. – que tentou matar a golpes de faca sua companheira N.C.S., em Vitória Brasil, na presença da filha do casal, uma criança de 06 anos.

O crime ocorreu em 2014 e, por conta dele, o réu foi condenado a 15 anos de reclusão em regime inicial fechado. Os jurados levaram em consideração duas agravantes – motivo fútil e utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima – para o crime que foi cometido no âmbito da violência doméstica contra a mulher.

Além disso, ele possuía maus antecedentes, uma vez que já respondia a outra tentativa de homicídio em Monte Azul Paulista, onde teria torturado a mesma companheira durante uma noite inteira.

Consta que, no dia do crime, MFC chegou em casa alterado e dizendo que iria beber a noite inteira. Depois de pedir – e conseguir – dinheiro à mulher para beber em um bar da cidade, o homem, supreendentemente passou a desferir golpes de faca contra ela, atingindo-a primeiramente na barriga e depois no ombro, braço e peito.

No quinto golpe, o homem tentou acertar o pescoço da vítima, mas ela se defendeu e a faca acabou atingindo o seu queixo, momento em que a lâmina se quebrou. A essa altura, uma vizinha gritou do lado de fora da casa, afirmando que já tinha chamado a polícia, o que levou o acusado a abandonar seu intento e fugir correndo.

O policial que atendeu a ocorrência relatou que encontrou a mulher caída, toda ensanguentada e mesmo bastante ferida ela conseguiu dizer que o autor das facadas tinha sido seu convivente. O SAMU chegou logo depois e levou a mulher para a Santa Casa de Jales, onde ela, em estado grave, foi submetida a uma cirurgia de urgência.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *