“SINTO A INDIFERENÇA TODOS OS DIAS”, DIZ MISS JALES SOBRE PRECONCEITO

A notícia é do portal da Band:

jales-2017-Iamonike-Helena-1Iamonike Helena, representante da cidade de Jales, está na disputa pela coroa de Miss São Paulo BE Emotion 2017.

Em entrevista ao Portal da Band, a modelo de 23 anos falou sobre o racismo e o preconceito velado que enfrenta diariamente. “Sofro todos os dias. Acordo tendo de provar para o mundo que o negro é capaz, que não é só bandido, só coitadinho. As pessoas dizem que não, mas o preconceito hoje em dia está mascarado”, desabafou.

Na adolescência, a beldade usava as madeixas cacheadas, mas devido à pressão acabou alisando os fios. “Meu cabelo era lindo, só que de tanto todo mundo falar acabei mudando. Hoje em dia não me vejo mais crespa, gosto de mim assim”, revelou.

Técnica em agropecuária, Iamonike já administrou uma fazenda, mas também encontrou a resistência dos funcionários pelo fato de ser mulher. “Quase ninguém aceita uma mulher no comando, dirigindo um trator, por exemplo. Hoje em dia eu trabalho só como modelo e tento provar dia após dia que somos todos iguais”, disse.

Mesmo com todos os percalços da vida, ela se sente vitoriosa por ter conseguido chegar onde está hoje. “Motivos para ser uma adolescente problema eu tive, mas graças a Deus consegui trilhar caminhos bons. As pessoas se distinguem na sua capacidade, não pela cor, e o negro tem muita força por ter de provar todos os dias que ele é bom, que consegue, que se entrega no que faz”, concluiu.

A grande final do Miss São Paulo vai ao ar neste sábado, dia 25, a partir das 22h30 no Portal e na tela da Band.

2 comentários

  • As pessoas adoram implicar com o cabelo alheio,mesmo quando são lisos.Por falar em cabelo,a garota de Jales vai enfrentar uma concorrente da cidade de São Paulo que usa o cabelo no estilo black power.Julgar beleza deve ser muito difícil,não existe o certo e o errado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *