JORNAL DE JALES: SENADOR SUGERE QUE JALESENSES VOLTEM A LUTAR POR GRANDES CAUSAS

DSC00141Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja manchete principal destaca a visita que o senador Aloysio Nunes Ferreira fez a Jales na semana passada, quando exortou os jalesenses a retomar a luta pelas grandes causas da cidade. De acordo com o jornal, o senador agendou, em tempo recorde, uma audiência junto à Secretaria Estadual de Saúde, onde uma delegação de jalesenses esteve na sexta-feira, 22, para fazer reivindicações em nome de nossa Santa Casa.

O JJ está informando, também, que a Prefeitura de Jales conseguiu liminar na Justiça Federal, que obriga a Elektro a continuar prestando os serviços de manutenção da iluminação pública no município. O desembargador Johonsom Di Salvo, do TRF-3, entende que a obrigação de cuidar da iluminação não pode ser repassada aos municípios por uma simples portaria da ANEEL.

Outro destaque vai para o caso do suposto cartel que controla os preços dos combustíveis em Jales. Segundo o empresário Antônio Olavo dos Santos, proprietário de três postos de combustíveis, a acusação dos vereadores sobre possível combinação de preços é leviana e garante que os preços cobrados em Jales são os mesmos de outras cidades, como Votuporanga. (Pitaco do blogueiro: Vejam aqui, que em Votuporanga os vereadores também estão questionando os preços dos combustíveis).

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior destacou os elogios que o senador Aloysio Nunes fez ao provedor da Santa Casa, José Pedro Venturini. De acordo com o senador, José Pedro poderia ser presidente da República, já que, na opinião dele, o modelo de gestão implantado pelo provedor é superior ao de Brasília.

17 comentários

  • É muito fácil prover com o dinheiro dos outros, essa Santa Casa vive pedindo doações, promovendo eventos caros par a atender só a elite que tem plano de saúde e particulares, eu n sei onde vai tanto dinheiro se a pobraiada só é atendida no UPA que por sinal é um péssimo atendimento,pq aue o seu Venturini n vai testar seu gde dom de gestor lá no UPA e nos postinhos? Seu Aluyiso Nunes leva o Venturini pra Brasília e cria uma secretaria pra ele……pelamorde !!!!

  • MEU PASSADO

    ALOYSIO NUNES
    Começou a militância política em 1963, quando entrou na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco da Universidade de São Paulo. Logo depois do golpe militar de 1964, filiou-se ao Partido Comunista Brasileiro (PCB)1 , que, por ter sua existência proibida, atuava na clandestinidade. Foi presidente do tradicional Centro Acadêmico XI de Agosto2 e formou-se bacharel em direito em 1968.

    Como o PCB se opunha à resistência armada contra a Ditadura Militar que se instalara desde 1964 no Brasil, Aloysio Nunes, assim como vários jovens da época que tinham ideais de esquerda, ingressou na Ação Libertadora Nacional (ALN), organização guerrilheira liderada por Carlos Marighella e Joaquim Câmara Ferreira, o Toledo1 3 .

    Assumiu na clandestinidade o pseudônimo Mateus. Durante muito tempo foi motorista e guarda-costas de Marighella. As ações da Aliança Libertadora Nacional incluíram assaltos para angariar fundos que sustentariam a resistência armada. Em agosto de 1968, participou do assalto ao trem pagador da antiga Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. Segundo relatos da imprensa da época, a ação ocorreu sem que houvesse o disparo de qualquer tiro. Aloysio Nunes foi o motorista do carro no qual os assaltantes fugiram do local com os malotes que continham NCr$ 108 milhões(US$ 21.600), dinheiro suficiente para o pagamento de todos os funcionários da Companhia Paulista de Estradas de Ferro1 4 . Em outubro do mesmo ano, participou do assalto ao carro-pagador da Massey-Ferguson interceptando o veículo na praça Benedito Calixto, no bairro paulistano de Pinheiros5 6 7 8 .

    Sofrendo um processo penal em que já havia um pedido de prisão preventiva e com a possibilidade de que descobrissem algo sobre suas ações armadas, foi enviado a Paris por Marighella utilizando um passaporte falso1 . Foi posteriormente identificado como guerrilheiro e condenado com base na extinta Lei de Segurança Nacional. Pretendia realizar um treinamento de guerrilha em Cuba, mas a gravidez de sua mulher o fez desistir. Tornou-se representante da Ação Libertadora Nacional no exterior e coordenou as ligações desta com movimentos de esquerda de todo o mundo1 2 9 10 . Filiou-se ao Partido Comunista Francês em 19711 e negociou com o presidente Boumédiène, da Argélia para que brasileiros recebessem treinamento militar de guerrilha naquele país.

    Pôde finalmente, em 1979, regressar ao Brasil devido à promulgação da Lei de Anistia, a qual beneficiou todos que cometeram crimes políticos de qualquer tipo, assim como aqueles que torturaram e mataram em nome da repressão, durante os anos anteriores da Ditadura Militar.

  • Ganharam de presente

    Depois de ganhar a prefeitura de Jales, o PSDB precisa mostrar o seu poder porque detem o governo de SP.
    O PSDB precisa resolver os problemas antigos da cidade e mostrar por que esta’ no governo desta cidade.
    Portanto o senador, o governador e os deputados do partido devem mandar verbas, para de inicio, acabar com os buracos no asfalto.
    E’ obrigaçao moral deles

  • Grandes causas

    O atual prefeito do PSDB, que pegou a prefeitura este ano, devera’ governar mais um ano e meio em banho maria pois a prefeitura nao tem dinheiro.
    Como estamos em crise politica e economica, graças ao governo do PT, o governo do estado nao tem dinheiro para investir.
    Portanto vai ser dificil, os jalesenses retomar as grandes causas, sem ajudo do governo do estado.

  • neutro

    esse aloysio é um tremendo 171. Vive sumido e de vez enquanto aparece vendendo ilusões. Temos que ficar de olho nesses nossos politicos. Não podemos esquecer daquela que se qualifica como jalesense leva boa parte dos votos de jales e as verbas vão tudo para Taboão da Serra.

  • Assalto

    Acho que todas a pessoas parace de abastecer no posto desse cidadão com certeza ele deve ser um dos líderes desse roubo que acontece em Jales e tem sim um acordo entre os postos, vamos apoiar os vereadores para não sermos ainda mais roubados, pronto falei.

  • Assalto

    Gente vamos apoiar os vereadores, aqui sempre teve essa roubalheira e acordo entre os donos de postos de combustíveis e vamos para de abastecer nesse posto desse cidadão que deve ser um dos líderes dessa roubalheira.

  • A velha cartelizaçao dos combustiveis

    O cartel de combustiveis existe porque cada posto de gasolina tem seu custo e despesa diferenciado pois as despesas de funcionario, agua, aluguel, variam de cada posto.
    Tem posto que tem serviços de lavagem, troca de oleo, conveniencia, restaurante, que podem abaixar (ou subir?) o preço final do combustivel.
    Os postos bandeirados compram combustivel mais caro pois as bandeiras (Shell, Petrobras, etc) investiram na montagem do posto e querem ter retorno do investimento
    Portanto o preço nao pode ser igual em todos os postos. E’ cartel
    Esse empresario falou bobagem

  • Cuiabano

    Olha esse Venturini leva a fama, mas não esqueçam que o hospital tem um administrador.

    O provedor mal fica no hospital. Quem administra mesmo é o gestor.

    Venturini levando fama em cima dos outros.

  • Pai Helinho

    O legislativo aqui em Jales infelizmente está deixando a desejar, nesse final de semana foi realizado a conferência de saúde nenhum nobre vereador deu o ar da graça ou teve a pachorra de justificar a ausência.
    Que vergonha desse legislativo.
    Opa do Executivo também, nenhum secretário apareceu com a exceção da Marinilda da Educação que mandou uma representante.

  • INDIGNADO

    Como pode o Aloysio Nunes vulgo ( Mateus ), falar ou propor retornar a luta pelas grandes causas jaleseses,isso são palavras jogadas ao vento por ele ou pelo Editor do Jornal,pois esse cidadão pelo que sei, colaborou algumas vezes com a Santa Casa De Jales,não fazendo mais que sua obrigação, como Deputado,como Senador em troca dos votos que o mesmo recebeu do povo jalesense,e inclusive por ajudar, não ele mas o Governo através dele a Santa Casa, e é assim,através de ajudas do governo, através dele que alguns ambientes dentro da mesma recebeu o nome de seu pai,como quase todos os quartos e outros ambientes da referida,receberam o nome dos jalesenses, esses sim com os seus sustentos que sempre colaboram e muito, também com a mesma Entidade.Por isso esse individuo na minha opinião não faz mais que a obrigação,como agora estão fazendo Edinho e Itamar,mas ainda esta faltando a Analise e seu Governador.
    Não estou aqui criticando nem o Garça ,muito menos o Venturini,pois não fossem os mesmos,abandonarem até seus afazeres particulares (PARA DAR A CARA PARA BATER) , e correr atras de Benefícios,para a Santa Casa de Jales,pedindo favores para todos ,com a maior boa vontade para com essa Entidade Filantrópica,bem como toda a sua Diretoria e Médicos.
    A minha indignação são com esses políticos paraquedistas,que as vezes vem fazer uma visitinha a nossa cidade e a mídia e mesmo os administradores,ficam dando muita atenção a esses corruptos e as vezes esquecendo os jalesenses,que também contribuíram e continuaram contribuindo com essa Entidade,sem medir esforços e não com dinheiro do Governo seja ele Municipal,Estadual ou Federal.
    Será que os leitores perceberam o que o Sangrador,quis dizer no final da reportagem,ao puxar o saco do Venturini ( não que não seja capaz) ,ao dizer que o mesmo poderia ser Presidente,que iria fazer um governo melhor que o atual,o que ele conseguiria fazer se tivesse sido eleito como vice do viciado e traficante Aécio.
    Dr. Pedro Calado o município também pode e deve ajudar a Santa Casa ,junto com a Câmara,mensalmente,para terminar quero deixar bem claro que dentro das minhas condições tenho ajudado,muito essa entidade,só não aceito a puxação de saco com esse individuo, ( vulgo),Mateus,pois duvido muito que ele vai por a mão no Bolso para ajudar alguma Entidade,como a maioria dos jalesenses,que assim faz.
    Mais uma vez minha Indignação é com a puxação de saco a esse individuo,não com a Diretoria da Santa Casa e seus Administradores,que estão de parabéns pelos feitos nesses anos por essa entidade,pois a ajuda desses políticos é uma obrigação com os Municípios e suas Populações,pois eles tem meios e como fazer isso,só esquecer também um pouquinho Taboão da Serra e Rio Prêto.

  • JOANA AINDA VIRGEM

    Olha, eu lendo o comentário MEU PASSADO, mas esse Aloysio é mesmo chegado em trem,
    até no trensalão esta presente. kkkkkkkkk

  • Anônimo

    Vereadores? Existe isso em Jales?

  • Abraham Lincoln

    Há situações em que o silêncio é o melhor advogado. Há situações em que as palavras, quando consignadas de maneira imatura, denotam as fraquezas, tornam explícito justamente aquilo que se deseja ocultar. Por que exsurgir-se publicamente contra uma acusação se a prática dela não existe? Por que oferecer a tapas a face imaculada de empresário exemplar? São apenas algumas dúvidas que me ocorreram. Outra dúvida que também assola minha mente quando estou frente a frente com o temido frentista, é a seguinte: Por que o proprietário de posto que não paga aluguel do prédio onde se encontra instalado seu negócio, pratica preço igual (disse igual e não semelhante) ao daquele que sofre com o ônus locatício? Outra: Por que os pequenos empresários, com poucos funcionários, ajustam seus preços nos mesmos valores daqueles estabelecidos pelos grandes postos, aqueles com dezenas de funcionários? Eu, do fundo da minha pueril ignorância, não tenho a resposta. Lamento que o nobre empresário, “grande” empregador Jalesense, tenha se ofendido com a “leviana” acusação dos vereadores. Se é verdade que todo poder emanada do povo e que o vereador, quando fala, o faz em nome do povo, devemos todos pedir desculpas aos empresários do ramo de combustíveis pelas indelicadezas de nossos representantes. Desculpa ai, Olavão; foi mal.

  • A VERDADE

    Como um ex-Comunista Aloysio Nunes que na década de 60, atuava na clandestinidade,tinha ideais de Esquerda,foi Guerrilheiro,motorista de Mariguela e depois da abertura politica volta para o Brasil, e se torna num estalar de dedos, um Burguês Capitalista Fascista ? Foi Deputado,Ministro,Senador pelo PSDB e agora além de querer Sangrar a Presidente , Prejudica o Brasil com suas idéias no Senado,como por exemplo querer vender a Petrobras,votar contra os projetos de ajustes econômicos ,votar a favor da Terceirização dos trabalhadores,que serão todos prejudicados,pode querer ainda dizer, como onde e como, Jales deve fazer para voltar a lutar por grandes causas,será que em nossa cidade não tem políticos,capazes que apreenderam alguma coisa sobre politica e administração com o saudoso Rolemberg,Caparros,Honório Amadeu,Viola e terá que ser ensinado por um individuo que troca de ideais e partido,como se troca de uma camisa. A sua ajuda para nossa cidade e Santa Casa se torna obrigatória,a partir do momento, dá quantidade de votos que o mesmo teve aqui nas Eleições,em que participou,não só ele mas Itamar,Edinho e principalmente também a Dep. Analice Fernandes,todos esses com expressiva votação em nossa cidade,só falta agora os senhores Vereadores e Prefeito,cobrarem a ajuda merecida por Jales,lembrando que o Governador,a Deputada e o Senador são todos do mesmo Partido,mas sem puxar o ………………

  • Anônimo

    O baum mesmo era manda o Venturini, o fabricio da fuga e o toshiro embora de jales… E deixar aqui soh quem eh baum pra cidade…, os blogueiros, uns jornalistas e mais meia duzia de “intelectual” que geram muita prosperidade por onde passam…

  • NOIS

    Anônimo seu ignorante mandar o Venturini,Fabricio e o Toshiro embora de Jales e no lugar deles ficaria você um boçal e incompetente para arrumar emprego para os jalesenses empregados em suas Empresas.
    Seu imbecil quando tiveres preparado para recolocar no mercado de trabalho as pessoa que ficariam sem seu ganha pão,ai sim poderia falar tantas Imbecilidades como falaste,sem contar o quanto essas pessoas colaboram e colaborarão com Jales e suas Entidades seu babaca,não é puxação de saco,pois não preciso deles para sobreviver é a realidade seu mentecapto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *