LUIZÃO É CONDENADO A 14 ANOS DE RECLUSÃO

O comerciante Luiz Carlos Rodrigues, o Luizão, foi condenado hoje a 14 anos de reclusão – em regime fechado – após sessão do Tribunal do Júri realizada nesta terça-feira sob a presidência da juíza da 4ª Vara, Maria Paula Branquinho Pini.

Ao final da sessão, que começou às 09:00 horas e terminou por volta das 17:30 horas, os jurados concluíram que Luizão deveria ser responsabilizado penalmente pelo crime de homicídio duplamente qualificado. A pena para esses casos varia de 12 a 30 anos de reclusão.

Na dosimetria da pena, a juíza levou em consideração, de um lado, que Luizão já tinha antecedentes criminais e que ele, ao cometer o crime, utilizou-se de meio que dificultou a defesa da vítima.

De outro lado, ela ponderou, também, que o réu confessou o crime e que o mesmo agiu sob violenta emoção provocada pelas ameaças que a vítima vinha fazendo a ele.

A sentença registra, ainda, que, após cumprir pena privativa de liberdade por um crime anterior, Luizão “aparentava ter se ressocializado, tornando-se um competente empresário e desenvolvendo constantes ações de filantropia”. 

Luizão, através de seus advogados, deverá recorrer da sentença, mas não poderá fazê-lo em liberdade.

O crime:

silvano2Na tarde do dia 1º de setembro de 2014, uma segunda-feira, em plena avenida “Alfonso Rossafa Molina”, Luizão atingiu com dois tiros a vítima Silvano Matos Soares, então com 36 anos, que morreu antes de dar entrada na Santa Casa.

Depois de permanecer foragido por alguns dias, Luizão se entregou à polícia e confessou o crime. Na ocasião, o acusado  alegou que Silvano vinha fazendo ameaças a ele e à sua família.

22 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *