SETOR BANCÁRIO FECHA PRIMEIRO SEMESTRE COM 3.700 EMPREGOS A MENOS

A notícia é do portal Brasil Atual:

O setor bancário fechou o primeiro semestre cortando 3.746 postos de trabalho, segundo levantamento do Dieese divulgado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. Foram 16.713 contratações e 20.459 demissões no período. O Caged abrange empregos com carteira assinada.

O saldo negativo não foi maior devido às contratações (1.649) da Caixa Econômica Federal. O segmento que reúne as maiores instituições (Itaú Unibanco, Bradesco, Santander, HSBC e Banco do Brasil) fechou 5.331 vagas.

De acordo com o levantamento, houve queda no emprego em 20 estados, com destaque para São Paulo (menos 1.612 postos de trabalho), Rio Grande do Sul (menos 608), Rio de Janeiro (menos 436) e Minas Gerais (menos 395). O maior saldo positivo foi registrado no Pará, com 142 vagas a mais.

1 comentário

  • Rodrigo

    De um lado os bancos cortando funcionários, de outro pessoas perdendo a cada dia o interesse em trabalhar nessas instituições, difícil saber onde isso vai parar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *