Arquivos mensais: Fevereiro 2015

SINDICATO DOS SERVIDORES QUER A SAÍDA DE PROCURADORA GERAL

Exatamente uma semana depois da posse do prefeito Pedro Callado,  toda a diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais e os 110 servidores que tiveram suas portarias revogadas pela prefeita Nice Mistilides já estão ficando incomodados com a permanência, até o momento, da procuradora geral Sueli de Fátima Araújo. 

Na opinião deles, Sueli teve participação fundamental na “sangria” promovida pela prefeita no ano passado. Os sindicalistas já estão se mobilizando para uma reunião com o prefeito Pedro Callado, onde, entre outras coisas, deverão manifestar a insatisfação deles com a presença de Sueli no secretariado.

De outro lado, a prefeita cassada parece magoada com alguns de seus assessores. Segundo consta, Nice não está atendendo as ligações feitas por eles. Em reunião, ontem, na Câmara, Callado manifestou a intenção de não trocar dois dos secretários de Nice. E os vereadores pediram que fossem trocados todos.  

PROFESSOR BELON PARTICIPA DE CONGRESSO EM BRASÍLIA

O professor Antônio Rodrigues Belon está em Brasília, onde participa do 34º Congresso do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES-SN. Ontem, antes de partir para o Distrito Federal, ele enviou o e-mail abaixo:

imp-ult-2034291358Nesta madrugada, como Delegado da ADLeste – seção sindical do ANDES-SN, na UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, na região de Três Lagoas, e leste do Estado, começo uma nova viagem para Brasília. Saio de Jales (automóvel), via São José do Rio Preto (avião) para amanhecer no Distrito Federal. 

Vou participar do 34º CONGRESSO do ANDES-SN, convocado e organizado pela diretoria da entidade, no período de 23 a 28 de Fevereiro de 2015. 

No congresso discutiremos a “Manutenção e Ampliação dos direitos dos trabalhadores: avançar na organização dos docentes e enfrentar a mercantilização da educação.”

CATANDUVA APOSTA NA CROTALÁRIA PARA COMBATER MOSQUITO DA DENGUE

Segundo a matéria, de dezembro até fevereiro, dez pessoas já morreram em consequência da dengue, em Catanduva. A notícia é do Diário da Região:

crotaláriaO movimento “Acorda Brasil – Catanduva” aposta em nova arma no combate à dengue, a crotalária, uma planta que na fase adulta pode chegar a até três metros de altura e atrai predadores do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue e da chikungunya. De acordo com João César de Moraes, membro do movimento, a crotalária atrai a libélula, que desenvolve dois papéis no combate à doença. “A planta atrai as libélulas, que na fase adulta se alimentam do Aedes. E se estiver próximo à água, as larvas da libélula também vão consumir as larvas do mosquito.”

O movimento se inspirou em ações similares e bem-sucedidas realizadas em Uberaba (MG) e Sorriso (MT). A proposta é que moradores plantem a crotalária, assim como deve ocorrer nas escolas. Serão distribuídas mudas e sementes. Moraes destaca que, mesmo com a distribuição da crotalária, é importante manter os outros trabalhos de combate e prevenção à doença. “Não é uma medida para substituir outros cuidados, como a limpeza dos quintais, mas sem dúvida é uma grande arma para ajudar no combate à doença.”

Essa é a segunda vez que o município recorre a novas estratégias, além do trabalho tradicional como visita casa a casa e nebulização, para combater o mosquito. No começo do mês, a prefeitura começou a utilizar um comprimido chamado Espinosade, inseticida de baixa toxicidade para o ambiente. O comprimido está sendo colocado por agentes da Equipe Municipal de Combate ao Aedes aegypti (EMCAa) em criadouros fixos, como vasos sanitários, ralos, caixas d’água e telhados. O Espinosade tem uma parte efervescente que mata as larvas no momento em que é adicionado à água.

Catanduva está com epidemia de dengue desde janeiro. Até ontem, segundo o sistema criado pela prefeitura para divulgar os números da dengue, 2.594 casos positivos foram registrados no município. De dezembro até ontem, dez catanduvenses já morreram com dengue. Dessas mortes, a prefeitura não admite duas, alegando que, apesar de resultado positivo para dengue, as pessoas morreram de outras causas. Um terceiro caso está sendo investigado.

Abaixo, um reportagem sobre o uso da crotalária no combate à dengue, em Rondônia:

DRAG QUEEN ASSUME CARGO DE VEREADOR NO ESPÍRITO SANTO

A notícia é do G1:

chica_chiclete-3764906A drag queen Chica Chiclete (PMDB) vai ocupar uma cadeira na Câmara de Vereadores de Vila Velha, no Espírito Santo, na próxima segunda-feira (2). Para os trabalhos na Casa, Chica vai abandonar a personagem. “Na Câmara vou ser Chico, o Francisco”, afirmou.

Chica substitui Andinho Almeida (PMDB), que deixa a Câmara para virar secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer na gestão de Rodney Miranda (DEM). Chica é a primeira suplente da Câmara de Vereadores do município.

A personagem criada por Francisco Spala Neto conquistou os eleitores e rendeu mais de 2 mil votos nas eleições de 2012. Morador da Barra do Jucu, Francisco é comerciante e possui um hotel no Centro de Vitória. Além disso, também trabalha com fantasias no carnaval e em um atelier de vestidos de noivas.

Sobre a expectativa de assumir o cargo dois anos após a eleição, Francisco explicou que atua na política desde 1996, quando se filiou ao PMDB. “Eu venho como candidato desde o ano 2000 pelo partido. Essa é a terceira vez que fico de suplente e a primeira que vou assumir. É um trabalho de anos junto ao partido que vem se concretizando agora”, disse.

FALECE EM JALES, AOS 84 ANOS, O FARMACÊUTICO ‘BARÃO’

barãoFaleceu na noite desta segunda-feira, na Santa Casa de Jales, o senhor Alfredo Augusto Oliveira Gonçalves, o conhecidíssimo farmacêutico  “Barão”. Ele tinha 84 anos e já estava adoentado há algum tempo.

Barão era o mais velho de uma família de vários irmãos, entre eles o professor Neto, o Coca, o Roberto Gonçalves e a dona Dinha (Arminda Gonçalves de Paiva). Era um dos mais antigos farmacêuticos  de Jales. Antes de vir para Jales, ele teve farmácia em Santa Salete.

O corpo do “Barão” será velado no Velório Municipal e, segundo informações da Funerária Ângelus, deverá ser sepultado amanhã, terça-feira, às 17:00 horas. 

BOATO DIZ QUE NICE VOLTA ATÉ QUARTA-FEIRA. MAS, QUAL QUARTA-FEIRA?

A cidade foi tomada, nesta segunda-feira, por dois boatos. Um deles dizia que a prefeita cassada, Nice Mistilides tinha trocado de advogado. O outro, mais preocupante, garantia que a Ungida voltará a sentar-se na cadeira de prefeito até quarta-feira. Não se sabe qual quarta-feira, mas é improvável que seja a próxima.

Uma olhadela no site do TJ-SP e do STJ mostra que nos dois tribunais não pintou, por enquanto, nenhum recurso em nome da prefeita. Aliás, um advogado me disse, hoje, que desconhece algum tipo de recurso que possa ser impetrado diretamente em Brasília. Na opinião dele, qualquer eventual recurso por parte da defesa da prefeita terá que ser protocolado em Jales.

Outro advogado me disse que o desembargador Gavião de Almeida, do TJ-SP, que negou duas liminares solicitadas por Nice, poderá – por que não? – dar uma decisão favorável à prefeita no julgamento do mérito dos agravos de instrumento impetrados por ela.

O julgamento dos agravos, no entanto, deve demorar um pouco. É mais provável que o mérito dos dois mandados de segurança que se encontram pendentes na justiça de Jales seja julgado antes. E, se eles foram julgados improcedentes, ficam sem efeito os agravos. Pelo menos, é o que diz o advogado.

Uma coisa, no entanto, deixou muita gente preocupada hoje: o advogado da prefeita, Osmar Honorato Alves, e os demitidos Aldo Nunes de Sá e Adriano Lisboa foram vistos conversando nesta segunda-feira, nas proximidades do Proença. E eles pareciam muito felizes.

PRESIDENTE DA CÂMARA DE COMÉRCIO DA UNIÃO EUROPÉIA VISITA JALES

Comércio2

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

O prefeito Pedro Manoel Callado Moraes recebeu na manhã de segunda-feira, 23, a visita da Presidente da Câmara de Comércio da União Européia no Brasil, Talita Brito, no gabinete da prefeitura. Os empresários jalesenses Sérgio Aparecido Nunes de Marques e Ivan de Oliveira Junior acompanharam a presidente. 

Segundo Talita, o objetivo principal da visita foi de expor ao chefe do Poder Executivo que é possível revelar o potencial de Jales para as empresas européias que queiram se instalar no Brasil. “Meu objetivo primordial como presidente é estreitar as relações dos setores dos 28 países que compõem a Câmara com o Brasil. É uma tarefa grandiosa, que já venho desenvolvendo desde quando me mudei para Portugal, em 2006. A ideia nossa é colocar Jales no “roll” da Comunicação Internacional”.

“Foi o início de uma parceria para o crescimento e desenvolvimento de nossa cidade. A troca de boas práticas com a Talita nos permite acreditar que juntos podemos muito mais. Nossa cidade é estrategicamente bem localizada e possui inúmeras condições de alavancar o desenvolvimento regional com a vinda de novas empresas”, afirmou o prefeito.

Frente à empresa de consultoria Doctus Group, marca líder em internacionalização em Portugal e África, Talita conhece bem o mundo dos negócios e principalmente o país lusitano onde concluiu seu doutorado e mora desde 2005. Tendo como clientes grandes empresas portuguesas, a presidente da CCUE poderá intermediar a vinda de empresas para Jales tanto de Portugal como de outros países onde a Doctus possui filiais. Talita também foi nomeada embaixadora da ZPE – Zona de Processamento de Exportação Paulista, em Fernandópolis.

“Temos que agradecê-la por toda sua dedicação, trabalho e experiência que nos demonstrou nesta reunião garantindo que vai colocá-los a serviço do nosso município. Vamos colaborar no que for possível e impossível formando um grande grupo da iniciativa privada. É um grande passo para reescrevermos a história da nossa cidade”, agradeceu Callado.

CÂMARA MUNICIPAL TERÁ SESSÃO HOJE. E DEVE COBRAR CALLADO SOBRE CONTRATO DO LIXO

Depois da sessão extraordinária que cassou o mandato da prefeita Nice Mistilides, a Câmara Municipal volta a reunir-se hoje, a partir das 20:00 horas, em sessão ordinária. Entre os assuntos que serão debatidos, estão a merenda escolar e o ressarcimento dos prejuízos causados pelos contratos emergenciais firmados com a empresa Proposta Ltda.

Os vereadores deverão pedir informações específicas sobre o terceiro contrato emergencial do lixo, que ainda está em vigor. Aliás, até o momento, não ouvimos nenhuma palavra do prefeito empossado, Pedro Callado, a respeito do que será feito com o contrato da Proposta.

O prefeito precisa, no mínimo, providenciar para que os serviços da empresa sejam devidamente fiscalizados e para que o contrato seja integralmente cumprido. Afinal, a falta de fiscalização do contrato foi um dos principais argumentos utilizados para cassar o mandato da prefeita Nice.

DSC01960Na varrição, por exemplo, o primeiro contrato firmado com a Proposta previa a utilização de 44 varredoras. No segundo contrato, esse número caiu para 32 varredoras. Sabe-se, porém, que a empresa nunca empregou mais que 20 pessoas para varrer as ruas e, atualmente, os serviços estão sendo executados por apenas 16 varredoras.

Apesar disso, a Proposta, curiosamente, continua varrendo  praticamente a mesma quantidade de quilômetros que era varrida pela Ecopav. Sendo que a Ecopav tinha cerca de 50 varredoras. A rua onde mora este blogueiro, por exemplo, era varrida três vezes por semana. Desde que a Proposta assumiu, ela é varrida uma vez por semana. E olhe lá!

A população espera providências do novo prefeito, que deveria, inclusive, suspender os pagamentos à empresa até que tudo fique esclarecido. De outro lado, os vereadores têm a obrigação de cobrar essas providências. 

CALLADO VAI PROPOR EXTINÇÃO DE CARGOS E PARCELAMENTO DE DÍVIDAS DE CONTRIBUINTES

DSC01989-ed

O prefeito Pedro Callado reuniu a imprensa, nesta segunda-feira para falar sobre a situação financeira da nossa Prefeitura. Depois da explanação feita pelos servidores André Wilson Neves da Silva (contador) e Sirlene Pacheco (secretária de Fazenda), Callado reiterou a necessidade de diminuir as despesas e aumentar a arrecadação.

Para conseguir isso, ele deverá propor – em reunião com os vereadores, marcada para logo mais, às 14:00 horas – a extinção de alguns cargos (especula-se que sejam as chefias de gabinete das secretarias) e a aprovação de um projeto de lei que permita aos devedores de impostos o pagamento parcelado de suas dívidas.

Callado ressaltou, no entanto, que o parcelamento não vai incluir o perdão de juros, multas e correção monetária, como normalmente acontece com os famosos Refis. Os contribuintes em atraso com os cofres municipais poderão pagar suas dívidas em parcelas, mas sem nenhum desconto.

A situação financeira da Prefeitura não é das mais confortáveis, mas também não é tão ruim quanto foi falado na semana passada. Em janeiro, os cofres municipais foram bastante reforçados pelo repasse do IPVA (R$ 3,1 milhões), enquanto agora em fevereiro o reforço virá por conta do IPTU.

DSC01988-edO problema, avaliam Callado e sua assessoria, será a partir de junho, quando o repasse do IPVA e o recebimento do IPTU caem bastante. Por isso, é preciso, desde já, adotar medidas para diminuir as despesas e incrementar a arrecadação.

Quanto ao secretariado, Callado não confirmou nenhum nome, nem mesmo o de Ademir Molina, que estava presente à reunião. José Devanir Rodrigues, o Garça, chegou depois da reunião, para uma audiência com Callado.

A coletiva foi acompanhada por Luiz Ramires (Jornal de Jales), Tony Ramos (Assunção), Douglas Zílio (Tribuna), Claudinei Antônio e Cleo Garcia (Antena 102), Assis Duarte (Moriah FM) e Celso Costa (Alvorada). A repórter Priscila Mota, da TV Tem, e o jornalista Deonel Rosa Júnior também marcaram presença. 

MPF DE JALES ACIONA PREFEITA ANA BIM POR ENVOLVIMENTO COM MÁFIA DO ASFALTO

A notícia é do Diário da Região:

ana bim2O Ministério Público Federal (MPF) de Jales ingressou com ação de improbidade administrativa na região de Rio Preto contra os integrantes da chamada Máfia do Asfalto. A ação foi protocolada no início deste mês contra a prefeita de Fernandópolis, Ana Bim (PSD), o ex-prefeito da cidade Luiz Vilar de Siqueira e integrantes do Grupo Scamatti. A ação tramita na 1ª Vara Federal.

A denúncia foi proposta pelo procurador da República José Rubens Plates e tem valor de R$ 13, 3 milhões. O MPF apurou que supostas fraudes em licitações no município teriam ocorrido no atual governo – Ana Bim – e no anterior – Vilar. A acusação de possível ato de improbidade contra a prefeita e o seu antecessor tem como base interceptações telefônicas captadas com autorização da Justiça. 

1 2 3 4 5 13