Arquivos mensais: outubro 2020

JALES ABRIU 60 NOVOS EMPREGOS FORMAIS EM SETEMBRO, MAS CONTINUA ATRÁS DE PONTALINDA E VITÓRIA BRASIL

O Ministério da Fazenda, do falastrão Paulo Guedes, divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), relativos a setembro. Os números de Jales foram muito bons, com a abertura de 60 novos empregos com carteira assinada, resultado de 282 admissões e 222 demissões.

É o segundo melhor resultado obtido por Jales em um mês de setembro, desde 2003, quando o CAGED começou a divulgar os números do emprego formal. Os 60 empregos abertos em setembro deste ano, só são superados pelos 207 empregos gerados em setembro de 2009.

Mesmo com o bom resultado, o saldo de Jales no ano continua negativo. De janeiro até setembro foram registradas 2.146 admissões e 2.172 demissões, resultando em um saldo negativo de 26 empregos fechados.

E o que é pior: com esse saldo de 26 empregos a menos desde janeiro, Jales está atrás de cidades como Pontalinda (+14), Vitória Brasil (+32) e Santa Albertina (+76), que apresentam saldos positivos.

Entre as principais cidades da região, o principal destaque de setembro foi Votuporanga, que abriu 270 novos empregos, seguida por Mirassol (+189), Santa Fé do Sul (+75) e Fernandópolis (+56).

BRASIL TEM 3a. MOEDA COM MAIOR DESVALORIZAÇÃO EM 2020

Só estamos ganhando da Zâmbia e do Suriname. Mas, segundo o ex-urubólogo Alexandre Garcia, o real é uma das moedas mais confiáveis do mundo. Deve ser por isso que os investidores internacionais estão fugindo do Brasil como o vampiro foge do alho.

A notícia é do Poder360:

O real brasileiro fechou o mês de outubro como a 3ª moeda mais desvalorizada do mundo, em relação ao dólar. Neste ano, o desempenho só não foi pior do  que o kwacha, da Zâmbia, e o dólar do Suriname. O câmbio fechou outubro em R$ 5,74, alta de 42,8% em relação ao começo do ano.

Quando se calcula a depreciação, o país se destaca negativamente: no começo de janeiro R$ 1 comprava US$ 0,24, e agora compra apenas US$ 0,17. Isso representa queda de 30,4%.

Os motivos, segundo economistas, foram vários. No cenário internacional, há a crise decorrente da pandemia de covid-19. Outro fator de instabilidade, é a eleição norte-americana.

Internamente, a incerteza sobre o futuro das contas públicas. As taxas de juros no país estão no piso histórico (2% ao ano). Isso tem afastado os investidores externos, que enxergam muitos riscos e baixo retorno. No ano, os estrangeiros já retiraram R$ 84,58 bilhões da B3, a bolsa de valores oficial do Brasil, sediada em São Paulo (SP).

Com isso, a desvalorização da moeda frente ao dólar se descola até da cotação de outros países emergentes.

MAIS DE SETE MIL INTERNAUTAS ACOMPANHARAM DEBATE ELEITORAL DE JALES NO FACEBOOK E YOUTUBE

A notícia é da assessoria de imprensa da ACIJ:

Milhares de pessoas acompanharam o primeiro debate político entre os candidatos ao cargo de prefeito do município de Jales nas eleições de 2020. Só na página da ACIJ, no Facebook, foram cerca de 3 mil internautas. Outras 10 páginas, de diferentes veículos de comunicação, como jornais, sites, rádios e televisão também fizeram a transmissão simultaneamente por vídeo.

O número de visualizações passou de 7 mil, isso sem contar os eleitores que também acompanharam o debate pelas emissoras de rádio da cidade e que é impossível precisarmos a quantidade. Pelas ondas do rádio, a transmissão foi feita pela Antena 102 FM, Assunção FM, Moriah FM e Regional FM.

O evento foi realizado na noite da última quinta-feira, 29 de outubro, no salão de eventos da Associação Comercial e Industrial de Jales, entidade que promoveu o debate junto com o Fórum da Cidadania.

A noite da democracia foi marcada pela civilidade e organização. Dois candidatos participaram: Ailton Santana, do PV (Partido Verde) e Luis Especiato, do PT (Partido dos Trabalhadores).

Durante o debate os candidatos tiveram a oportunidade de responder a perguntas que foram feitas por representantes de 13 instituições que compõem o Fórum da Cidadania de Jales, fazerem perguntas entre si, com direito a pedidos de réplica e a tréplica, além de apresentarem um pouco do plano de governo de cada um.

Luis Henrique Moreira, candidato do PSDB, coligado com Podemos, DEM, PSD, Republicanos, PP, MDB e PSL, enviou ofício no fim da manhã do dia do debate informando a comissão organizadora de que não participaria do debate. Entre as justificativas, o candidato alegou que acredita que o melhor debate é o realizado na rua, portanto o púlpito onde ele ficaria permaneceu vazio.

O debate começou pontualmente às 20h e teve exatamente duas horas de duração.

ASSESSORES DE CARLOS BOLSONARO RECEBERAM MAIS DE R$ 3 MILHÕES EM BÔNUS

Uma das assessoras recebeu quase R$ 700 mil e continua morando em uma favela. Tá na cara que esse dinheiro não foi para o bolso dela. A notícia é da revista Veja:

vereador Carlos Bolsonaro, um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, distribuiu generosas gratificações a assessores suspeitos de participar de esquema de “rachadinhas” ou de serem funcionários fantasmas, de acordo com uma reportagem publicada nesta sexta-feira (30) pela revista Veja.

Um inquérito conduzido pelo MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro) apura desde 2019 a contratação de supostos funcionários fantasmas no gabinete de Carlos na Câmara do Rio, onde é vereador desde 2000.

Dados obtidos pela revista Veja via LAI (Lei de Acesso a Informação) indicam que o gabinete de Carlos pagou R$ 3,035 milhões em gratificações que podiam chegar a até 80% da renda mensal de cada um dos assessores.

Chamadas de “encargos DAS”, os bônus são concedidos aos servidores escolhidos pelo parlamentar para realizarem alguma tarefa adicional, como sentar-se à cadeira de uma comissão da Câmara, por exemplo. Não é necessária nenhuma justificativa ou prova de capacidade técnica, nem tampouco há controle de presença nas reuniões.

A concessão de gratificações não constitui irregularidade e está prevista no regimento da Câmara. Contudo, o ilícito ocorre se o funcionário recebe o bônus sem realizar as atribuições que justificariam o adicional. 

De acordo com levantamento da Veja, a assessora que mais recebeu gratificações foi beneficiada com a quantia de R$ 673.670. Ela esteve lotada no gabinete de Carlos por mais de onze anos e fez parte do grupo de nove assessores exonerados em dezembro de 2018, após a eleição de Bolsonaro para presidente.

Apesar da quantia que recebia, a assessora morava, até pouco tempo atrás, em uma casa de tijolo aparente e que dividia espaço com uma oficina mecânica, em uma favela em Cordovil, na Zona Norte do Rio.

Procurado pela revista Veja, o vereador Carlos Bolsonaro não quis responder.

JUSTIÇA FEDERAL DETERMINA QUE EMPRESAS REALIZEM MANUTENÇÃO DE LINHA FÉRREA EM JALES E REGIÃO

A 1ª Vara Federal de Jales/SP determinou às empresas Rumo S.A e Rumo Malha Paulista S.A que realizem a sinalização das passagens de nível, drenagem da via férrea, adequação do ruído produzido pelas buzinas das locomotivas nas áreas habitadas e a manutenção de trilhos e dormentes que estiverem localizados nos municípios abrangidos pela Subseção de Jales.  A decisão, proferida no dia 6/10 pelo juiz federal Fabio Kaiut Nunes, restabeleceu os termos de uma liminar concedida anteriormente.

O Ministério Público Federal ajuizou a ação contra as empresas, Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, União Federal e outros seis municípios. O órgão ministerial requereu que fossem tomadas medidas de segurança para proteger a população, os trabalhadores e o meio ambiente nas áreas pelas quais passa a via férrea, além de coibir a restrição ao direito de ir e vir dos munícipes.

Inicialmente, os efeitos da liminar haviam sido suspensos após as partes chegarem a um acordo, que estabeleceu diversas medidas a serem adotadas por cada órgão e município. Contudo, como nem todos cumpriram os compromissos assumidos, o juiz Fabio Nunes atendeu ao pedido do MPF para restabelecer os termos da tutela antecipada.

“Verifico que, até o presente momento, as partes não se compuseram de modo a finalizar o litígio. Assim, considerando os argumentos trazidos aos autos pelo MPF em sua manifestação, […] entendo ser necessário o restabelecimento da tutela anteriormente deferida, porquanto presente a verossimilhança das alegações e o perigo da demora”, pontuou o magistrado.

Em relação à alegação de poluição sonora, Fabio Nunes concedeu o prazo de 60 dias requerido pela ANTT para a realização das medições do volume. Para isso, o órgão poderá utilizar de seu poder de polícia para determinar às empresas que forneçam os dados relativos às locomotivas que integram sua frota, como as especificações de fabricante e a potência sonora das buzinas.

BOLSONARO ATACA DÓRIA E DIZ QUE NÃO VAI PAGAR VACINA

Deu no Brasil 247:

Em mais um ataque ao governador de São Paulo, João Doria, Jair Bolsonaro critica a obrigatoriedade da vacina contra Covid-19, diz que não paga o imunizante produzido em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac e ameaça privatizar o SUS.

“Então, querido governador de São Paulo, você sabe que sou apaixonado por você, sabe disso. Poxa, fica difícil, né? E outra coisa: ninguém vai tomar tua vacina na marra, não, tá ok? Procura outra. E eu, que sou governo, não vai comprar sua vacina também não. Procura outro pra pagar sua vacina”, disse Bolsonaro em sua live desta noite.

O governador de São Paulo, João Doria tinha afirmado anteriormente que a vacinação contra o novo coronavírus em São Paulo será obrigatória, exceto para pessoas que apresentem alguma restrição avalizada por um médico. 

Bolsonaro se opõe à vacinação obrigatória e por razões políticas . Doria é considerado pelo Palácio do Planalto um potencial adversário nas eleições de 2022. O presidente se mostra contrário ao financiamento da produção da vacina pelo governo de São Paulo com a China. 

Doria considera criminosa a atitude de Bolsonaro de negar o acesso a qualquer vacina aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) contra a Covid-19.

Durante a live Bolsonaro ameaçou privatizar o SUS, reeditando na próxima semana o decreto revogado na quarta-feira (28).

GARÇA APRESENTA NOVO NÚCLEO CENTRAL DE SAÚDE À FAMÍLA DO MÉDICO QUE DEU NOME AO PRÉDIO

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Mais uma grande conquista para a população de Jales: a Prefeitura, por meio de sua Secretaria de Saúde, iniciou os atendimentos no novo Núcleo Central de Saúde – APS/ESF (Atenção Primária à Saúde / Estratégia de Saúde da Família) Dr. Antonio Queda, construída no Jardim Monterey. Na última quarta-feira, dia 28 de outubro, o vice-prefeito José Devanir Rodrigues (o Garça) e a secretária de Saúde, Maria Aparecida Moreira Martins, representando o prefeito Flávio Prandi Franco, apresentaram as novas instalações aos familiares do médico Dr. Antonio Queda, homenageado com o nome da unidade. O prefeito Flá não pode comparecer ao ato em função de viagem a São Paulo.

Iniciada em 2018, a obra foi executada pela V. de Souza Ferreira & Cia Ltda ME.  A ESF será de Porte 2, ou seja, com capacidade para receber a estrutura física e equipe de duas unidades em um mesmo espaço na Rua João Mariano de Freitas Filho, na esquina da Avenida Paulo Marcondes, no Jardim Monterey.

A unidade possui 3 consultórios com banheiros anexos, 2 consultórios/acolhimento, ampla sala para consultórios odontológicos, recepção, sala de inalação, sala de atividades coletivas, sala de observação/procedimentos/coleta, sala de vacinas, depósito de resíduos contaminados, expurgo, sala de estéril, administração e gerência, sanitários para funcionários e para pacientes, sala de estocagem e dispensação de medicamentos, copa e sala de curativos. Toda a unidade tem acessibilidade para portadores de necessidades especiais.

De acordo com a secretária Maria Aparecida, um recadastramento de usuários está sendo realizado para que o Núcleo Central possa suprir os atendimentos dos moradores da área central da cidade, como era feito no antigo prédio da Rua sete. “Estamos muito felizes em iniciar os atendimentos nessa nova e moderna unidade de saúde. Somente no ano passado, o Núcleo Central de Saúde realizou mais de 26.600 atendimentos individuais e queremos intensificar esse número, oferecendo serviço de qualidade e atendimento humanizado”.

O vice-prefeito Garça falou sobre a importância do nome dado ao prédio e sobre a unidade. “Estamos lisonjeados de receber aqui os familiares do Dr. Antonio Queda, médico que fez história e de grande importância em nossa cidade, em função da família que construiu, de seu caráter, profissionalismo, comprometimento e dedicação. Hoje é um dia especial, que marca uma nova etapa para o setor de saúde, um grande passo rumo ao fortalecimento da atenção básica de saúde do município. Nesses últimos quatro anos, essa é a quarta unidade de saúde que inauguramos, além de termos reformado as ESF’s do Roque Viola e Arapuã. A população, que é o que mais nos importa, será muito beneficiada com esta conquista”.

“Eu acredito que se meu pai estiver vendo isso aqui hoje, ele está muito feliz, porque meu pai amou a medicina e seus pacientes como nenhuma outra pessoa que conheci. Nada é mais honroso do que se lembrar de um profissional como ele dando seu nome a uma Unidade de Saúde”, falou a filha do médico homenageado que deu nome a unidade, Sandra Queda.

LIMINAR DETERMINA QUE PT RETIRE VÍDEO EM QUE ESPECIATO COBRA EXPLICAÇÕES SOBRE CHEQUES DEPOSITADOS NA CONTA DE LUIZ HENRIQUE

A juíza eleitoral de Jales, Maria Paula Branquinho Pini, atendeu representação da coligação do candidato Luís Henrique Moreira(PSDB) e deferiu liminar determinando que os candidatos a prefeito e vice pelo PT – Luís Especiato e Alexandre Periotto -, bem como o deputado estadual Paulo Fiorillo fizessem cessar a divulgação, no facebook, de um vídeo com depoimento de Especiato.

Muita gente aqui em Jales, inclusive este aprendiz de blogueiro, não viu o vídeo, uma vez que ele foi postado apenas na página do deputado, de forma que a polêmica está despertando a curiosidade dos eleitores, que querem saber o que foi dito no tal vídeo.

Segundo o que está na representação, Especiato disse, no vídeo, que o candidato Luiz Henrique “recebeu cinco cheques de dez mil reais de propina de Bálsamo, do amigo dele, prefeito de Bálsamo, nas contas dele e não está explicado ainda. Isso, com certeza, se ele não explicar, a população de Jales vai saber quem é quem nessas eleições”

Na sua decisão, a juíza ressalta que “deve-se preservar a discussão quando realizada de forma cordata e racional entre os interlocutores, mas todo e qualquer conteúdo violador dos valores éticos e sociais da pessoa e das normas de boa conduta devem sofrer reprimenda estatal”.

A magistrada diz, ainda, vislumbrar a “ocorrência de ofensa à honra” na afirmação de Especiato, uma vez que ela foi feita fora do contexto de debate eleitoral. De qualquer forma, o deferimento da liminar significa que o que foi alegado pela coligação de Luís Henrique pode ser verdade, mas a juíza ainda não tem certeza disso.

Por isso mesmo, ela concedeu ao candidato Luís Especiato dois dias de prazo para apresentação de defesa. De sua parte, Especiato garante que não falou nenhuma inverdade. Afinal, alega o petista, uma investigação já demonstrou que os cheques oriundos de uma suposta propina foram, efetivamente, depositados na conta do candidato Luís Henrique. E isso, segundo ele, ainda não ficou bem explicado pelo tucano.

É HOJE! DEBATE PROMOVIDO PELA ACIJ SERÁ TRANSMITIDO POR 04 EMISSORAS DE RÁDIO E 12 PÁGINAS DO FACEBOOK

Da assessoria de imprensa da ACIJ:

Está marcado para às 20h desta quinta-feira, 29 de outubro, o primeiro debate eleitoral de 2020 entre os candidatos a prefeito de Jales, promovido pela ACIJ – Associação Comercial e Industrial de Jales e pelo Fórum da Cidadania, formado por 14 instituições do município.

Para o evento, uma estrutura de ponta está sendo montada que vai possibilitar transmissão em tempo real por áudio e vídeo em diferentes plataformas, já que os eleitores não poderão acompanhar presencialmente por causa da pandemia.

Pelas ondas do rádio, a transmissão será feita por quatro emissoras de Jales: Antena 102 FM (102,3), Assunção FM (89,3), Moriah FM (105,9) e a Regional FM (103,5).

Em outros debates promovidos pelas mesmas entidades, a transmissão também foi feita pelo rádio. A novidade deste ano será a transmissão em vídeo. Ao todo, 12 páginas de veículos de comunicação da região vão transmitir simultaneamente o debate no Facebook.

São elas a da ACIJ, do Jornal de Jales, Noroeste Paulista (Palmeira D’Oeste), das rádios jalesenses Antena 102 FM, Assunção FM, Moriah FM, Regional FM e Rádio Band FM, da emissora Jovem Pan de Santa Fé do Sul, além dos sites FocoNews (Jales) e Jales Notícias, e a página da emissora de TV a cabo de Fernandópolis Canal 10, que será a responsável pela filmagem.

De acordo com o presidente da ACIJ, Leandro Rocca, o novo formato de transmissão vai possibilitar que mais pessoas acompanhem esse momento tão importante da democracia. “Além de dinamismo, a transmissão por diferentes plataformas vai dar a oportunidade aos eleitores de assistirem de qualquer lugar a discussão sobre o futuro da cidade’’, destacou.

“Todas as instituições que compõem o Fórum da Cidadania de Jales participaram de reuniões para definir os moldes do debate e enviaram as perguntas que serão feitas aos candidatos, de acordo com sorteio que será realizado ao vivo. Essa atuação em conjunto mostra a força das instituições e a preocupação com o futuro político, econômico e o desenvolvimento do nosso município”, explicou o coordenador do Fórum da Cidadania, Dr. Carlos Alberto Expedito de Brito Neto.

Dos três candidatos a prefeito de Jales, os dois de chapa pura, confirmaram presença no debate: Ailton Santana, do PV, e o petista Luis Especiato. Já o tucano Luis Henrique Moreira, que além do PSDB, tem na coligação os partidos PODE, DEM, PSD, REPUBLICANOS, PP, MDB e PSL, não respondeu dentro do prazo ao ofício enviado pela comissão organizadora, mas disse em entrevista radiofônica ao jornalístico Antena Ligada, da Antena 102 FM, nesta semana que não vai participar do debate.

1 2 3 11