Categoria: Administração

PREFEITO CONQUISTA R$ 500 MIL PARA REFORMA E AMPLIAÇÃO DE EMEI NO JARDIM AEROPORTO

A EMEI “Aparecido Tadeu Rodrigues Estanislau” é uma das três escolas de ensino infantil construídas pelo ex-prefeito Humberto Parini, com recursos próprios da Prefeitura. Aparecido Tadeu é o nome do saudoso professor Ratinho, com quem tive a honra de jogar futebol.

As outras duas escolas construídas por Parini são as EMEIs “Gema Prandi”, no São Judas Tadeu, e “Iracema Candeo – Lola”, no JACB. Naquele tempo, além de construir escolas com recursos próprios, a Prefeitura ainda distribuía bônus para os professores no final do ano.

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

O prefeito Luis Henrique Moreira anunciou mais uma importante conquista para Jales: a viabilização de recursos que vão garantir a reforma, adequações e ampliação da EMEI (Escola municipal de Educação Infantil) Professor Aparecido Tadeu Rodrigues Estanislau, localizada no Jardim Aeroporto.

O convênio foi assinado pelo prefeito na manhã da terça-feira, dia 02 de março, junto ao Secretário Executivo de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Rubens Cury, na presença do deputado estadual Rafa Zimbaldi, responsável pela viabilização da verba no valor de R$ 500 mil. A audiência aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

O pedido ao deputado Rafa Zimbaldi foi entregue pelo chefe do Poder Executivo jalesense na segunda-feira, dia 01 de março e prontamente atendido pelo parlamentar.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Manoel Andreo de Aro, as ampliações incluem a construção de duas salas de aula para o maternal, dois berçários, um lactário, dois banheiros para os berçários e cobertura do pátio com estrutura metálica. Serão ampliados aproximadamente 364 m².

As reformas e adequações preveem a divisão da cozinha para implantação de mais um refeitório; reforma e readequação dos sanitários coletivos e adequação do sistema de drenagem de águas pluviais com construção de canaletas e substituição de calhas.

Para o prefeito Luis Henrique Moreira, “por meio da educação é possível promover a redução das desigualdades, a superação sustentável da pobreza e a prevenção da violência. É a política pública mais importante para garantir futuro digno às pessoas, por isso, investimentos no setor são muito importantes e serão uma das prioridades de nossa administração. As obras nessa duas escola de educação infantil já são exemplos de como já estamos olhando com carinho para o setor. Jales possui educação de excelência graças ao esforço de todos os profissionais que se dedicam com afinco, mas nosso objetivo é superar ainda mais essa condição de excelência e referência positiva a nível nacional”.

Luis Henrique agradeceu ao deputado estadual Rafa Zimbaldi, que prontamente atendeu a seu pedido. “Em tempo recorde o meu amigo e deputado Rafa Zimbaldi entendeu nossas necessidades e, reconhecendo a importância da Educação, nos atendeu e viabilizou os recursos necessários para as reformas e ampliação da EMEI. Quero agradecer imensamente em nome de toda a população jalesense por este ato de respeito e amor às nossas crianças que vão utilizar o espaço com segurança e conforto, garantindo bem-estar e qualidade de vida a todos”, finalizou.

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DIVULGA NÚMEROS E BAIRROS MAIS AFETADOS PELA DENGUE

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A Secretaria da Saúde de Jales, por meio da Vigilância Epidemiológica, divulgou o novo boletim que mostra a atual situação da dengue no município. Além dos números de casos registrados, também foi apresentado o resultado da Avaliação de Densidade Larvária (ADL), realizado no mês de janeiro.

Segundo Vanessa Luzia da Silva, coordenadora da equipe municipal de Combate às Endemias, de 01 de janeiro ao dia 02 de março, foram notificados 38 casos em Jales, sendo que três são positivos autóctones e 17 negativos. Os positivados pertencem aos bairros Jardim Pêgolo, Jardim Bom Jesus e Distrito Industrial I.

Em função do período propício ao desenvolvimento do mosquito transmissor de doenças como a Dengue, Zika e Chikungunya, por conta das chuvas e calor típicos dessa época do ano, o setor de Combate às Endemias está alertando a população para que não haja o aumento de criadouros do Aedes Aegypti, e continua realizando visitas aos domicílios procurando possíveis criadouros.

“Devido à pandemia da Covid-19, o Ministério da Saúde orienta aos agentes de combate as endemias que não adentrem mais as residências para verificação de ralos e pontos que podem se tornar criadouros do mosquito. Atualmente estão sendo examinados apenas as áreas fora da casa, como quintais e varandas. Os agentes também não realizam as investigações em casas onde moram apenas idosos, que fazem parte do grupo de risco do novo coronavírus”, ressaltou Vanessa.

Em relação ao Índice de Infestação do Aedes aegypti, obtido com a relação de recipientes com larvas e número de imóveis trabalhados, o resultado geral apresentado foi de número 4, considerado como situação de alerta pelo Ministério da Saúde. Por meio dos dados obtidos nessa avaliação, é possível redirecionar e/ou intensificar algumas medidas ou alterar as estratégias de controle das larvas do mosquito adotadas pelo município.

“O Ministério da Saúde recomenda que o índice não ultrapasse 1, pois acima disso há chances de epidemia de dengue. Em alguns bairros esse índice chegou a 7,7, como por exemplo nas áreas de abrangência das unidades de saúde Uniamérica, Roque Viola e Paraíso”, salientou Vanessa.

A coordenadora da equipe municipal de Combate às Endemias frisou ainda que durante as visitas aos imóveis da cidade, os agentes têm encontrado com frequência objetos como bebedouros de animais, vasos e pratos de plantas, reservatórios de água de chuva, pneus e materiais recicláveis. “É muito importante que a população contribua para eliminar esses recipientes e objetos que servem de criadouro para o mosquito que transmite a dengue e outras doenças”, finalizou Vanessa.

VEREADOR ANTECIPA AO MINISTÉRIO PÚBLICO NOME DE EMPRESA QUE GANHARIA LICITAÇÃO NA PREFEITURA DE JALES. E ACERTA

A Prefeitura de Jales realizou, na sexta-feira, 26, o pregão presencial para contratação de empresa de assessoria e consultoria na área de licitações. A empresa deverá disponibilizar dois funcionários para trabalhar 30 horas semanais no setor de licitações e contratos da municipalidade. É a primeira vez que esses serviços são terceirizados na Prefeitura de Jales.

Quatro empresas, todas de fora de Jales, participaram do certame e, ao final, a vencedora foi a empresa Lupiano Apoio Administrativo Ltda, de Três Fronteiras. As outras três concorrentes eram das cidades de Fernandópolis, Votuporanga e Ribeirão Preto.

A Prefeitura estava disposta a pagar até R$ 17 mil por mês à vencedora, mas, depois de 14 lances, o valor baixou para R$ 9,5 mil mensais, o que resultará em R$ 114 mil por ano, quantia bem superior aos R$ 40 mil/ano que o prefeito Luís Henrique Moreira prometeu economizar com sua “reforma administrativa”.

A Lupiano Ltda foi aberta em 2010, fechada em 2019 e novamente aberta em dezembro de 2020. Seu sócio-proprietário, Olaide Lupiano de Assis, foi o diretor do departamento de compras, licitações e contratos da Prefeitura de Santa Fé do Sul, durante a administração do ex-prefeito Ademir Maschio.

Agora, a novidade: segundo informações obtidas pelo blog, um dos nossos atentos vereadores teria protocolado uma denúncia junto ao Ministério Público de Jales na qual indicava que a ganhadora da licitação seria a empresa Lupiano Apoio Administrativo Ltda. 

Com um detalhe: a denúncia foi protocolada na terça-feira, 23, ou três dias antes da realização do pregão que, repito, ocorreu na sexta-feira, 26. Pelo visto, a bola de cristal do vereador está funcionando bem.

Resta saber, agora, quais serão as providências que o Ministério Público irá tomar. Ressalte-se que o resultado da licitação ainda não foi homologado pelo prefeito. Somente depois da homologação é que o contrato poderá ser assinado.

PREFEITURA PLANTA 6.000 MUDAS DE FLORES NA ROTATÓRIA DA VILA UNIÃO

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A Prefeitura de Jales, desde o dia 04 de janeiro, quando a nova administração assumiu o governo, está promovendo uma intensa campanha de limpeza e manutenção de vias, canteiros, praças e prédios públicos do município. Na terça-feira, dia 23, foi a vez da rotatória que liga as avenidas da Integração, Francisco Jalles e Paulo Marcondes receber benfeitorias. Realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Mobilidade Urbana, o local está recebendo milhares de mudas de flores.

Na terça-feira, dia 23 de fevereiro, foram plantadas aproximadamente 6 mil mudas de Zínias, flores popularmente chamadas de “Capitão”. Segundo a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Sandra Gigante, “o local estava repleto de capim braquiária, deixando aquele bonito espaço, de grande movimento, com aspecto de abandono. O prefeito Luis Henrique nos solicitou que mudássemos o visual daquele lugar e sugeriu o plantio de flores. Optamos pela Zínia, flor rústica que suporta o nosso clima quente e que possui sementes que se propagam com facilidade”.

A secretária Sandra ressaltou ainda que foram plantadas espécies de diversas cores para garantir beleza à rotatória. “Além de um colorido todo especial essas flores atraem borboletas. Todo isso vai levar mais vida àquele espaço”.

Vale destacar que as sementes de Zínia foram doadas pelo produtor Bruno Preto, da propriedade rural e turística Morangos Urânia e produzidas no Viveiro Municipal, sem custos para o município. Tanto a preparação do terreno que recebeu as mudas, quanto o plantio, contou com o apoio dos servidores das secretarias de Meio Ambiente e Infraestrutura. “Quero agradecer a todos os servidores que não estão medindo esforços para deixar Jales mais limpa, bem cuidada e bonita”, disse o secretário Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Manoel de Aro.

O prefeito Luis Henrique Moreira pediu a colaboração da população para manter a cidade bonita e melhor para se viver. “A Prefeitura está plantando essas bonitas flores na rotatória, mudas de árvores frutíferas em praças com o Projeto Colhendo Frutos, realizando limpeza e manutenção em diversos pontos da cidade e executando os cuidados necessários para que elas se mantenham, mas claro que precisamos da ajuda de toda a comunidade para podermos manter nosso município mais bonito e bem cuidado”, destacou.

PREFEITURA ENTREGA KIT MERENDA A ALUNOS DA REDE MUNICIPAL

Da Secretaria Municipal de Comunicação:

Teve início na quarta-feira, 17, a distribuição dos kits merenda aos alunos matriculados na rede municipal de ensino de Jales. Pais e responsáveis têm comparecido aos locais de entrega para efetuar a retirada dos kits e também dos materiais pedagógicos, quando necessário.

Os kits estão sendo entregues em todas as escolas da rede municipal, durante o período de suspensão das aulas e atividades presenciais em decorrência das medidas de prevenção e combate ao contágio da Covid-19, o novo Coronavírus. Para este mês foram adquiridas 2.400 cestas.

Os alimentos foram comprados pela Prefeitura de Jales através de processo licitatório e contam com itens como arroz, açúcar cristal, biscoito maisena, feijão, leite integral, macarrão, óleo, ovos, sal, extrato de tomate e fubá. Neste primeiro mês não estão sendo entregues os produtos de hortifrúti porque a chamada pública ao setor de Agricultura Familiar está em andamento.

“Salientamos que no mês de janeiro não houve distribuição de cestas por se tratar do período de férias escolares. Os kits de alimentação visam complementar a alimentação dos alunos em referência ao período de aulas, em substituição à merenda fornecida pelas unidades escolares”, informou a nutricionista que compõe a equipe de alimentação escolar da Secretaria Municipal de Educação, Ellis Ângela Guedes de Moura.

Nesta quarta-feira, 17 de fevereiro, a distribuição dos kits foi acompanhada pela Secretária Municipal de Educação, Adriana Campos, pela Supervisora de Educação Elaine Magri e pela nutricionista Ellis na Escola Municipal Professora Elza Pirro Viana, que teve como representantes Débora Cândida Pontel e Adriana Feliciana Merotti, respectivamente diretora e vice-diretora da unidade.

DEPOIS DE SUSPENDER FERIADO DE CARNAVAL, PREFEITO LUÍS HENRIQUE VOLTA ATRÁS E DECRETA PONTO FACULTATIVO NESSA TERÇA-FEIRA

O Diário Oficial do Município desta segunda-feira, 15, publicou o decreto nº 8.363, do prefeito Luís Henrique Moreira, que declara ponto facultativo nas repartições públicas municipais no dia 16 de fevereiro de 2021, terça-feira de carnaval. Isso significa que os órgãos municipais estarão fechados amanhã. Apenas as atividades essenciais funcionarão normalmente. 

É o segundo meia volta volver do prefeito. Através do decreto 8.333, ele tinha declarado ponto facultativo nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro, mas, posteriormente, voltou atrás e, através do decreto 8.349, revogou o decreto anterior, cancelando a tradicional folga de carnaval nas repartições públicas.

Agora, depois de as repartições municipais funcionarem normalmente nesta segunda-feira, o prefeito está voltando atrás novamente e decretando ponto facultativo amanhã, 16. 

Para justificar o novo posicionamento, o prefeito Luís Henrique ressaltou que tanto o governo federal, quanto a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), mantiveram o calendário de feriados de carnaval, de forma que as repartições públicas federais e os bancos permaneceriam fechados nos dias 15 e 16.

SECRETARIA DE AGRICULTURA VAI À POLÍCIA CIVIL E DENUNCIA DESCARTE IRREGULAR DE EMBALAGENS DE AGROTÓXICOS

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A Polícia Civil do Município de Jales e representantes da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, estiveram na terça-feira, dia 04, na estrada municipal JAL 350, no Córrego do Açoita Cavalo, para averiguar denúncia de descarte irregular de embalagens de agrotóxicos naquele local. A denúncia foi feita à Secretaria de Agricultura pelos moradores que residem nas proximidades do bairro.

Diversas embalagens foram encontradas e, após registro de Boletim de Ocorrência na Polícia Civil, seguindo orientação da Coordenadoria de Defesa Agropecuária Estadual, foram recolhidas, acondicionadas corretamente e descartadas em locais indicados pelo órgão.

De acordo com a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Sandra de Lima Gigante, “essa já não é a primeira vez que esse tipo de crime ambiental ocorre em nossas estradas. Descarte irregular de lixo é crime ambiental (Lei Federal 9.605 de 12 de fevereiro de 1998), tanto para zona urbana como para zona rural”.

A perícia da Polícia Civil irá investigar o caso para identificar o responsável pelos danos ambientais, levando em consideração que foram encontrados dois lotes do produto impressos nas embalagens utilizadas para o acondicionamento.

PRIMEIRA-DAMA E VICE-PREFEITA TESTAM POSITIVO PARA COVID E PREFEITO TERÁ QUE CUMPRIR ISOLAMENTO DOMICILIAR

O presidente da Câmara, Bismark Kuwakino, deverá assumir interinamente a Prefeitura. A notícia está pendurada no portal do Matheuzinho, o FocoNews:

A Prefeitura de Jales informou no inicio da tarde desta terça-feira, 9 de fevereiro, que a autoridade máxima do município, o prefeito Luís Henrique Moreira, cumprirá isolamento domiciliar nos próximos dias.

A informação é de que  a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Jales, Alziane Rossafa Moreira, testou positivo para a Covid-19. Ela passa bem e está em isolamento domiciliar. Já Luis Henrique testou negativo e, por recomendação médica, também cumprirá o isolamento domiciliar.

Em tempo: a vice-prefeita Marynilda Cavenaghi seria a substituta natural do prefeito, durante o período em que LH estará em quarentena, mas, informações veiculadas no final da tarde desta terça-feira dão conta de que ela testou positivo para a covid e também cumprirá isolamento domiciliar por alguns dias. 

A primeira-dama e a vice-prefeita não foram as únicas contaminadas pelo coronavírus no primeiro escalão da Prefeitura. O chefe de gabinete do prefeito LH, José Ângelo Caparroz Vieira, também testou positivo. José Ângelo é casado com a diretora da Secretaria de Comunicação, Ana Carla Bologna, o que nos leva a crer que, tanto ela, quanto o pessoal daquela Secretaria, também terão que curtir uma quarentena.

É importante ressaltar que a primeira-dama Alziane, a vice-prefeita Marynilda e o chefe de gabinete José Ângelo passam bem.

CARLINHOS ALTIMARI ASSUME SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Na última segunda-feira, dia 08 de fevereiro, o empresário Carlos Roberto Altimari assumiu o cargo de secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo na Prefeitura de Jales. Carlinhos, como é conhecido, aceitou o convite feito pelo prefeito Luis Henrique Moreira e pela vice-prefeita Marynilda Cavenaghi.                

Nascido em Jales, Carlinhos foi emancipado aos 16 anos para se tornar empresário. Hoje é proprietário da loja Algo Mais, tradicional estabelecimento que há 33 anos atua no comércio de calçados, roupas e acessórios. Ficou conhecido por sempre buscar melhorias para o desenvolvimento do município. Foi presidente da Associação Comercial e Industrial de Jales (ACIJ) entre os anos 2014 a 2018, prestando diversos serviços voltados para os empresários da cidade. Carlinhos também foi integrante do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CONDEJ). 

Em sua gestão como presidente da ACIJ conquistou para Jales serviços e órgãos como a JUCESP (Junta Comercial do Estado de São Paulo), SEBRAE e outros que colaboraram para o desenvolvimento e crescimento do município, fortalecendo a classe empresarial. 

“Agradeço o convite do prefeito Luis Henrique e da vice-prefeita Marynilda, que confiaram a mim essa responsabilidade. Será um grande desafio. Acredito que fui convidado em função de sempre ter trabalhado em prol do crescimento e desenvolvimento de nossa cidade. Quando presidente da ACIJ, realizamos importantes ações e conquistamos diversos serviços para Jales, sempre trabalhando com dedicação e afinco”, ressaltou o secretário Carlinhos Altimari. 

O secretário disse ainda que “iniciei o trabalho no sentido de retomada de organização dos distritos industriais, porque vamos apoiar nossos micro e pequenos empresários, trazê-los para a formalidade, iremos ainda atrair novas empresas para Jales porque é preciso gerar oportunidade de trabalho e renda para as pessoas. Também fortaleceremos parcerias com o SEBRAE, SENAI, SESI, SENAR, entre outros órgãos e serviços que possam colaborar para que Jales se desenvolva. Vamos ainda fomentar o turismo, fortalecendo vertentes como turismo rural, de saúde, o comércio, rede hoteleira, entre outros”. 

Entre as principais atribuições da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo pode-se destacar as seguintes: aperfeiçoar, ampliar, planejar e apoiar as relações do município com as  empresas, entidades públicas e privadas; promover ações e serviços que estimulem e incentive o desenvolvimento econômico do município; fiscalizar atividades desenvolvidas em parques e distritos industriais; planejar e implementar políticas municipais de turismo, além de fomentar ações que desenvolvam o setor. 

Para o prefeito Luis Henrique Moreira, “temos muito trabalho pela frente nessa pasta, mas o convite foi feito ao Carlinhos Altimari, porque é um profissional dedicado, competente e que muito já contribuiu para o desenvolvimento da cidade quando presidiu a ACIJ e foi membro do CONDEJ. Confio em seu trabalho e desejo sucesso à frente dessa importante secretaria”.

PREFEITURA DE JALES VAI TERCEIRIZAR SETOR DE LICITAÇÕES

A Prefeitura de Jales publicou hoje, no Diário Oficial do Estado (DOE), um aviso de licitação que vai dar o que falar. O objetivo é a “contratação de empresa especializada para prestação de serviços de assessoria e consultoria técnica administrativa, na área de licitações e contratos”. Ou seja, o prefeito está terceirizando o setor de licitações.

Segundo o blog apurou, Luís Henrique está disposto a pagar até R$ 17 mil por mês para a empresa que se dispuser a prestar o serviço. Cerca de R$ 200 mil por ano, muito mais que a economia de R$ 40 mil por ano proporcionada – supostamente – pela tal “reforma administrativa” do prefeito.

A iniciativa é curiosa, na medida em que o prefeito assumiu o cargo falando em economia e agora está dando um chega pra lá em servidores concursados e  qualificados, para contratar uma empresa.

Os mais apressados dirão que LH está certo, tendo em conta que tivemos problemas com algumas empresas que ganharam licitações na Prefeitura de Jales e depois demonstraram que não tinham condições de realizar as obras para as quais foram contratadas. É o que está ocorrendo, por exemplo, no Jardim do Bosque e no Parque das Flores.

É preciso deixar claro, no entanto, que isso não ocorre por culpa dos servidores do setor de licitações, que, repito, são qualificados. O problema, na maioria dos casos, está na Lei de Licitações que, em nome da ampla concorrência, proíbe a inclusão, no edital, de cláusulas restritivas que poderiam impedir a participação de empresas, digamos assim, despreparadas.

Resta saber se a assessoria que será contratada pelo prefeito irá assumir responsabilidades, ou se irá atuar nas sombras, apenas mexendo pauzinhos e dando palpites, enquanto os servidores de carreira colocarão o deles na reta, assinando editais, realizando pregões e participando da comissão de licitações.

A contratação de empresas especializadas na área de licitações ocorre muito em pequenos municípios, que não investem na capacitação de seus servidores. Não é o caso de Jales. A Prefeitura de Jales – eu já disse isso aqui – foi a primeira da região, por exemplo, a adotar o sistema de pregão, uma modalidade de licitação muito mais transparente, que inibe fraudes.

Em 2017, houve uma tentativa de contratação de uma empresa especializada para dar assessoria na área financeira, mas, depois de ir parar no Ministério Público, o assunto foi arquivado. Naquela ocasião, coube ao vereador Tiago Abra levar o caso ao MP. Vamos ver, agora, se haverá algum vereador disposto a ouvir a opinião dos promotores sobre a iniciativa do prefeito.

1 2 3 176