Arquivos mensais: setembro 2021

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, a principal manchete destaca que a Santa Casa de Jales completou 20 dias sem registrar internações de pacientes com a covid-19. Da mesma forma, de acordo com boletim de dados distribuído pela Vigilância Epidemiológica não foram registradas internações de moradores de Jales em hospitais da região. O mesmo boletim, divulgado na sexta-feira, 24, está informando que o resultado do exame do óbito suspeito de uma mulher de 89 anos, registrado na quinta-feira, 23, deu negativo. Com isso, Jales continua sem registrar um único óbito em consequência da pandemia de coronavírus durante o mês de setembro. No mesmo período, foram confirmados apenas 86 casos positivos da doença, em Jales.

Destaque, igualmente, para a campanha “Corrente do Amor”, do Hospital de Amor de Barretos, que, além de permitir a qualquer pessoa fazer doações em favor do hospital, ainda oferece a oportunidade de concorrer a prêmios valiosos como, por exemplo, o veículo Jeep Renegade que será sorteado no dia 30 de outubro. As unidades do Hospital de Amor, com 5.300 colaboradores e 380 médicos realizaram, em 2020, mais de 910 mil atendimentos de forma totalmente gratuita a pacientes de todo o Brasil. Por conta disso, acumulou um deficit operacional mensal de mais de R$ 36 milhões, daí porque necessita de doações.

Na coluna FolhaGeral, o imperecível redator-chefe Roberto Carvalho, o Pestinha, repercute comentários que estariam correndo nos bastidores da política local, dando conta de que dois expoentes políticos do Partido Progressista (PP) de Jales estariam propensos a deixar a sigla, visando o pleito municipal de 2024. Roberto não dá pistas sobre quem seriam os dois expoentes, mas o PP tem, entre seus filiados, a vice-prefeita Marynilda Cavenaghi e os vereadores Rivelino Rodrigues e Ricardo Gouveia. De outro lado, o colunista comenta que as matildes estão dando como certa, também, a saída de um proeminente político do PSDB, que não estaria se sentindo confortável no ninho tucano.

REINO UNIDO DIZ QUE BOLSONARO MENTIU SOBRE REUNIÃO COM BORIS JOHNSON

O Bozo é mesmo um mentiroso compulsivo. Deu no portal da revista Fórum:

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) declarou em live realizada nesta quinta-feira (23) que o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, lhe pediu um acordo “emergencial” para diminuir a escassez de um produto alimentício não especificado. Porém, o gabinete de Johnson desmentiu tal afirmação.

Bolsonaro e Johnson se encontraram durante o primeiro dia da Assembleia Geral das Nações Unidos, reunião esta que o primeiro-ministro britânico não compartilhou em suas redes.

De acordo com a BBC Brasil, o entendimento é “que o governo britânico trata as declarações de Bolsonaro como falsas” e tal pauta não foi tratada em reunião.

“Ele quer um acordo emergencial conosco para importar algum tipo de mantimento nosso que está em falta na Inglaterra. Então, a inflação veio para todo mundo depois do ‘fique em casa, a economia a gente vê depois’, e alguns países estão com falta de alimento. Essa batata eu já passei lá pra dona Tereza Cristina (ministra da Agricultura)”, declarou Bolsonaro na live.

Ao contrário do que o presidente busca fazer crer, o primeiro-ministro Boris Johnson, após defender, no começo da pandemia, a imunidade de rebanho, voltou atrás e fez campanha massiva em torno do “Stay home” (Fique em casa, em português).

Atualmente, o Reino Unido passa por uma crise de abastecimento, todavia, o Reino Unido nega que tal assunto tenha sido tratado durante a reunião com Bolsonaro.

ALEXANDRE GARCIA É DESMENTIDO AO VIVO MAIS UMA VEZ NA CNN. E DEMITIDO NO FINAL DO DIA

Esta é a terceira vez que o porta-voz do Bozo é desmentido ao vivo pela empresa em que trabalha. Agora ele já pode pedir música no Fantástico. Sem contar que o jornalista Rafael Colombo pediu para sair do quadro do qual participava junto com Alexandre Garcia, por não suportar mais ter que ouvir as besteiras do ex-urubólogo.

Deu no Brasil 247:

O jornalista bolsonarista Alexandre Garcia, em participação no quadro da CNN Brasil “Liberdade de opinião”, foi desmentido ao vivo nesta sexta-feira (24) após defender novamente o suposto “tratamento precoce” contra a Covid-19. Garcia ainda saiu em defesa da Prevent Senior, investigada pela CPI da Covid por, de acordo com acusações, manipular números de mortos e internados em decorrência do coronavírus.

O jornalista e comentarista político disse que o “tratamento precoce” e o ‘kit Covid’, utilizados pela Prevent Senior, teriam salvado milhares de vidas.

A jornalista Elisa Veeck, que conduz o quadro, destacou que as alegações de Garcia não têm base científica.

“Reitero sempre para vocês que nos acompanham que as opiniões emitidas pelos comentaristas do quadro não refletem necessariamente a posição da CNN. E mais um acréscimo aqui neste fim do quadro de hoje, a CNN ressalta que não existe um tratamento precoce comprovado cientificamente para prevenir a Covid-19. O que a ciência mostra é que a prevenção, com o uso de máscaras e a vacinação, são as únicas maneiras de combater a pandemia”, disse Elisa.

Na quinta-feira, o nome de Alexandre Garcia se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter. Na ocasião, internautas cobravam a CNN pela demissão do funcionário.

Post Scriptum: Notícia divulgada pelo portal UOL na noite desta sexta-feira informa que Alexandre Garcia foi demitido pela CNN. Segundo o UOL, a emissora divulgou uma nota na noite de hoje deixando bem claro que “a rescisão foi tomada especificamente pelas posições do comentarista, que vão contra a ciência”.

 

LUÍS HENRIQUE É CONDENADO EM BURITAMA, POR DANOS AO ERÁRIO PÚBLICO

O juiz da 1ª Vara Cível de Buritama, Marcílio Moreira de Castro, julgou procedente a ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público, em 2014, acusando 15 funcionários ou ex-funcionários – todos advogados – e 03 ex-prefeitos daquela cidade de causar danos ao erário público municipal.

Um dos 15 advogados condenados é o atual prefeito de Jales, Luís Henri que Moreira(PSDB), que atuou como procurador jurídico da Prefeitura de Buritama. Juntos, os 15 causídicos terão que devolver pouco mais de R$ 306 mil aos cofres municipais, devidamente acrescidos de juros e correção monetária. O valor que caberá a Luís Henrique devolver não é, no entanto, dos mais expressivos: apenas R$ 4 mil.

Além dos 15 advogados, também foram condenados três ex-prefeitos de Buritama, que terão de devolver outros R$ 306 mil. Luís Henrique e os outros 14 advogados atuaram como procuradores jurídicos da Prefeitura de Buritama, nos mandatos dos ex-prefeitos Messias Ferreira Mendes, Nelson José Feroldi e Izair dos Santos Teixeira. Os advogados foram acusados de receber duas gratificações ilegais durante o período em que serviram à municipalidade.

Uma das gratificações acrescidas aos salários dos advogados era paga sob o argumento de que eles ficavam 24 horas por dia à disposição do município. Sabe-se, no entanto, que todo servidor nomeado em cargo de confiança fica, automaticamente, à disposição do município por 24 horas/dia.

A outra gratificação era paga aos advogados por possuírem curso de nível superior. Mas tem jeito de ser advogado sem possuir curso superior? Claro que não! E quem assume cargo que exige formação em nível superior, não tem direito a gratificação por isso.

Detalhe: o juiz de Buritama cita, em sua sentença, palavras do jalesense Márcio Martins Camargo, conselheiro substituto do Tribunal de Contas do Estado, deixando claro que esse tipo de gratificação “deve ser vista como um incentivo àqueles que não possuem nível superior, para que estudem e se aperfeiçoem”.

Por fim, é sempre importante ressaltar que se trata de condenação em primeira instância, o que significa que Luís Henrique – e os demais condenados – ainda poderão recorrer às instâncias superiores para tentar se livrar da devolução do dinheiro.

RECAPEAMENTO DA VICINAL JALES-DIRCE REIS VAI CUSTAR R$ 16,3 MILHÕES

Internautas registraram em suas redes sociais, no início desta semana, a visita que técnicos da empresa Coplan – Construtora Planalto Ltda fizeram à vicinal que liga Jales a Dirce Reis, indicando que o início das obras de recuperação da estrada deverá ocorrer nos próximos dias.

A Coplan foi a vencedora da concorrência pública aberta pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER) do estado, para execução dos serviços de recuperação dos vinte quilômetros de asfalto da vicinal JAL-040. O contrato, no valor de R$ 16.295.527,13, foi assinado na terça-feira, 13.

Para quem não sabe, a JAL-040 é formada pelos 09 quilômetros da vicinal “Vitório Prandi”, pertencentes a Jales, e os 11 quilômetros da vicinal “Raphael Cavalin”, pertencentes a Dirce Reis. 

INTERNAUTAS QUESTIONAM CNN POR EMPREGAR ALEXANDRE GARCIA

Eu não perdi tempo ouvindo o discurso do Bozo na ONU, mas, segundo li e ouvi na imprensa, foi uma porcaria. Para o baba-ovos oficial, no entanto, foi um “discurso de estadista”. Deu no Brasil 247:

O nome de Alexandre Garcia é um dos assuntos mais comentados na rede social Twitter nesta quinta-feira (23) após o bolsonarista propagar mais mentiras em seu quadro de opinião na CCN Brasil. Desta vez, ele saiu em defesa do empresário Luciano Hang, que explorou a morte da própria mãe dizendo que morreu por não ter utilizado o tratamento preventivo, o que era falso.

Internautas apontam que liberdade de expressão é diferente de propagação de mentiras e desinformações, e questionam como a CNN Brasil ainda emprega o bolsonarista, que já disparou diversas fake news em seu quadro de opinião.

 

TRÊS IRMÃOS QUE RECUSARAM VACINA CONTRA COVID MORREM EM INTERVALO DE OITO DIAS

A notícia é do G1:

Três irmãos agricultores morreram por Covid-19 em um intervalo de oito dias em São João do Sul, no Sul catarinense. Eles não estavam imunizados contra a doença, segundo a prefeitura da cidade.

Uma mulher de 53 anos, que era a mais velha, e um homem de 48, o mais novo do trio, morreram no dia 13 de setembro. Nesta terça-feira (21), a outra irmã, uma mulher de 51 anos faleceu. Os três foram sepultados no cemitério do município.

Segundo a secretária de saúde de São João do Sul, Rejane Elíbio de Borba, Valdir, Deneci e Denilde Carboni Pedro, de 48, 51 e 53 anos foram procurados pelas equipes de saúde diversas vezes para serem imunizados contra a doença. A família nega que a pasta tenha entrado em contato.

“Em função disso eles foram contaminados. Os três acabaram internados e os sintomas não pararam de evoluir. Eles foram levados para a UTI e depois intubados. Dois deles morreram no mesmo dia”, disse a secretária.

A última vítima ficou hospitalizada por 21 dias. Ela teve problemas renais e chegou a ser submetida a traqueostomia.

Na cidade, 17 pessoas morreram por complicações da doença até esta quarta-feira (22). Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Segundo o cronograma estadual de vacinação, no momento das mortes os irmãos poderiam estar completamente imunizado quando contraíram a doença.

De acordo com a prefeitura, familiares que também tinham negado a imunização, procuraram o posto de saúde após as mortes. Conforme a secretária de saúde, o caso é considerado atípico no município.

“NÃO QUERER TOMAR VACINA PODE ESTAR LIGADO AO FATO DE NÃO FAZER SEXO”, DIZ ESCRITORA

A modelo e escritora, Amber Sweetheart, está atualmente trabalhando no pré-lançamento de seu primeiro livro, ‘Bíblia do Sexting’, um livro-guia que promete ser o mais completo sobre a prática no mundo, com data de lançamento prevista para o primeiro semestre de 2022.

Em sua conta no Instagram, após descobrir sobre os elevados números do movimento contra vacina no mundo, desabafou: “a total falta de sexo aliado a falta de felicidade com o próprio corpo que leva as pessoas a nem mesmo trocar mensagens de cunho sexual com o parceiro ou terceiros, pode ser uma explicação para pessoas que não querem tomar vacina”.

“Se você está feliz fazendo sexo, ou mesmo trocando mensagens sexy no caso do sexting, você é uma pessoa completamente realizada não tem tempo pra pensar em algo tão estúpido, como não tomar vacina”, afirma a escritora.

Amber ainda fez um apelo aos líderes mundiais que tem uma postura anti-vacina, como o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro: “Leiam o meu livro, vocês precisam de sexo, mesmo que virtual em suas vidas para que possam liberar oxitocina – um importante hormônio que deixa a pessoa feliz. Pessoas felizes tomam decisões melhores e não inventam coisas ridículas que machucam o seu próprio povo”.

MÉDICO QUE DENUNCIOU PREVENT SÊNIOR DIZ TER SIDO AMEAÇADO PELO DIRETOR DA EMPRESA

A notícia é do jornal cearense O Povo:

Um médico que denunciou a Prevent Senior por prescrever a pacientes medicamentos do chamado “kit Covid” diz ter sido ameaçado e coagido por Pedro Benedito Júnior, ex diretor-executivo da operadora de plano de saúde. O médico gravou a conversa telefônica com Batista Júnior, após ter relatado à imprensa irregularidades da empresa, sob condição de anonimato.

O ex-diretor da Prevent Senior está sendo ouvido nesta quarta-feira, 22, pela CPI da Covid. Seu depoimento à Comissão acontece após as denúncias contra a operadora de plano de saúde sobre uma possível pressão para que os médicos conveniados prescrevessem remédios do chamado “tratamento precoce” contra Covid-19, sem eficácia comprovada.

Um dos médicos que realizou as denúncias contra a operadora de plano de saúde gravou uma ligação com o diretor e relata o “tom de intimidação” usado por Batista Júnior. De acordo com o ex-funcionário, o objetivo do telefonema foi coagi-lo para que ele convencesse um jornalista a voltar atrás em uma reportagem sobre o “kit Covid” e a Prevent Senior.

A conversa telefônica se deu no dia 9 de abril deste ano, após o profissional ter dados os depoimentos. No áudio, o diretor-executivo indica que irá prejudicar o médico profissionalmente e menciona que o ex-funcionário iria “expor sua filha, sua família”.

Batista Júnior pede ao ex-funcionário para retirar as denúncias feitas à imprensa, contra a Prevent Senior e aponta que o médico “tem muito a perder”. Ele diz que o médico “fez a vida” na Prevent. O diretor-executivo também afirma que irá expor prontuários de pacientes tratados pelo profissional, a fim de mostrar quantos foram para a UTI. “E sabe o que eu vou provar? Eu vou provar que você mentiu. Vou provar que você é um cara antiético”, disse na ligação.

O médico chega a questionar quais as denúncias existiam contra ele e qual teriam sido suas ações antiéticas no período de trabalho. Batista Júnior afirma que “agora não interessa mais”. “Agora não é mais problema seu. Agora é um problema do mundo, que você jogou pra cima. Entendeu? E você vai sujar o seu nome”, respondeu o então diretor-executivo da operadora de plano de saúde.

Em uma nota, a assessoria da Prevent Senior declarou que “o dr. Pedro Batista Júnior nega qualquer ameaça a colegas”. O processo está em andamento no Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) e a operadora de plano de saúde pediu ao conselho que abrisse sindicância “para fins de investigação dos responsáveis pelo compartilhamento indevido de prontuários”.

O médico prestou boletim de ocorrência contra Batista Júnior, após a ligação. O áudio da conversa e os documentos sobre o caso estão entre os arquivos sigilosos da CPI da Covid e foram obtidos pela Folha de S.Paulo.

TJ-SP VAI EXIGIR COMPROVANTE DE VACINA PARA ENTRAR EM PRÉDIOS DA JUSTIÇA ESTADUAL

De acordo com a portaria 9998/21, a partir da semana que vem só entra nos fóruns de SP quem estiver vacinado ou apresentar laudo médico que justifique a não vacinação. A notícia é do portal JOTA:

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), Geraldo Francisco Pinheiro Franco, determinou, em portaria publicada nesta terça-feira (21/9), a exigência de comprovante de vacinação contra a Covid-19 para entrar em prédios do tribunal a partir da próxima segunda-feira (27/9).

A obrigação será de, ao menos, a primeira dose da vacina — considerado o calendário de vacinação — e vale para todos: servidores, membros do Ministério Público, defensores públicos, advogados, estagiários, funcionários de restaurantes, bancos, lanchonetes e público em geral. A medida vale apenas para maiores de 18 anos.

Serão considerados válidos para a comprovação o certificado digital de vacina do Sistema Único de Saúde (disponível na plataforma Conecte SUS) e comprovante/caderneta/cartão de vacinação impresso em papel timbrado.

Nos casos de audiências ou outros atos processuais previamente designados, o magistrado responsável será imediatamente comunicado do impedimento de ingresso de quem deles participaria, definiu Franco.

O presidente determinou que caberá ao setor de administração predial a adoção das providências necessárias para cumprir o ato, controlando a entrada do público nas dependências do TJ mediante apresentação de comprovante vacinal juntamente com documento oficial com foto.

Se alguém tiver contraindicação à vacina, deverá apresentar relatório médico, justificando o motivo de não poder se vacinar, ordenou a portaria.

1 2 3 7