CARLA ZAMBELLI ESPALHA FAKE NEWS SOBRE LULA “SATANISTA”

A deputada embusteira e propagadora de fake news foi a mais votada em Jales. Nesses 26 dias que faltam para a eleição de segundo turno a mentira, com Carla Zambelli à frente, vai correr solta. Deu no DCM:

A deputada federal reeleita Carla Zambelli (PL) e o senador eleito por Minas Gerais, Cleitinho (PSC), ambos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), compartilharam uma fake news em que alega que o ex-presidente Lula (PT) é satanista.

Vídeos falsos têm circulado em canais do Telegram e grupos de WhatsApp como estratégia para criminalizar o petista com religiosos. Nas imagens, um homem identificado como Vicky Vanilla, que se diz satanista, aparece com uma camisa vermelha com a estrela do PT e os dizeres “O voto é secreto”, além de uma bandeira de Lula.

Cleitinho usa um dos vídeos de Vanilla para incentivar que cristãos saiam de casa para apoiar Bolsonaro no segundo turno.

“Cristão, se levanta, não fica em cima do muro, a gente precisa agora se levantar. O Estado é laico mas mais de 90% da população é cristã. Para fazer com cristão vocês vão ter que passar por cima de mim”, afirmou. “Então, gente, viraliza esse vídeo no WhatsApp, chama aquela pessoa que está em dúvida, que para presidente é o Bolsonaro”.

Zambelli, por sua vez, afirmou, ao compartilhar o vídeo, que as eleições estão em uma “guerra espiritual”. “É o bem contra o mal! Que Deus nos abençoe e nos livre de toda maldade”.

Um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), também divulgou o material em seu canal pessoal no Telegram.

Ontem (03), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) multou em R$ 15 mil o site Antagonista e bolsonaristas por publicações fazendo referência a Marcola, apontado como líder da facção criminosa PCC, e Lula. A multa foi aplicada pelo ministro Alexandre de Moraes.

O Tribunal prometeu ser implacável contra fake news durante as eleições deste ano. No entanto, até o momento, ninguém foi punido pelas fake news sobre o ex-presidente ser satanista.

JALES COMEÇA A APLICAR VACINAS CONTRA MENINGITE E HPV

Da Secretaria Municipal de Comunicação:

O Ministério da Saúde ampliou as ofertas das vacinas do Calendário Nacional de Imunização e as unidades de saúde de Jales com sala de vacinação já começaram a aplicar as doses contra a Meningite Acwy (reforço); Papilomavírus Humano (HPV); Meningite C, além das doses contra a covid-19. O objetivo é garantir maior proteção contra as doenças.

Já podem receber a vacinação contra a Meningite Acwy (reforço): crianças e adolescentes (meninos e meninas) de 11 a 14 anos; contra o Papilomavírus Humano (HPV): crianças e adolescentes (meninos) de 9 a 14 anos (lembrando que as meninas já são imunizadas dentro desta faixa etária) e contra a Meningite C: profissionais de saúde.

Crianças de 3 e 4 anos também já podem ser vacinadas com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19 e a quarta dose já está liberada o público-alvo acima de 18 anos.

Para se imunizar, a população pode procurar as unidades de saúde dos seguintes bairros com sala de vacinação: Roque Viola, Arapuã, Novo Mundo, Municipal, São Jorge, Jacb e Núcleo Central de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Os documentos necessários são: CPF, cartão SUS e carteira de vacinação.

De acordo com a enfermeira responsável pelo setor de imunização do município, Renata Rachieli, “para receber o imunizante, basta procurar a unidade de saúde (com sala de vacinação) mais próxima de sua residência, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h para garantir a proteção de toda a família. A vacinação é o meio mais efetivo para controle e eliminação de doenças que podem ser prevenidas”.

LULA GANHOU EM SEIS CIDADES DA REGIÃO. E ENTRE AS PRINCIPAIS CIDADES, JALES É A MAIS BOLSONARISTA

O ex-presidente Lula foi o mais votado em pelo menos seis municípios da nossa região. A vitória mais expressiva de Lula foi em Dolcinópolis (foto acima), onde ele conseguiu 59,59% dos votos, contra 35,13% de Bolsonaro.

As outras cidades onde Lula foi o vencedor são Dirce Reis (46,68% para Lula e 45,16% para Bolsonaro), Indiaporã (47,66% x 45,91%), Pontalinda (50,25% x 44,77%), Populina (54,63% x 39,09%) e Turmalina (51,21% x 41,29%).

Em Aparecida D’Oeste, onde a professora petista Vanda Spínola faz um excelente trabalho de conscientização, o resultado foi apertado, com 49% para Bolsonaro e 46,25% para Lula. 

Entre as principais cidades da região, Jales é a mais bolsonarista, com 62,41% dos votos. E Fernandópolis é a menos bolsonarista. Por lá, o Bozo alcançou 56,44%. Assim como Jales, em Rio Preto, Mirassol, Tanabi, Votuporanga e Santa Fé do Sul, os eleitores deram mais de 60% dos votos a Bolsonaro.

Eis os percentuais de Bolsonaro e Lula nas principais cidades da região:

Jales:  62,41% x 29,63%

Fernandópolis: 56,44% x 35,69%

Votuporanga: 62,07% x 29,71%

Santa Fé do Sul: 62,36% x 29,88%

Mirassol: 61,45% x 29,97

Tanabi: 60,63% x 32,48%

Rio Preto: 60,91% x 29,34%. 

COM 57 MILHÕES DE VOTOS, LULA REGISTRA O MELHOR DESEMPENHO DA HISTÓRIA PARA UM PRIMEIRO TURNO

Bolsonaro só não foi despachado pra casa já no primeiro turno graças ao interior de São Paulo. Na capital paulista, ele teve 37,99% dos votos, quase 10% a menos que Lula, que alcançou 47,54%. Deu no Brasil 247:

A votação obtida nesse domingo (2) pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com mais de 57 milhões de votos, foi a maior já registrada por um candidato no primeiro turno da eleição presidencial. Em São Paulo, o petista registrou 47,5% dos votos do eleitorado da capital paulista.

Esse resultado também foi o melhor desempenho de Lula no município de São Paulo, desde o pleito de 1989. Até o domingo, o melhor resultado de Lula em um primeiro turno na capital paulista havia sido em 2002, quando ele registrou 42% dos votos válidos e José Serra (PSDB) ficou com 30,7%. 

Em comparação com 2018, quando o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) disputou a eleição presidencial, Lula registrou 25 milhões de votos a mais para o Partido dos Trabalhadores. Na época, Haddad – que atualmente disputa o governo de São Paulo – obteve cerca de 31,3 milhões de votos, no primeiro turno.

Nesta eleição, Jair Bolsonaro (PL) teve mais de 51 milhões de votos, 1,3 milhão a mais que em 2018, quando registrou 49,3 milhões de votos a seu favor. O resultado é o segundo melhor da história para um primeiro turno. 

ANALICE FERNANDES, CARLÃO PIGNATARI, ITAMAR BORGES E FAUSTO PINATO SÃO REELEITOS.

O PL, do presidente Bolsonaro foi o partido que mais elegeu deputados estaduais em São Paulo, com 19 eleitos. De seu lado, o PT, do ex-presidente Lula veio em seguida com 18 deputados estaduais eleitos para a Assembleia Legislativa de São Paulo. Eduardo Suplicy foi o mais votado, com 807.015 votos, 423 deles em Jales.

O PSDB elegeu 07 deputados estaduais, entre eles a nossa conterrânea Analice Fernandes, que obteve 90.135 votos, e o votuporanguense Carlão Pignatari, com 105.245 votos. Já o MDB elegeu apenas 04 deputados para a Assembleia Legislativa de São Paulo. Itamar Borges, com 183.480 votos foi o mais votado do partido.

Para conferir os 94 deputados estaduais eleitos ontem, clique aqui.

São Paulo, como já ocorre há muito tempo, elege 70 deputados para nos representar na Câmara Federal, em Brasília. Neste ano, o mais votado foi Guilherme Boulos(PSOL), com 1.001.472 votos, seguido pela Carla Zambelli(PL), com 946.244 votos.

Tiririca(PL), foi o 70º deputado – ou seja, o último – eleito por São Paulo, com 71.754 votos, 72 deles em Jales. Já o nosso conhecido Fausto Pinato foi um dos 04 deputados eleitos pelo PP. A exemplo de Tiririca, ele quase ficou de fora, já que foi 68º eleito. Pinato foi o segundo mais votado em Jales, com 2.027 votos e, no total, obteve 72.169 votos.

O PL terá a maior bancada de São Paulo na Câmara Federal, com 17 deputados. O PT mandará para Brasília 11 deputados paulistas, entre eles o mais votado do partido em Jales, Nilto Tatto, que teve 673 votos por aqui e 151.861 no total.

A conja Rosângela Moro, que teve 270 votos em Jales foi uma das eleitas pelo UNIÃO BRASIL, com 217.170 votos, enquanto a cloroquinista Nise Yamaguchi não se elegeu, mas ganhou o voto de 235 jalesenses. No estado, ela conseguiu 36.690 votos.

E quem não conseguiu se reeleger foi a tucana Joice Hasselman que, em 2018, foi uma das mais votadas do estado, com mais de um milhão de votos e, neste ano, foi lembrada por apenas 13.679 eleitores. Em Jales, Joice teve 1.199 votos em 2018 e, em 2022, obteve apenas 09. Isso mesmo: nove.

O senador José Serra(PSDB), que já foi candidato a presidente, tentou uma vaga de deputado federal, mas também não conseguiu. E os cariocas Eduardo Cunha e Cris Brasil, a filha do Roberto Jeferson, que concorreram por São Paulo, também não conseguiram se eleger. Por sinal, o partido deles, o PTB, não elegeu nenhum deputado federal por São Paulo.

Para conferir a relação dos 70 deputados federais eleitos por São Paulo, clique aqui.

JALESENSES CARLA AYRES E DELEGADA FERNANDA LIMA FICAM NA SUPLÊNCIA EM SEUS ESTADOS

Pelo menos três jalesenses participaram das eleições de ontem em outros estados. É o caso da petista Carla Ayres, que foi candidata a deputada federal pelo estado de Santa Catarina. Ela foi a terceira candidata mais votada em Florianópolis, onde é vereadora, com 18.859 votos. Em todo o estado, ela obteve 39.609 votos e ficou na suplência.

Já a delegada Fernanda Lima (Solidariedade), que é delegada civil e vereadora em Formosa (GO), foi a segunda mais votada em sua cidade, onde obteve 12.099 votos. O problema é que no restante do estado ela não foi muito bem e terminou com 14.030 votos, 463 deles na capital Goiânia. Fernanda também será suplente de deputada em seu partido.

O advogado Juliano Matos, que era aqui de Jales e, atualmente, mora em Goiás, não foi bem nas urnas daquele estado. Ele também concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa de Goiás, mas ficou bem longe de conseguir. Juliano teve apenas 26 votos em Goiânia, a capital do estado e, no total, obteve 336 votos em todo o chão goiano. 

62,41% DOS ELEITORES JALESENSES VOTARAM EM BOLSONARO. E 29,63% EM LULA

Os jalesenses praticamente repetiram a votação de 2018 em Jair Bolsonaro e, nestas eleições, deram 17.315 votos ao atual presidente, 62,41% dos votos válidos. E pelo menos 12 jalesenses brincalhões votaram no Padre Kelmon.

E numa demonstração de que Jales é uma cidade bolsonarista, os eleitores deram 53,90% dos seus votos a governador para Tarcísio de Freitas, que nem mora em São Paulo. Da mesma forma, a maioria do nosso eleitorado – 63,76% – votou no astronauta para senador.

Presidente:

Jair Bolsonaro (PL) – 17.315

Lula (PT) – 8.221

Simone Tebet (MDB) – 1.426

Ciro Gomes (PDT) –  565

Governador:

Tarcísio de Freitas (REP) – 13.765

Fernando Haddad (PT)  – 5.829

Rodrigo Garcia (PSDB) –  5.595

Senador:

Marcos Pontes (PL) – 15.156

Márcio França (PSB) –  5.960

Edson Aparecido (MDB) – 1.960

Janaína Paschoal (PRTB) –  284

CANDIDATOS A DEPUTADO ESTADUAL E FEDERAL MAIS VOTADOS EM JALES

A deputada Analice Fernandes voltou a ser a candidata mais votada em Jales nestas eleições de 2022, mas ficou bem longe da votação de 2014, quando teve 10.007 votos.

Em 2018, quando Jales teve dois candidatos a deputados – Luís Henrique Moreira e Delegado Sakashita – a votação de Analice baixou para 3.278 votos. E neste ano, mesmo sem candidatos jalesenses, ela obteve 3.688 votos. Eis os mais votados em Jales para a Assembleia Legislativa:

Analice Fernandes (PSDB) – 3.688 votos

Itamar Borges (MDB) – 2.550

Bruno Zambelli (PL) – 2.400

Carlão Pignatari (PSDB) – 1.909

Paulo Fiorillo (PT) – 849

Carlos Gianazzi (PSOL) – 679

Marta Costa (PSD) – 593

Major Mecca (PL) – 455

Eduardo Suplicy (PT) – 423

Coronel Helena (REP) – 411

Sargento Pedroso (PL) – 362

Gil Diniz (PL) – 346

Para a Câmara Federal, a deputada Carla Zambelli foi a mais votada em Jales. Eis a relação dos 12 mais votados:

Carla Zambelli (PL) – 4.184

Fausto Pinato (PP) – 2.027

Eduardo Bolsonaro (PL) 1.716

Nilto Tatto (PT) – 673

Delegado Bruno Lima (PP) – 668

Ricardo Salles (PL) – 652

Paulo Freire da Costa (PL) – 546

Pablo Marçal (PROS) – 523

Edinho Filho (MDB) – 521

Marcelo Hercolim (UNIÃO) – 512

Guilherme Boulos (PSOL) – 494

Baleia Rossi (MDB) – 461

1 2 3 1.731