Arquivos mensais: maio 2022

ESPECIALISTA EM LEITURA LABIAL DIZ À RÁDIO GAÚCHA QUE RAFAEL RAMOS CHAMOU EDENÍLSON DE “MACACO”, MAS…

Mas, em outra emissora gaúcha, a Rádio Guaíba, a advogada Giovana Giroto, do Centro de Perícias de Curitiba, afirma que Rafael Ramos proferiu a palavra “caralho” para Edenílson, e não “macaco”, como acusou o meio-campista do Internacional. Vamos à matéria do site Time do Povo:

O lateral-direito Rafael Ramos se complicou nessa segunda-feira (16) após o perito judicial Roberto Meza Niella,  conceder entrevista à Rádio Gaúcha e afirmar que o defensor português proferiu a palavra “macaco” para o meio-campista Edenílson.

Meza, especialista em leitura labial e diretor de consultoria pericial, analisou cada frame dos vídeos da partida onde Rafael Ramos e Edenílson se estranham no segundo tempo do confronto pelo Brasileirão. Ao programa “Timeline”, da Rádio Gaúcha, ele afirma que houve a injúria racial.

“Eles estão de frente para a câmera e é possível ler o posicionamento dos lábios do Ramos. Podemos identificar de forma tênue a frase que todo mundo está dizendo, que é a palavra “macaco”.

E vem na sequência um palavrão que não fica muito claro na definição dos lábios dele. Temos que tomar esse cuidado, mas me parece que é “do caralho”. A frase completa seria ‘macaco do caralho’”, afirma o perito.

“Cada som da nossa fala tem características articulatórias e fonológicas muito particulares, o que permitem, dependendo da qualidade da imagem, identificar o que a pessoa diz naquele determinado momento. Tivemos acesso a todos eles e fizemos uma análise passo a passo, quadro por quadro, daqueles vídeos para poder determinar o que foi dito pelo jogador do Corinthians”, completa Meza.

Roberto Meza ainda contesta a versão da defesa do jogador sobre ele ter dito “mano, caralho”.

“No posicionamento dos lábios é completamente diferente. Não existe nenhuma possibilidade dele ter falado a palavra “mano”. Nos lábios dele são bem claros nos fonemas quando fala a palavra ‘macaco’”, explica o perito.

Cabe destacar que a análise do perito foi encomendada pela tradicional rádio do Rio Grande do Sul. A análise oficial virá do Instituto Geral de Perícias (IGP), ainda sem prazo para uma definição.

POLÍCIA FEDERAL DEVE INVESTIGAR MORO SOBRE MUDANÇA DE DOMICÍLIO ELEITORAL

A notícia é do Congresso em Foco:

O ex-ministro e ex-juiz Sérgio Moro será alvo da Polícia Federal (PF) em uma nova investigação. Nesta segunda-feira (16), o Ministério Público Eleitoral de São Paulo pediu a abertura de um inquérito pela PF para tratar da mudança de domicílio eleitoral dele e de sua mulher, Rosângela Moro.

Recentemente, o casal transferiu seus domicílios eleitorais da cidade de Curitiba para São Paulo após Moro sair do Podemos – partido em que era pré-candidato à Presidência – e ingressar no União Brasil.

Moro e a mulher são acusados de praticar crime eleitoral a partir de uma notícia-crime encaminhada pela Procuradoria Eleitoral de São Paulo (PRE-SP) ao Ministério Público Eleitoral no mês passado.

A ação encaminhada ao MP eleitoral é assinada pela empresária Roberta Luchsinger, que alega que a mudança de domicílio “se deu mediante possível fraude e inserção de informação falsa no cadastro eleitoral”.

Roberta chegou a ser candidata a deputada estadual pelo PT em São Paulo em 2018. Nesta segunda-feira, 16, a empresária destacou, no Twitter, que a ação foi um presente de casamento para o ex-presidente Lula, que deve se casar em breve com a socióloga Rosângela da Silva, conhecida como Janja.

BOLSONARO DÁ SINAIS DE FRAQUEZA E SABE DO RISCO DE PERDER NO PRIMEIRO TURNO

Deu na coluna do Ricardo Noblat, no portal Metropoles:

Jair Bolsonaro anda preocupado, para não falar desesperado, com o risco de perder a disputa eleitoral ainda no primeiro turno. Esse é o recado real que tem recebido dos realistas na sua sala no terceiro andar no Palácio do Planalto.

Os sinais exteriores de sua preocupação vieram ontem, na sua saidinha para circular pela capital. Aos seus seguidores disparou críticas velhas ao PT – corrupção, Petrobras e Venezuela. Há tempos vem usando esses argumentos, que parecem não repercutir tanto mais.

Sua tentativa de atacar as urnas eletrônicas e a Justiça Eleitoral também parece fadada à fadiga de material. Ou seja: pode não vingar mais, exceto entre os fanáticos que o seguem.

Bolsonaro sabe que a saída para deter a vitória de Lula não está mais nas pautas de costume ou o que seja. Mas, para ter chances reais, terá que salvar a economia ou reduzir os danos de suas implicações.

O presidente da República está desesperado. Não tem garantia do apoio dos aliados do Centrão. Boa parte desse grupo já debandou para o lado de Lula.

AGRESSÃO A PAI DE ALUNO: JUSTIÇA DE JALES CONDENA DOIS ADOLESCENTES E ABSOLVE UM

A Justiça de Jales deu uma rápida resposta no caso dos menores que agrediram o pai de um aluno da escola “Carlos Arnaldo”. A notícia é do Jornal de Jales:

Em sentença de 74 páginas, o juiz da 1ª Vara Criminal de Jales, Fabio Antonio Camargo Dantas, condenou os adolescentes J.H.S.M. e R.C.H., envolvidos no caso da agressão contra Lidimar Bernardo de Assis, a cumprirem internação de três anos na Fundação Casa, devendo a medida socioeducativa ser reavaliada a cada seis meses.

Já o terceiro adolescente, com as iniciais V.R.S.M., foi absolvido pelo juiz. O caso foi julgado como tentativa de homicídio.

PLATEIA GRITA “FORA BOLSONARO” EM SHOWS DE TITÃS E NEY MATOGROSSO

Parece que o desprezo de Bolsonaro à cultura e à arte está se voltando contra ele. Em pelo menos dois shows realizados em Brasília neste fim de semana – Titãs, no sábado, e Ney Matogrosso, no domingo – a plateia pediu “Fora Bolsonaro”.

Deu no DCM:

Durante show do cantor Ney Matogrosso no domingo (15), no auditório master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães em Brasília, a plateia mostrou o carinho que tem pelo presidente do país e gritou “Fora Bolsonaro” em alto e bom som.

O espetáculo, batizado de “Bloco na rua”, reuniu mais de três mil pessoas e foi o primeiro show de Ney na cidade após o início da pandemia. O músico havia se apresentado em março e novembro de 2019 — quando também lotou o espaço.

Chamou a atenção no espetáculo a impressionante forma física de Ney, que aos 80 anos realizou coreografias ousadas e dançou sem parar. Ele estava acompanhado de uma banda formada por sete instrumentistas do primeiro time da MPB, incluindo o baixista candango Dunga.

A banda tocou canções de diferentes compositores, com destaque para ‘Maçã’ (Raul Seixas), ‘Pavão Misterioso’ (Ednardo), ‘Como 2 e 2’ (Caetano Veloso), ‘Eu quero é botar meu bloco na rua’ (Sérgio Sampaio) e a versão de Chico Buarque para ‘Iolanda’, do cubano Pablo Milanez.

Eis o vídeo:

JORNAL DE JALES: VEREADORAS EM GO E SC, JALESENSES FERNANDA LIMA E CARLA AYRES SERÃO CANDIDATAS A DEPUTADAS

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cujo principal destaque é, mais uma vez, a dengue. A matéria diz que a Secretaria  de Comunicação atualizou a situação da dengue no município que, nos cinco primeiros meses de 2022, registrou um total de 3.044 notificações, das quais 1.282 tiveram resultado positivo, sendo 1.219 autóctones e as demais 63 importadas. A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, vem reforçando em toda a cidade o combate ao Aedes aegypti, o que inclui a visita dos agentes comunitários de saúde às residências para vistorias in loco e, quando for o caso, a realização de nebulização.

Destaque, igualmente, para dois estudantes do Ensino Fundamental de Santa Rita D’Oeste – Ana Elisa Brechane e Enso Papali de Carvalho – que desenvolveram um aparelho para ajudar na recuperação de pacientes pós-Covid. O trabalho dos dois estudantes – ambos de 14 anos, que sempre estudaram em escolas públicas – repercutiu em todo o país após matéria divulgada no Jornal Nacional, da Rede Globo. Ana Elisa e Enso participaram de projeto social de robótica e finalistas na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia promovida pela USP, além de integrar a delegação brasileira que participou de evento mundial em Atlanta, nos EUA.

A condenação de dois adolescentes e a absolvição do terceiro, todos eles acusados de tentativa de homicídio por conta das agressões contra o pai de um aluno da Escola do Prata; a parceria internacional entre a Fatec Jales e a universidade da Armênia para projeto de intercâmbio linguístico e cultural; a interação entre alunos do Anglo de Jales e índios terenas e kaingang; a criação do “Dia Municipal de Combate ao Feminicídio” em Jales; e a atuação da Polícia Ambiental, que está fechando o cerco aos infratores e aplicando mais de R$ 170 mil em multas, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que a jalesense Fernanda Lima, delegada de polícia e vereadora mais votada em Formosa(GO) deverá ser indicada por seu partido, o Solidariedade, para disputar uma cadeira na Assembleia goiana ou na Câmara Federal. O colunista informa, ainda, que outra jalesense, a socióloga Carla Ayres, vereadora em Florianópolis pelo PT, estará participando, com certeza, da corrida por uma vaga na Câmara Federal, representando Santa Catarina. Deonel afirma que Carla é uma das apostas do PT para aumentar sua bancada em Brasília, já que, além de muito preparada, ela é grande defensora da causa LGTBQI+. 

ZÉ GERALDO – “CIDADÃO”

Neste sábado, a partir das 19 horas, teremos a fase final da 5ª MOCAP, no Teatro Municipal. Será a oportunidade para conhecermos o que os compositores de Jales e região andam fazendo em termos autorais.

A MOCAP, que ressurge depois de 41 anos, já teve dias de glória, com a participação de grandes músicos e compositores. Um deles foi o poeta baiano Lúcio Barbosa (ao lado), compositor da música “Cidadão”, uma homenagem a um tio dele, que era pedreiro.

“Cidadão” foi incluída em um livro chamado “Canções que Falam por Nós”, cujo título (do livro) já diz tudo sobre a canção. Ela foi composta antes de Lúcio Barbosa vir a Jales e lançada em 1979 por Zé Geraldo, em seu primeiro álbum, alcançando sucesso imediato.

Essa música foi tão importante na carreira de Zé Geraldo, que a biografia dele, lançada recentemente, se chama “Cidadão Zé Geraldo…”. Talvez por isso mesmo muita gente supõe que “Cidadão” tenha sido composta por Zé Geraldo. Outros acham que foi composta pelo Zé Ramalho, que a regravou em 1992.

No vídeo, Zé Geraldo interpreta “Cidadão”:

A TRIBUNA: VEREADORES QUESTIONAM ENTIDADE POR VENDA DE TERRENOS DOADOS PELA PREFEITURA

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca o investimento que a Prefeitura de Jales pretende fazer em uniformes escolares. Segundo a matéria, a municipalidade estima investir mais de R$ 1,4 milhão na aquisição de uniformes escolares para os estudantes da rede municipal de Ensino. Serão 37.824 peças, sendo 18.912 camisetas de manga curta, 9.812 bermudas masculinas e 9.100 shorts-saias femininos. Serão entregues quatro kits para cada aluno, sendo dois no primeiro semestre de 2022 e dois no final do segundo semestre de 2022, para atender a demanda para o ano letivo de 2023. 

Destaque, igualmente, para a queda na temperatura que está sendo prevista para os próximos dias. Segundo os institutos de meteorologia o frio deverá chegar pra valer na quarta-feira, 18, com possibilidades de geadas até o domingo 22. De acordo com o Climatempo, deverá cair uma chuva na região neste domingo e depois da chuva, na segunda e na terça-feira a temperatura começa a despencar, podendo chegar ao mínimo de 4ºC na quarta-feira. O fenômeno prosseguirá pelos dias posteriores, com possibilidade de chegar ao mínimo de 2ºC no sábado, 21. A temperatura só voltará subir a partir da terça-feira, 24, quando a mínima prevista é de 9ºC. Na quarta, 25, a mínima subirá para 13ºC.

As orientações da Secretaria Municipal de Agricultura para reduzir os danos que o frio poderá causar às plantações; a intensificação das ações de prevenção e controle contra a epidemia de dengue; o percentual de mães solo em Jales, cujos filhos foram registrados sem o nome do pai; a Copa Tigres do Taekwondo, que será realizada em Jales, neste domingo; o campeonado de Futebol Society, que começou no domingo passado; e os questionamentos dos vereadores Deley e Rivelino sobre a venda de terrenos doados pela Prefeitura à AACAJ, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, escrita por este aprendiz de blogueiro, as críticas do vereador Deley Vieira ao secretário de Obras, Manoel Andreo de Aro, por conta de um sarjetão. Segundo o vereador, ele já fez diversos pedidos para construção de um sarjetão em uma rua do conjunto habitacional “Dercílio de Carvalho”, sem, no entanto, ser atendido pela Secretaria de Obras. O que mais irrita Deley é que ele mora naquele bairro e sempre que passa na rua os vizinhos – em tom de zombaria – perguntam se o sarjetão ficará pronto até o fim do mandato do vereador, em 2024. “Eu passo vergonha toda vez que passo por lá”, discursou o vereador, visivelmente enfurecido.  

1 2 3 6