DALUA, POR ELE MESMO

O amigo Antonio Rodrigues da Grella Filho, o Dalua, recentemente nomeado para a superintenência regional da Sabesp, sediada em Lins, mandou dois comentários, que, por interessantes e esclarecedores, reproduzo abaixo. A notícia sobre a nomeação de Dalua chegou à cidade na segunda-feira à tarde e, já na sessão da Câmara daquele dia, ele foi, merecidamente, parabenizado pela maioria dos vereadores. Como se verá nos escritos do Dalua, a vida dele não foi nada fácil. Por isso mesmo, deve servir de exemplo para aqueles que – através do trabalho – desejam melhorar de vida. Vamos aos comentários:

Por volta de 2004 fui convidado para Botucatu. Agora fui chamado pela direção. Agradeço as referências do Chico Espora e do Juliano. É uma tarefa dificil. São 83 Municípios e 32 Distritos. Mais de 200 mil clientes, uma população que precisa de 100 milhões litros água/dia torneira e coleta de 70 milhões litros/dia esgotos. População atendida de 800 mil habitantes. 583 empregados diretos e mais de 400 indiretos. Graças a Deus estou sendo muito bem recebido em Lins. O mais dificil é deixar a cidade de Jales por algum tempo. Pra mim que nasci aqui é muito sofrimento. Mas se Deus me deu esta tarefa vou cumprir. Muito obrigado.
Complementando:
Dificil substituir o Sr. Luiz Paulo. É um profissional com grande reconhecimento na área saneamento. Formado na Politécnica, possui vários trabalhos publicados nas revistas técnicas nacionais e até internacionais. Tenho limites. E muitos limites. No esforço vou tentar manter os resultados. Mas para quem é filho de um carrinheiro, pobre,que perdeu dois irmãos um por meningite (sem recursos financeiros) outro por desnutrição(pobreza), que foi ter um vaso sanitário com 25 anos idade,que estudou a noite Escola Dom Artur e pela falta energia no Arapuã as tarefas eram feitas com a iluminação lamparina, que o primeiro emprego foi com 11 anos de idade no Escritório S.José (Oswado Mussato e Hideo- devo muito a eles), mas antes trabalhei: sorveteiro, engraxate, colheita algodão, que entrou na empresa Sabesp em 1978 no primeiro cargo (auxiliar de ajudante) depois passei por Dolcinópolis, Populina, Jales,Santa Clara, Nhandeara (gerente), Jales, devo confessar que sou um privilegiado por Deus.

Obs.: a foto acima, do Dalua, eu a tomei “emprestada” ao Jornal de Jales.

2 comentários

  • Dalua

    Cardosinho.
    Agradeço muito pelas referências. Agradeça a Tatinha que ao lado de outros vereadores tambem lembraram do trabalho. Fiquei sabendo. Não é fácil. Se aqui eu trabalhava 10 a 12 horas por dia, agora aumentará. O volume de atividades é muito grande. Orçamento de 80 milhões por ano. É assustador. Apoveito para agradecer os telefones e e-mails de muita gente. Não tinha idéia da estima das pessoas de Jales e região. Recebi várias ligações, até de orelhão, que significa pessoas bem humildes desejando a proteção divina.
    Na próxima semana vou lhe passar o que realizamos nos 15 anos. Obviamente que foi possivel somente proque houveram as contribuições dos funcionários e da direção.
    Grande abraço.

  • Orlando Matheus

    Prezado Amigo Da Lua , quero aqui externar nossa gratidao pelo carinho que vc tem por nossa cidade ! O trabalho que vc desempenha com muito afinco na SABESP , é impressionante , parabens tambem ao quadro de funcionarios,se tivessemos vc como Prefeito de jales , com certeza Jales daria um salto extraordinario, mas quem sabe no ano vindouro teremos Da Lua e Dr Pedro Manoel Calado como nossos candidatos a Prefeito e vice !!!
    fiz minha pesquisa…foi incrivel o entusiasmo do povo de Jales em saber se seria possivel isto ocorrer !!! JALES MERECE MUITO MAIS!!! Abraço e felicitaçoes do amigo Orlando Matheus !!!

Deixe uma resposta para Dalua Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *