PROFESSOR É AFASTADO DE ESCOLA APÓS UTILIZAR CHARGE DE BOLSONARO DURANTE AULA

Deu no portal MSN:

O professor Marcos Antônio Tavares da Silva foi afastado do colégio  Liceu de Humanidades de Campos dos Goytacazes (RJ) depois de utilizar, durante uma aula de português do 3º ano de ensino médio, uma charge ironizando a relação do presidente Jair Bolsonaro com o presidente dos EUA, Donald Trump.  As informações são do jornal O Globo.

“Sempre usei charges para trabalhar em sala de aula (…) Não há doutrinação nenhuma, eu dei liberdade para que se posicionassem livremente sobre o conteúdo”, disse. A charge foi inicialmente exposta em uma página no Facebook chamada “Direita campista”.

Marcos disse ao Globo que foi informado pela diretora que tinha sido afastado a pedido do governador Wilson Witzel.  Quando foi à Coordenadoria Regional de Educação questionar a decisão, foi informado apenas de que tinha sido afastado por “ordens superiores” para “acalmar os ânimos”.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação informou que suspendeu o professor e disse que foi aberta uma sindicância para apurar o caso.

7 comentários

  • Marreta

    NO ATRAPALHADO DISCURSO DE DESPEDIDA NO CHILE, BOÇALNARO AGRADECEU AO POVO ” VENEZUELANO “. ele AINDA VAI NOS MATAR DE VERGONHA .

  • eu

    ETA PRESIDENTE BURRO::::

    No Chile, Bolsonaro diz que ‘alguns não querem largar a velha política’ e que responsabilidade da reforma está no Parlamento.
    Presidente disse em pronunciamento que reforma é ‘único caminho’ para alavancar o Brasil, afirmou que ‘a bola está com Rodrigo Maia’ e questionou, antes de embarcar ao Brasil: ‘O que é articulação? O que está faltando eu fazer?’

  • eu

    O DA DIREITA

    Com uma caneta BIC sobe a gasolina,gás,dólar,bolsa,feijão e o chifre de quem votou no bozo
    Kkkkkkkkkkkk

  • eu

    Flávio Bolsonaro diz que sem reforma da Previdência governo acaba, que Moro atrapalha o Brasil, e apanha de seguidores
    O senador Flávio Bolsonaro, aquele do Queiroz e que preferiu preencher e depositar 48 envelopes com R$ 2 mil cada apenas para não entrar na fila do banco, postou em seu perfil no Twitter, reproduzido aqui, que “A governabilidade durante os 4 anos de governo está diretamente ligada à aprovação da Nova Previdência. Essa é a única frente de batalha que deve ser aberta no momento, todas as outras atrapalham o Brasil”.
    Flávio o Miliciano diz que sem Reforma da Previdência o governo perde a governabilidade, acaba.
    De quebra, Flávio alfineta o juiz Moro, que andou criticando o presidente da Câmara Rodrigo Maia por tocar preferencialmente o projeto da Previdência em detrimento de seu projeto de violência, que chama de anticrime.
    Se a Previdência é tão fundamental assim, Moro deveria ficar na dele e não atrapalhar.
    Mas não é isso o que pensam seguidores do senador:
    Quero que tudo exploda!!! como dizia Chico Anísio

  • Leandro

    Acertada a decisão de afastar esse professor tendencioso. Ele está lá para lecionar a disciplina, não charges. Essas charges ele q faça o q quiser fora do seu horário de trabalho….

  • Logo, logo teremos uma pizza presidencial

    A briga de Maia com Bolsonaro, certamente, é uma briga de duas pessoas que se odeiam. Bolsonaro não é o presidente que Maia queria para fazer seus “negócios escusos”. Pois cansou de negociar com Temer, preso.
    Bolsonaro não queria Maia como presidente da câmara mas teve que engolir pois Maia prometeu, na campanha, que iria ajudar Bolsonaro para aprovar a reforma da previdência. O PSL quis e Bolsonaro aceitou com esse acordo.
    Teve que tolera-lo porque preferia Maia do que Renan Calheiros, do PMDB. Para derrotar Renan, teve que apoia-lo.
    Maia não gostou de ver o pai de sua esposa. (Temer) ser preso e colocou a culpa em Bolsonaro e ainda brigou com o filhinho do papai (Bolsonaro) e Moro. Saiu criticando todos e a tudo! Ameaçou a descumprir o acordo. kkkk
    A mídia endividada que critica Bolsonaro adorou publicar a briga deles para vender jornal. Juntamente com os petistas.
    Mas como o dois presidentes precisam mutuamente, logo farão as pazes. Ele se odeiam mas se amam
    Tudo farinha do mesmo saco!

  • A Lava Jato manda neste país

    Alem de prender Lula, foi a Lava Jato que levou Temer, ao poder, uma vez que decisiva para o impeachment de Dilma . Não foi um golpe!
    Depois, com a gravação de Joesley, a Lava Jato afundou o regime emedebista e ajudou a ascensão de Bolsonaro.
    Agora, com a detenção do Temer, a Lava Jato atrapalha a reforma previdenciária de Paulo Guedes e aprofunda a divisão das hostes bolsonaristas. O genro de Temer. o Maia, briga com Bolsonaro.
    Terá fôlego para empurrar Sergio Moro rampa acima?

    Fonte : um jornalista da Folha

Deixe uma resposta para Leandro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *