NOVA POLÍTICA: PARTIDO DE BOLSONARO CRIOU CANDIDATA LARANJA PARA OBTER VERBA PÚBLICA

Deu no Brasil 247:

Depois do caso das candidatas-laranja em Minas Gerais, em fraude no processo eleitoral supostamente feita pelo atual ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio (PSL), mais um episódio de criação de candidatos laranja vem à tona dentro do PSL, partido da presidência da República. Luciano Bivar (PSL-PE), recém-eleito segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados, criou uma candidata laranja em Pernambuco que recebeu do partido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição de 2018.

Reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “Maria de Lourdes Paixão, 68, que oficialmente concorreu a deputada federal e teve apenas 274 votos, foi a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o país, mais do que o próprio presidente Jair Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann (SP), essa com 1,079 milhão de votos. O dinheiro do fundo partidário do PSL foi enviado pela direção nacional da sigla para a conta da candidata em 3 de outubro, quatro dias antes da eleição. Na época, o hoje ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, era presidente interino da legenda e coordenador da campanha de Bolsonaro, com foco em discurso de ética e combate à corrupção.”

A matéria relembra o caso anterior de uso de laranjas: “no último dia 4, reportagem da Folha revelou que o ministro do Turismo de Bolsonaro e deputado federal mais votado em Minas, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), patrocinou um esquema de candidaturas laranjas que direcionou verbas do PSL para empresas ligadas ao seu gabinete na Câmara. Após essa revelação, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, afirmou que esse caso deveria ser investigado. No caso de Lourdes Paixão, a prestação de contas dela, que é secretária administrativa do PSL de Pernambuco, estado de Bivar, sustenta que ela gastou 95% desses R$ 400 mil em uma gráfica para a impressão de 9 milhões de santinhos e cerca de 1,7 milhão de adesivos, tudo às vésperas do dia que os brasileiros foram às urnas, em 7 de outubro.”

A reportagem ainda informa que “cada um dos quatro panfleteiros que ela diz ter contratado teria, em tese, a missão de distribuir, só de santinhos, 750 mil unidades por dia –​mais especificamente, sete panfletos por segundo, no caso de trabalharem 24 horas ininterruptas. A Folha visitou os endereços informados pela gráfica na nota fiscal e na Receita Federal e não encontrou sinais de que ela tenha funcionado nesses locais durante a eleição.”

2 comentários

  • eu

    AS LADROAGENS DE MAIA PRESIDENTE DA CÂMARA COMEÇARAM A APARECER. QUAL O ELEMENTO DA DIREITA FASCISTA VAI EXPLICAR?

    PF diz que Rodrigo Maia pegou R$ 1 milhão em propina da OAS. A investigação da PF teve origem em mensagens de celular entre Maia e o empreiteiro Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, pois Maia: o parlamentar teria defendido interesses da empreiteira no Congresso, entre 2013 e 2014 .
    A Polícia Federal concluiu investigação sobre o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Operação Lava Jato e apontou indícios de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro.
    A informação foi revelada pelo Jornal Nacional, da TV Globo, e confirmada pelo jornal o Estado de S. Paulo.
    Segundo o inquérito da PF, em troca de propina de R$ 1 milhão, o parlamentar teria defendido interesses da empreiteira no Congresso, entre 2013 e 2014, como apresentar uma emenda à uma Medida Provisória que definia regras para a aviação regional, em benefício da construtora.
    O Jornal Nacional informou que Rodrigo Maia pediu à empreiteira doações eleitorais no valor de R$ 1 milhão em 2014. O dinheiro teria sido repassado oficialmente à campanha de César Maia, pai do presidente da Câmara.
    Os investigadores suspeitam que a estratégia foi usada para ocultar a origem da propina da empreiteira. A PF sustenta que há ‘fortes indícios de corrupção passiva e lavagem de dinheiro’ por parte de Maia.
    À reportagem do Jornal Nacional, Maia afirmou que “nunca recebeu vantagem indevida para votar qualquer matéria na Câmara”.
    Segundo ele, “ao longo dos cinco mandatos como deputado federal, sempre votou de acordo com orientação da bancada ou com a própria consciência”.
    O GOVERNO BRASILEIRO ESTA IGUAL AO GOVERNO DA VENEZUELA. LADRÕES POR TODO LADO, INCLUINDO O PRESIDENTE LÍDER DA MILICIA, SEUS FILHOS E O MINISTRO MORO, QUE DEIXOU DE SER JUIZ E PERDEU UM SALÁRIO DE MAIS DE 100 MIL REAIS, PARA SE TORNAR MINISTRO E COSTA QUENTE DA MILICIA BOLSONARA E GANHANDO SOMENTE 33 MIL REAIS. QUEM EXPLICA?

  • Enfermeiro cubano

    DE DIMESNTEIN PARA A DIREITA BURRA QUE SUSTENTA O PSL DE BOLSOMERDA E SUA MILICIA:

    Nenhuma denúncia contra Jair Bolsonaro foi tão grave como essa apresentada hoje pela Folha.
    É a pior facada em seu governo por três motivos:é contra seu partido, que fez a campanha montada na campanha da honestidade.
    Envolve diretamente o secretário-geral da presidência, Gustavo Bebianno.
    envolve diretamente o atual presidente do partido, Luciano Bivar, presidente do PSL e vice-presidente da Câmara.
    A reportagem está extremamente documentada – e ajuda a derreter ainda mais a imagem ética de Bolsonaro.
    A descoberta do jornal é seguinte: a cúpula do PSL destinou R$ 400 mil para uma candidata-laranja a deputada em Pernambuco, onde mora Bivar .
    Luciano Bivar, presidente do PSL.
    Na época, Bebianno presidia o PSL.
    Nome da laranja: Maria de Lourdes Paixão, 68 anos.
    Só para dar uma idéia: ela ganhou mais do fundo partidária do que a deputada Joice Hasselmann que teve mais de 1 milhão de votos) e do próprio Bolsonaro.
    Detalhe: o dinheiro chegou apenas na véspera da eleição. Mais precisamente, no dia 3 de outubro.
    Ou seja, teria 4 dias para gastar.
    E gastou tudo numa gráfica.
    Resultado: só teve 274 votos.
    A Folha visitou o endereço da nota fiscal – e não encontrou sinal de gráfica.
    O que a candidata disse para a Folha:
    À reportagem Lourdes Paixão diz não se lembrar do nome do contador que aparece em sua prestação de contas, da gráfica que afirma ter contratado nem de quanto gastou ou o volume de material que encomendou.
    Também não soube explicar as razões de ter sido escolhida candidata e agraciada com a terceira maior fatia de verba pública do partido de Jair Bolsonaro.
    FASCISTA PODEM EXPLICAR?

Deixe uma resposta para Enfermeiro cubano Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *