PARA AGRADAR BOLSONARO, JOVEM PAN AFASTA COMENTARISTA MARCO ANTONIO VILLA

Durante anos, o comentarista tucano Marco Antônio Villa fez críticas virulentas contra Lula, Dilma e o PT, sem ser incomodado. Agora, bastou algumas críticas ao governo Bolsonaro para ele ser defenestrado, pelo menos temporariamente, da Jovem Pan.

O deputado Alexandre Frota(PSL) responsabilizou o governo Bolsonaro pelo afastamento de Villa e perguntou: “Já começou a censura?”. Já o escritor Paulo Coelho mandou um recado a Villa: “Bem feito!”.

  Vamos à notícia do Brasil 247:

O historiador e comentarista político Marco Antonio Villa negou nesta terça-feira, 28, que tenha sido demitido da rádio Jovem Pan. Ele disse que foi afastado pela direção da emissora por 30 dias e demonstrou indignação pelo ocorrido. 

“O que aconteceu foi o seguinte: após o ‘Jornal da Manhã’ recebi a comunicação do vice-presidente da empresa [José Carlos Pereira] dizendo que não queria os meus serviços pelos próximos 30 dias”, disse Villa ao UOL

“Não é agradável o que eu estou passando, não sou moleque, tenho história, compromisso com a história. Mas como diz o poeta: ‘tento manter a espinha ereta (não me dobro aos poderosos) e o coração tranquilo'”, desabafou o historiador. Questionado se irá retornar ao ar após os 30 dias afastado, Villa afirma não ter decidido: “Estou refletindo se volto ou não”.

Sobre se a Jovem Pan teria atendido a um pedido do presidente Jair Bolsonaro para retirá-lo do ar, Villa se esquivou. “Seria leviandade da minha parte dizer que ele teve um dedo nessa história. Não posso dizer que ‘sim’, nem que ‘não’. Seria uma irresponsabilidade”, avalia. 

Marco Antonio Villa foi um dos principais disseminadores do antipetismo no Brasil, que pavimentou o caminho para a ascensão do neofascismo no Brasil. Diante do governo de Jair Bolsonaro, Villa vinha adotando postura crítica, enquanto a Jovem Pan foi paulatinamente se tornando uma das maiores defensoras do governo, em especial da reforma da Previdência. 

“Eu sempre tive a postura crítica em relação aos quatro últimos governos: Lula, Dilma, Temer e Bolsonaro. Isso incomoda o nosso poder. O poder nunca gostou de críticas”. 

7 comentários

  • Sérgio

    Bem disse Paulo Coelho em seu comentário: BEM FEITO MEU CARO.

  • Paulo Jegues

    O professor Villa foi um dos principais vetores do ódio contra o PT. Ele dizia que a “ditadura” do PT jamais iria calá-lo. Está sendo calado, agora, pela “democracia” de Bolsonaro.

  • resumindo, as vezes...

    Professor Villa é um homem de direita, sério, conservador e honesto e vociferou bravamente contra a roubalheira, hipocrisia, injustiça, canalhice, aparelhamento e desmandos que sempre aconteceram neste país, de qualquer natureza, de qualquer partido… sempre teremos que ter esse tipo de voz para nos trazer à realidade senão começaremos a achar tudo normal… exercer jornalismo é ser do contra, senão vira armazém de secos e molhados.

  • jalense

    um comentarista de rádio (rádio) am que usa o microfone no máximo 30 min por dia jamais teria poder, apesar de ontem ter ficado nos trend topics do twitter e de ter virado personagem de zumbis em brasília, de fomentar tanto ódio ao pt ao ponto de se eleger alguém do psl… pt naufraga por si e o povo tem sabedoria real pra discernir… o povo cansou, nós nos cansamos… da roubalheira pra se perpetuar no poder e da ruindade de dilma.

  • Não tem mais graça falar mal do PT

    Principal emissora declaradamente de direita no Brasil, a rádio Jovem Pan tirou do ar o historiador e comentarista político Marco Antonio Villa. Ele ganhou fama metendo o pau em Lula, Dilma e Temer. Agora, o Bolsonaro!
    Só que agora Villa entrou em confronto com a direção da emissora paulistana por causa de críticas que tem feito recorrentemente a Bolsonaro, a seus filhos e ao entorno ligado ao escritor Olavo de Carvalho. Até eu meteria o pau. kkkk
    Não acho que Bolsonaro pediu a suspensão do comentarista e nem a emissora o afastou por causa do presidente.
    Já na campanha entrevistou Bolsonaro com uma discussão, Tentou — e conseguiu — humilhar intelectualmente Bolsonaro o tempo todo. Foi agressivo, mal educado e por vezes um tirano, porem Bolsonaro ganhou alguns milhares de votos, na época de sua candidatura.
    Essa briga vem de muito longe

  • Rapizodia

    Não digo bem feito, mas o cara não respeitava as pessoas, mesmo pessoalmente, destliva veneno e só. Ouvi algumas vezes e desisti. Um dia a casa cai e foi isso!

    • RAPIZODIA

      Retiro o que disse, o Professor Marco Antônio Vila, fora da Jovem Pan é totalmente diferente. Tem as minhas desculpas e agora meu respeito. Desculpe Professor!

Deixe uma resposta para RAPIZODIA Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *