Arquivos mensais: Janeiro 2015

PROFESSORA DE JALES MANTÉM BLOG SOBRE NEURODIVERSIDADE, ACESSADO EM 78 PAÍSES

Estou incluindo na relação de links, aí do lado direito, o blog FloreSer, da professora Eugênia Maria. O FloreSer Neurodiversidade é um projeto desenvolvido por ela desde 1998. É considerado o maior serviço gratuito de press clipping do mundo nessa área.

Inclui publicações em português, inglês, francês, espanhol e italiano sobre superdotados, autismo e TDAH. É acessado em 78 países, principalmente por pais e por profissionais das áreas de educação e saúde.

Eugenia recebe material de universidades, associações médicas, associações de professores, psicólogos e outras entidades e profissionais e participa de eventos internacionais nessa área, sempre com o objetivo de aprimorar o seu trabalho que é referência em centenas de organizações de estudos e pesquisas.

EX-ALIADA DE NICE DETONA PREFEITA EM ENTREVISTA

DSC01847-ed

Lembram-se da Ana Cláudia, aquela candidata a vereadora que foi parar na coluna do José Simão, no UOL, depois de prometer matar a cobra e mostrar o pau? Pois bem, ontem, depois de ser atendida na UPA, ela, na impossibilidade de mostrar o pau, baixou o cacete na prefeita Nice Mistilides, de quem foi aliada, em postagens no Facebook.

DSC01778-pqSegundo a ex-candidata, Nice esqueceu de suas promessas de campanha, principalmente na área da saúde. Ana Cláudia lembra que algumas dessas promessas foram feitas na casa dela, onde a então candidata Nice esteve duas ou três vezes, para reuniões com moradores. Este aprendiz de blogueiro acompanhou uma dessas reuniões na casa de Ana Cláudia, onde testemunhou algumas promessas e registrou a foto ao lado.  

Voltando ao caso da UPA, Ana Cláudia, que está grávida e sentia fortes dores, alega que ela e outras duas pessoas tiveram que esperar por mais de uma hora pela médica, que, aparentemente, não estava no local. A ex-candidata registrou fotos de salas vazias e publicou no Face.

Ela não se limitou, porém, às redes sociais. Hoje, Ana Cláudia concedeu entrevista ao repórter Betto Mariano, da Rádio Alvorada, onde, ao invés de matar a cobra, ela fala cobras e lagartos da prefeita. A entrevista vai ao ar amanhã cedo, mas, caso o prezado leitor esteja com tempo disponível, poderá ouvir um trecho no áudio abaixo.

BARRETOS: CATADORA ENCONTRA R$ 250 MIL EM CHEQUES, DEVOLVE A HOSPITAL E GANHA EMPREGO

Por sinal, além de honesta, uma bela catadora. A notícia foi postada hoje pela CBN:

CATADORA-foto_1_(8)Um exemplo de honestidade em Barretos (SP). Uma catadora de recicláveis encontrou doações ao Hospital de Câncer de Barretos e fez questão de devolver. A boa ação rendeu a ela um novo emprego. No meio de papelões e plásticos que ficam no depósito de recicláveis do Hospital de Câncer de Barretos, Ana Maurícia dos Santos Cruz encontrou um envelope e uma agenda.

Quando chegou em casa à noite, abriu o envelope e descobriu que estava com cheques que somavam R$ 250 mil, todos nominais ao hospital. A doação foi arrecadada em um leilão realizado em Mato Grosso.

“Eu peguei a agenda, achei muito bonita e coloquei dentro do caminhão. Mas não cheguei em momento nenhum a olhar a agenda por dentro. Depois que eu voltei, sete e pouca da noite, do serviço, fui ver lá a agenda aí eu vi o envelope embaixo, mas eu não imaginava que tinha cheque dentro. Na hora que eu abri, tinha cheque, levei um susto, porque tem bastante cheque, né? Muito valor ali dentro”, conta Ana Maurícia.

A boa ação rendeu um novo emprego para Ana Maurícia, que sempre sonhou em trabalhar no hospital. A entidade garantiu que vai apurar como os cheques foram parar no lixo.

SALVO PELO GONGO: TIMPURIM DEVE CONTINUAR NA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

O professor Roberto Timpurim deverá continuar à frente da Secretaria Municipal de Educação por mais algum tempo. Segundo fontes, ele já solicitou à prefeita Nice Mistilides para tornar sem efeito o pedido de demissão protocolado ontem.

Como noticiado pelo blog, Timpurim tinha sido convocado pela Diretoria Regional de Ensino para retornar ao seu posto de origem, na EE “Juvenal Giraldelli”, por conta de uma resolução do governo estadual, emitida no dia 20/01. A resolução, de nº SG-6, dizia em seu artigo 1°:

Artigo 1º -Ficam cessados, a partir de 27-1-2015, os afastamentos de todos os servidores da Secretaria da Educação, devendo, a partir desta data, retornarem aos seus órgãos de origem.

Hoje, porém, as coisas mudaram um pouco. O Diário Oficial do Estado trouxe a publicação de outra resolução – a de nº SG-8 – que adia a volta dos professores afastados às suas escolas. Eis os dois artigos da nova resolução:

Artigo 1º – Ficam cessados, a partir de 06 de julho de 2015, os afastamentos de todos os servidores da Secretaria da Educação, devendo, a partir desta data, retornarem aos seus órgãos de origem.

Artigo 2º – Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, ficando insubsistente a Resolução SG nº 6, de 20 de janeiro de 2015.

Como se vê, Timpurim poderá continuar no cargo de secretário, pelo menos até o próximo dia 05 de julho. Não é improvável que, até lá, o governo estadual publique um novo adiamento e estenda o prazo por mais alguns meses.

A CHARMOSA EX-RUA DO CAFÉ ESTÁ ÀS ESCURAS

DSC01656

DSC01660

Ontem à noite, atendendo ao pedido de uma leitora, fiz uma incursão ao Jardim Oiti. A leitora tinha enviado um e-mail contando que, na quinta-feira, 22, a chuva que caiu em Jales deixou as ruas e as residências do bairro sem energia elétrica. A energia das residências voltou rapidinho, mas, a iluminação das ruas…

As fotos acima mostram um trecho da Rua “Juvêncio Pereira de Brito”, que, outrora, atendia pelo charmoso nome de “Rua do Café”, ou Coffee Street, como prefere chamá-la o Ismael Tonholi, um de seus ilustres moradores.

E as fotos abaixo mostram o mesmo trecho, visto por outro ângulo.  Notem que, na escuridão da noite, não é possível nem perceber o patriotismo dos moradores daquela rua. Nem a simpatia de seus cachorros.

DSC01657

DSC01665

Falando sério, a questão da iluminação pública mostra, mais uma vez, a incompetência da prefeita Nice Mistilides. Desde 2013 se sabia que a iluminação pública ficaria, a partir de 2015, por conta das prefeituras, mas a nossa prefeita não se preparou para isso.

Apesar de saber, repito, desde 2013, que receberia mais esse presente de grego, somente na semana passada a prefeita contratou – por R$ 48 mil – uma empresa para fazer um levantamento nas condições da iluminação pública. O levantamento é necessário uma vez que a Elektro alega estar entregando a iluminação em ótimas condições, sem pontos escuros, o que, convenhamos, não parece ser verdadeiro. 

Por outro lado, somente na semana passada a Prefeitura abriu, também, uma licitação para contratar a empresa que vai cuidar da manutenção diária da iluminação pública. Como se trata de uma concorrência, a contratação ainda vai demorar, no mínimo, dois meses. E, enquanto não se contrata a empresa, os moradores terão que ir se acostumando com a escuridão das ruas.   

WHATSAPP VIRA CASO DE POLÍCIA EM TANABI

Hoje, uma amiga de Tanabi me ligou pra dizer que aquela pacata urbe está em polvorosa. Tudo porque um desocupado qualquer resolveu organizar e divulgar via WhatsApp algumas daquelas listas nas quais ninguém deseja ser incluído.

Algumas mulheres relacionadas entre as – digamos assim – “mais acessíveis da cidade”, não gostaram da brincadeira, por sinal, de mau gosto. O caso foi parar na Delegacia, como se pode ver na notícia do Diário da Região:

Mensagens enviadas pelo aplicativo WhatsApp acabaram em agressão e viraram caso de polícia, ontem, em Tanabi. A professora K.A.G., 35 anos, e a irmã dela N.A.G., de 31, agrediram a farmacêutica P.F.S., de 23 anos, porque se sentiram ofendidas com uma mensagem que ela teria repassado pelo aplicativo. O nome das duas consta em uma lista que está sendo repassada pelo celular entre os habitantes de Tanabi desde a semana passada. Nela, estão nomes de moradores com a classificação de “os mais chatos”, “os mais cornos” e “os mais gays”, além de ofensas contra mulheres da cidade.

Só ontem, seis pessoas – entre elas as duas irmãs envolvidas na briga – haviam procurado à polícia para denunciar o problema. As irmãs afirmaram aos policiais que ficaram sabendo da lista e acusam P.F.S. de ter repassado a mensagem. Por conta disso, foram até ao local de trabalho dela, em uma farmácia, e a agrediram. Elas prestaram depoimento, registraram queixa por injúria e foram liberadas. Já a farmacêutica fez boletim de ocorrência por agressão e negou que tivesse repassado a lista com os nomes pelo WhatsApp.

Outra que procurou a polícia foi a assistente social F.G.P.V., de 36 anos. Ela afirma que teve a imagem prejudicada ao ser mencionada na lista. “Tenho um nome a zelar. Sou mãe de família e tenho dois filhos. Isso está afetando muito minha vida pessoal e profissional também. Foi coisa de alguma pessoa que tem inimizade comigo. Quero que essa pessoa seja punida”, afirmou.

O delegado José Francisco de Mattos Neto, titular da delegacia de Tanabi, afirmou que todos casos foram registrados como injúria, ou seja, quando o acusado atribui a alguém qualidade negativa, que ofenda sua honra ou dignidade. A pena para quem comete esse tipo de crime é de um a seis meses de detenção ou multa.

“Todas ficaram ofendidas com essa lista de muito mau gosto. Duas delas agrediram uma moça porque acreditam que ela teria repassado as mensagens. Vamos começar a investigar para chegar à origem dessas injúrias”, afirmou o delegado. 

A velocidade com que uma foto ou um texto se propaga pelo WhatsApp é grande, o que dificulta as investigações policiais. E o caso de Tanabi não foge à regra. A lista de mau gosto que rotula moradores da cidade começou a ser divulgada no último fim de semana e já chegou para a maioria dos usuários do WhatsApp daquela cidade. “Todo mundo está sabendo dessa lista. E cada um que recebe repassa e inclui algum nome, o que piora ainda mais a situação”, afirmou a assistente social F.G.P.V, vítima das mensagens.

VIOLADA ‘CINCO ESTRELAS’ ORGANIZA EVENTO COM RENDA PARA SANTA CASA

A notícia é da assessoria de imprensa da Santa Casa:

VIOLADA-DSC08441O calendário de eventos da Santa Casa tem inicio com a equipe da Violada Cinco Estrelas que irá realizar um evento com 100% da renda para o hospital. A festa está marcada para o dia 13 de março, no Villa Rocca, não será cobrado estacionamento e terá inicio às 20:00 horas.

De acordo com o mentor do evento, Junior Ferreira, a violada começou como uma brincadeira entre amigos e hoje tornou-se uma festa tradicional no município de Jales, e as expectativas para a primeira violada do ano em prol ao hospital são as melhores. “Devemos lembrar-nos da Santa Casa, e o intuito desta violada é colaborar, por isso, pretendo, no mínimo, uma festa por ano voltada ao nosso hospital. Sabemos da nossa responsabilidade social, e o mais interessante é que cada um faz a sua parte cantando, é um privilegio, as pessoas colaboram com aquilo que mais gostam de fazer”.

Para a responsável pelo setor de Captação de Recursos, Cristiane Fachola, foi uma satisfação receber a notícia que o Junior Ferreira iria organizar um evento voltado para o hospital. “Quando entrei em contato com ele, em meados de setembro, ele abraçou a causa e resolveu fazer o evento com renda total para o nosso hospital. Será uma grande parceria e a expectativa é que seja mais um evento de sucesso, como tantos outros que eles já organizaram. Nosso maior foco são os nossos pacientes, e sem dúvida este dinheiro irá auxiliá-los”, declarou.

A expectativa deste evento é alcançar um público de 1.000 pessoas e arrecadar cerca de R$ 25 mil reais, no qual será programada pela Santa Casa para custear a realização de aproximadamente 25 cirurgias eletivas, ou seja, pessoas de toda região deixarão de fazer no mínimo 50 viagens para São José do Rio Preto. O evento contará também com a participação voluntária do Cleber Alonso que buscará parceiros para propagandas no telão da festa, este dinheiro também será revertido para o hospital.

Os ingressos serão vendidos à R$ 80,00 com direito à comida, bebida, uma caneca de acrílico e serão vendidos em breve no Setor de Captação de Recursos da Santa Casa com a Cristiane.

TIMPURIM PEDE DEMISSÃO

DSC02677-ED

O professor Roberto Timpurim, que foi apanhado por uma dengue na semana passada, acaba de pedir demissão do cargo de secretário municipal de Educação. O pedido não tem, no entanto, nada a ver com o mosquito Aedes aegypti.

Segundo consta, Timpurim – que é professor estadual readaptado – teria sido convocado pela Diretoria Regional de Ensino para se apresentar à escola onde está o seu cargo original, no caso a EE “Juvenal Giraldelli”.

Com mais essa novidade, o primeiro escalão da prefeita Nice sofre – se eu não errei na contagem – a sua 45ª alteração. Entre o pessoal da foto acima, que tomou posse junto com a prefeita, restam apenas três remanescentes: Nilva Rodrigues, Bruno Guzzo e Sandra Gigante. Esta última também já pediu pra sair, mas, ao que parece, está esperando a prefeita arrumar um substituto.

Só para refrescar a memória dos prezados leitores, eis a relação dos que saíram, em ordem alfabética: André Matsukawa, Angélica Boleta, Braz Baratela, Bruno Altimari, Domingos Oliveira, Douglas Zílio, Fabiana de Paula, Fagner Pelarini, Igor Freitas, Izaias Barbosa, João Nogueira, Lúcia Callado, Luciano Nunes, Luciano Telles, Maria José Leite, Morió Suzuki, Oswaldo Polízio, Reginaldo Viotta, Roberto Timpurim, Simone Aranda, Sônia Scatena e Zinaira Rotta.

Como se vê, o governo Nice pode não ser grande coisa, mas, em matéria de rotatividade, dificilmente será superado.

Post Scriptum: são tantas as mudanças no primeiro escalão da Ungida que eu me esqueci de outros dois ex-chefes de gabinete: Elisa Barrientos e Reinaldo Azevedo(Rolinha).

COISAS NOSSAS

DSC01651-ed

Ontem, um morador inconformado resolveu aproveitar o dia chuvoso para plantar uma muda de bananeira. A iniciativa foi um protesto contra o buraco que enfeita a Rua Dezesseis, na esquina com a Avenida “Francisco Jalles”.

Como já se disse, se os moradores resolverem plantar uma bananeira em cada buraco do asfalto, Jales vai se transformar na maior produtora de bananas da região. 

1 2 3 4 5 12