Arquivos mensais: Fevereiro 2016

JANELA DA INFIDELIDADE: FAUSTO PINATO PLANEJA TROCAR O PRB PELO PP. TROCA TERÁ REFLEXOS EM JALES

Fausto Pinato durante coletiva

Ontem, em sua coluna Fique Sabendo, do Jornal de Jales, o jornalista Deonel Rosa Júnior registrou que “não será surpresa para esta coluna se o deputado federal Fausto Pinato deixar o PRB rumo ao PP”.

A troca pode até não acontecer, mas a informação é verdadeira. Por sinal, o jornal Diário da Região, de Rio Preto, também abordou o assunto em sua edição de ontem. Vejam o que o jornalista Rodrigo Lima escreveu na Coluna do Diário:

Dois deputados federais da região de Rio Preto podem aproveitar a “janela da infidelidade” para mudar de partido. Fausto Pinato pode deixar o PRB e se filiar no PP. As negociações são feitas diretamente com o presidente estadual pepista, deputado federal Guilherme Mussi, que já ofereceu a Pinato a secretaria-geral da legenda no Estado. Eleito com pouco mais de 20 mil votos, o parlamentar do PRB teria espaço para criar musculatura eleitoral. 

Tudo sob a chancela do cacique do PRB Celso Russomanno, que teria no PP uma dos seus aliados para disputar a Prefeitura de São Paulo. Pinato tem convite também do PSB. Outro que deve trocar de time é Sinval Malheiros. Após deixar o PV para se aventurar no recém-criado Partido da Mulher Brasileira (PMB), o parlamentar sofre assédio do PR, PSD, PHS e PTN.

Em Jales, a mudança de Pinato para o PP poderá significar também a ida de outros personagens – Tiago Abra, Ivan Bertucci e Pedrinho Callado, entre eles – para o partido do Guilherme Mussi.

A dúvida nos meios políticos é se essa turma, incluindo o deputado Pinato, irá compor com o atual presidente do PP de Jales, o Luiz Henrique Moreira, ou se ele será simplesmente defenestrado da presidência do partido.

Nos bastidores, comenta-se que a cúpula estadual do PP estaria descontente com Luiz Henrique, sob a alegação de que ele não teria se esforçado muito para reforçar o partido com novas filiações. Os números, no entanto, mostram que, em 2015, o PP de Jales conseguiu 20 novos filiados, o que não é pouco nas atuais circunstâncias.

Um dado curioso: o nome de Luiz Henrique não consta da relação de filiados do PP entregue ao TSE em 2015.

Outro dado: nas eleições municipais de 2012, o PP local marchou ao lado do DEM, do candidato Flávio Prandi Franco. Se as informações sobre a filiação de Pinato se confirmarem, o PP de Jales vai estar em outra trincheira nas eleições deste ano. 

FINALMENTE, RUA LOCALIZADA ATRÁS DO HOSPITAL DE CÂNCER SERÁ ASFALTADA

DSC01434

Parece que dessa vez é pra valer! A Prefeitura de Jales publicou, no final de semana, a abertura de uma licitação para contratar a empresa que irá executar a pavimentação asfáltica da Rua “Adelaide Gomes Peres Santana” (à direita, na foto acima), que passa atrás do Hospital de Câncer.

O asfaltamento daquela rua – que liga a Avenida “Masaru Kitayama” à Rua Suécia, na Vila Aparecida da Boa Vista – já foi tema para várias discussões. Em janeiro de 2015, por exemplo, o vereador Tiago Abra(SD) andou criticando a falta de empenho da então prefeita Nice Mistilides em resolver o caso. 

Na ocasião – em janeiro de 2015, repito – Abra revelou que os recursos destinados pelo Ministério das Cidades (R$ 295 mil)  já estavam à disposição, mas o município corria o risco de perde-los porque a prefeita Nice não estava disposta a entrar com a contrapartida combinada, que era de R$ 72,2 mil.

Agora, porém, tudo indica que a Prefeitura arrumou dinheiro para a contrapartida e a obra vai sair do papel. Registre-se que os recursos destinados pelo Ministério das Cidades são oriundos de uma emenda parlamentar do deputado federal João Dado(SDD).   

TJ-SP NEGA BLOQUEIO DE BENS DE COMISSÃO ORGANIZADORA DA FACIP 2013

adriano domenicisA 3ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou provimento ao recurso do Ministério Público de Jales em que os promotores pediam a indisponibilidade dos bens dos integrantes da Comissão Organizadora da Facip 2013. Para os desembargadores, não ficou demonstrado que os acusados estariam se desfazendo de seus patrimônios com o objetivo de fugir a um possível ressarcimento de danos.

A decisão dos desembargadores do TJ-SP confirma decisão da juíza da 4ª Vara Cível de Jales, Maria Paula Branquinho Pini, que, em novembro de 2014, havia indeferido o bloqueio dos bens solicitado pelo Ministério Público. Na ocasião, a juíza justificou a decisão contrária ao bloqueio, observando que a ação envolvia vários acusados e o suposto prejuízo – R$ 66,4 mil – era de pequena monta.

Por outro lado, a Ação Civil Pública ajuizada pela Promotoria local segue tramitando em Jales. Nela, a ex-prefeita Nice Mistilides e seus ex-assessores Adriano Lisboa, Roberto Timpurim, Renato Preto e Angélica Boleta, estão sendo acusados de improbidade administrativa por conta de supostas irregularidades na organização da Facip 2013. A festa, como se sabe, foi cancelada a 15 dias de seu início.

CRISE ALCANÇA ATÉ O MERCADO DO SEXO EM BRASÍLIA

2016

Quando os reflexos da crise batem em setores vitais da nossa economia, como é o caso, é porque a situação está mesmo preocupante. A notícia é do iG:

È quase fim de tarde, e Sandra ainda não atendeu um cliente. Sentada na escada, ela mexe no celular para passar o tempo. Espera a chuva, o frio e a crise irem embora. Há tempos, a garota de programa não vê o antigo hotel, no centro de Taguatinga, tão vazio. “Está muito difícil. O mercado está parado. Não é mais como antigamente. Estamos até fazendo desconto para ver se o cliente fica”, conta a mulher de 31 anos. Para ela, 2015 foi o ano menos lucrativo desde que entrou para o mercado do sexo, há nove anos. “A crise atingiu a todos”, salienta. 

 Sandra lembra que, há dois anos, conseguia lucrar, no mínimo, R$ 6 mil por mês. Agora, lamenta: “Se eu faço R$ 3,5 mil é muito”. Segundo a garota de programa, os clientes estão sem dinheiro e pedem descontos. E, para não perder freguês, ela negocia: “Se for cliente antigo, faço mais barato. Por exemplo, normalmente, são R$ 65, com quarto no hotel, por uma hora. Se for uma pessoa antiga, amiga, digamos assim, tenho feito por até R$ 50. O que não dá é para perder os clientes”. 

Apesar de não haver dados oficiais revelando o quanto as profissionais desse mercado foram afetadas pela crise econômica, fato é que Sandra não é a única a reclamar. Quem está começando assegura que o mau momento econômico do País está, sim, afetando a libido dos brasileiros. “Os clientes preferem ‘carne nova’ e, mesmo assim, está bem complicado. Faz uns dois meses que comecei e, sinceramente, não sei se vou conseguir juntar dinheiro como queria”, desabafa Letícia, 29 anos. 

 Natural de Goiás, a garota de programa conta que “Brasília tinha fama de ser um bom lugar para esse serviço”. Mas, por enquanto, a capital não a impressionou. “Esperava mais. Vim para cá achando que tiraria, pelo menos, R$ 5 mil. Meu máximo foram R$ 4 mil”, revela. Diferente de Sandra, ela não faz descontos. “A gente deve ser mais exigente. Ou tem ou não tem”, opina a acompanhante, que oferece seus serviços por meio de sites.

Outra garota de programa, que também trabalha por meio da internet, conta que “a clientela está mais reservada”. Segundo Mariana, de 38 anos, “as pessoas não estão mais querendo gastar com sexo. Querem pechinchar”, conta. Com os descontos, revela, o maior problema é que elas perdem valor de mercado. “Se a gente não ceder, acaba ficando sem. Mas tem cliente que quer descer tão baixo que, se cedermos, fazemos de graça. A crise realmente nos afetou”, completa. 

JORNAL DE JALES: IMPOSTO COBRADO PELA FAMÍLIA JALLES É ALVO DE INQUÉRITO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

DSC01438Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo onde o principal destaque volta a ser a cobrança do laudêmio, aquela taxa de 2,5% que é cobrada pela família do fundador Euphly Jalles nas transações imobiliárias ocorridas na área central da cidade e nos bairros Santo Expedito e Vila Inês. Segundo o jornal, o Ministério Público de Jales considera que a cobrança é ilegal e pretende abrir um inquérito civil para apurar possível violação à ordem jurídica com ocorrência de danos à coletividade.

O jornal traz, também, interessante matéria do jornalista Luiz Ramires, o famoso Feijão, sobre o projeto que declara de “utilidade pública” a escola de aviação do comandante Messias. Como se sabe, o prefeito Callado vetou o projeto, alegando que a escola é uma empresa que visa lucros, e a Câmara, de seu lado, derrubou o veto do prefeito. Segundo a matéria, alguns vereadores teriam ficado irritados com um parecer jurídico da Prefeitura que, entre outras coisas, afirmava que a Câmara teria feito uma manobra para aprovar o projeto.

A morte de um advogado de 43 anos, que teve um mal súbito enquanto fazia uma caminhada, em Palmeira D’Oeste; a posse da nova diretoria da subseção da OAB de Jales; a aprovação, às pressas, do Plano de Mobilidade Urbana de Jales; as providências do Ministério Público Federal para tentar diminuir a infestação do Aedes na região; e a morte do comerciante Jayme Pedro Pêgolo, na terça-feira, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta que o prefeito Pedro Callado, em discurso na inauguração da sede própria do Rotary Clube Grandes Lagos, fez alguns reparos aos métodos utilizados na Operação Lava Jato. Callado, ex-juiz de Direito, não vê com simpatia o esquema de prender antes para forçar delações premiadas. Segundo ele, o método pode produzir injustiças.   

DATAFOLHA: LULA É O MELHOR PRESIDENTE PARA 37%

lula povo

Há alguns dias, um colunista do jornal O Globo ficou surpreso (aqui) com a constatação de que o PT foi o partido que mais cresceu – em número de filiações – entre o público jovem. E tudo indica que ele vai se surpreender novamente. A notícia é do Brasil 247:

Uma pesquisa Datafolha que será divulgada na edição da Folha de S. Paulo deste domingo, já disponível na internet, revela um dado surpreendente. O massacre midiático contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda não foi capaz de eliminar o reconhecimento do eleitor pelos avanços conquistados em seus dois governos.

Para 37% dos brasileiros, Lula é o melhor presidente da história do Brasil, seguido por Fernando Henrique Cardoso, com 15%. Em relação à pesquisa anterior, realizada em novembro do ano passado, houve oscilações dentro da margem de erro: Lula caiu de 39% para 37% e FHC recuou de 16% para 15%.

A pesquisa, no entanto, não traz apenas boas notícias para Lula. Segundo o Datafolha, para a maioria dos brasileiros, houve um “toma lá, da cá” na relação entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e empresas envolvidas na Operação Lava Jato. A avaliação é que Lula recebeu favores das construtoras, seja nas obras do sítio de amigos em Atibaia (SP), seja na reforma do apartamento do Guarujá (SP), que não lhe pertence.

De acordo com o Datafolha, 62% avaliam que Lula foi beneficiado pelas obras no Guarujá, a cargo OAS. Entre eles, 58% acham que a construtora recebeu vantagens do PT. No caso do sítio em Atibaia, 58% acreditam que o presidente tenha sido beneficiado pelas obras na propriedade, sendo que, para 55%, os responsáveis pelas reformas também receberam vantagens de governos do PT.

A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 25 de fevereiro. Foram feitas 2.768 entrevistas em 171 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

A TRIBUNA: CALLADO VAI RECAPEAR RUAS COM RECURSOS ANUNCIADOS POR NICE

capa tribuna 28.02.16O jornal A Tribuna deste final de semana está destacando a falta de empresas interessadas em vender massa asfáltica para a Prefeitura de Jales, o que vai atrasar o início da operação tapa-buracos que o prefeito Pedro Callado planeja fazer. O jornal está informando, também, que a Rua das Palmeiras e algumas ruas do bairro Roque Viola – todas muito esburacadas – deverão ser recapeadas com recursos anunciados ainda nos tempos da ex-prefeita Nice Mistilides.

E por falar em Nice, o TJ-SP julgou recurso do Ministério Público de Jales e negou o pedido dos promotores que pretendiam bloquear bens dos envolvidos no caso Facip 2013, entre eles a ex-prefeita e os assessores Adriano Lisboa, Angélica Boleta, Renato Preto e Roberto Timpurim. O bloqueio dos bens já tinha sido negado pela Justiça de Jales, em novembro de 2014. A Ação Civil Pública em que os envolvidos são acusados de improbidade administrativa segue tramitando na 4ª Vara Cível de Jales.

O concurso público que a Câmara vai fazer ainda no primeiro semestre; o 8º Festival Nacional de Teatro marcado para abril/maio, em Jales; a prisão de um golpista que estava aplicando o “boa noite Cinderela” em idosos de Jales; a inauguração de um Clube de Pôquer na cidade; e a trajetória do comerciante Jayme Pedro Pêgolo, que faleceu na terça-feira, 23, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, comentários sobre as críticas que os vereadores de Jales receberam por conta da aprovação do Plano Municipal de Mobilidade Urbana. Na página de opinião, o elétrico Marco Antônio Poletto escreve sobre a arte de escrever, enquanto o Victor Pereira escreve sobre a falta de bons centroavantes no futebol brasileiro. No caderno social, destaque para o aniversário da enfermeira Celma Crepaldi e para o belíssimo sorriso da Cristiane Belini, registrado pela coluna do Douglas Zílio. 

CINECLUBE VOLTA NESSA SEGUNDA-FEIRA COM “TEMPOS MODERNOS”, DE CHARLES CHAPLIN. A ENTRADA É GRATUITA

cineclube chaplin

E acabou a moleza do professor Antônio Rodrigues Belon. Nessa segunda-feira, 29, estarão de volta as atividades do Cineclube, promovido pelo Cine Jales e pelo Centro Cultural “Ponto de Partida”. Por isso mesmo, o Belon já está tratando de convidar os apreciadores dos bons filmes.

Como se pode ver no cartaz acima, o primeiro filme de 2016 é o clássico “Tempos Modernos”, do genial Charles Chaplin. Aclamado pela crítica e pelos cinéfilos, quando lançado, o filme – que é uma dura crítica à sociedade americana – acabou não sendo  indicado para o Oscar. O que não quer dizer nada, pois o Chaplin não dava a menor importância ao Oscar.

A sessão começa às 20:00 horas. Mas, vamos ao release enviado pelo professor Belon:

O Cine Jales – Avenida Francisco Jalles, 2991, em Jales – e o Centro Cultural “Ponto de Partida”, apresentam, no dia 29 de fevereiro, segunda-feira, às vinte horas, uma nova atração.

“Tempos Modernos”, feito em 1936, satiriza os avanços do capitalismo e a crença cega no progresso. Com muito humor, Charles Chaplin desmonta um sistema que inventa máquinas para moer homens.

Um operário de uma indústria repete tantas vezes o gesto de apertar parafusos que perde a razão e é internado. Recuperado, volta às ruas e logo vai preso, quando a polícia pensa que ele virou líder de uma greve. Libertado, ele se apaixona por uma garota órfã e tenta trabalhar numa loja, mas sempre se mete em confusão. Quem ainda não viu, vai ver; que já viu, vai rever…

As atividades do cineclube destinam-se ao público em geral, sem a cobrança de ingressos. Gratuitamente.

EUCLIDES DA CUNHA FAZ MAIS UMA VÍTIMA FATAL

A notícia é do jornal O Extra, de Fernandópolis:

o extra 27.02.16No final da tarde de ontem (26), por volta das 17h50, a Polícia Rodoviária Estadual registrou um grave acidente automobilístico, ocorrido na Rodovia Euclides da Cunha (SP-320), no perímetro urbano de Fernandópolis, no qual resultou na morte de uma mulher e seis feridos. As vítimas não tiveram os nomes revelados pelo policiamento.

Informações do boletim de ocorrência dão conta de que o referido acidente aconteceu após o Nissan Versa, no qual a mulher se encontrava no banco traseiro, ter sido atingido lateralmente por outro carro e consequentemente ter sido “jogado” ao canteiro central.

Na sequência, o Nissan Versa atingiu um VW/Gol, que seguia no sentido contrário da pista, que consequentemente foi atingido por um Fiat Strada, que vinha logo atrás. O acidente chamou a atenção de vários motoristas, que estacionaram os carros no acostamento da SP-320, na intenção de socorrer as vítimas.

“Foi um acidente muito feio. Estava a alguns metros do local e o barulho da batida foi alto. Parei o carro no acostamento e fui em direção às vítimas, no intuito de acalmá–las. Estavam bem assustadas”, declarou o vendedor Marcelo Fernandes, 29 anos.

Unidades do SAMU (Serviços de Atendimento Móvel de Urgência) e do Corpo de Bombeiros foram acionadas. As outras seis vítimas sofreram ferimentos leves e foram encaminhadas à Santa Casa de Fernandópolis, onde, após receberem atendimento, passam bem.

MINISTÉRIO PÚBLICO ARQUIVA INVESTIGAÇÃO SOBRE SUPOSTA AGRESSÃO DE RICARDO JUNQUEIRA CONTRA MATOGROSSO

`ricardo junqueiramatogrosso face

A notícia é do jornal Folha Noroeste:

O Ministério Público Estadual em Jales requereu o arquivamento do Termo Circunstanciado para apurar a possível prática de infrações penais de ameaça e vias de fatos, atribuídas ao funcionário público municipal Ricardo Augusto Cunha Junqueira, contra o servidor municipal aposentado Lauro Gonçalves Leite Figueiredo.

O fato teria ocorrido no dia 18 de maio do ano passado defronte a Prefeitura de Jales quando, segundo Lauro Figueiredo declarou, Ricardo Junqueira teria desferido dois socos em suas costas e, após, lhe teria proferido alguns dizeres ameaçadores.

Várias testemunhas foram ouvidas pelo Ministério Público Estadual que concluiu que “as versões apresentadas denotam contradições quanto ao modo que teria agido o investigado, de forma que não se sabe ao certo se ele deu dois socos, ou uma gravata, ou ainda se apenas colocou a mão no pescoço de Lauro”.

Uma das testemunhas disse que Ricardo Junqueira estaria com a mão no pescoço de Lauro; uma outra que não viu agressão mais viu Lauro ser tocado no ombro. Uma outra disse que Ricardo Junqueira teria dado um gravata em Lauro Figueiredo.

Segundo Ministério Público, o fato é que a agressão relatada por Lauro Figueiredo – que teria levado dois socos no pescoço – não foi confirmada por nenhuma das testemunhas que presenciaram o ocorrido “e isso impede a continuidade da persecução penal”. Diante esses fatos, o Ministério Público requereu o arquivamento do procedimento.

1 2 3 10