MARGINAL ‘IZAURA BERTO VENTURINI’ PODE GERAR MAIS UMA DÍVIDA PARA A PREFEITURA DE JALES

De um lado, o advogado Silvério Polotto e, de outro, o Município de Jales. Os personagens já são conhecidos e o enredo é parecido com o caso do Distrito Industrial II, onde uma desapropriação mal feita originou a maior dívida do município. Dessa vez, Polotto está defendendo os interesses da empresa Heiwa Empreendimentos Ltda.

A empresa adquiriu, há algum tempo, um terreno no bairro Santo Expedito, que, segundo informações, inclui um pedaço da marginal “Izaura Bertho Venturini”. Coisa de 3.000m², mais ou menos. Representantes da Heiwa – com a intermediação do ex-presidente da ACE, Toninho Cruz – até procuraram o prefeito Humberto Parini, para um acordo que custaria à Prefeitura algo em torno de R$ 90 mil.

Os empresários receberam a resposta padrão – “vou estudar” – e, depois de esperar um bom tempo, recorreram à Justiça. O caso está na 3ª Vara Judicial de Jales. A Prefeitura bem que tentou se livrar do abacaxi, jogando a culpa no DER, mas a Justiça não aceitou a desculpa. Aliás, se eu entendi bem, a Justiça já disse que a Prefeitura terá que pagar uma indenização, restando apenas apurar qual seria o valor dela. Segundo informações extra-oficiais, um perito já teria avaliado o valor do terreno desapropriado em cerca de R$ 300 mil.

Certamente que a Prefeitura recorrerá às instâncias superiores, mas, tudo indica, estamos diante de um futuro precatório.

5 comentários

  • anônimo

    por isso que jales não vai pra frente!

  • Anônimo

    Por que não fez um acordo e pagou menos,lá no futuro vamos nós pagar uma fortuna ,na hora de vender terrenos joga fora.

  • anonima

    art. 171 “6 vezes”…seu idiota …sem coração…ao invés de dar os pesames para a família do Paulo Arouca…fica postando informações que não cabem ali…pelo amor de Deus meu filho aprende a ler…

  • advogar

    Cardosinho,..
    Pelo teor da acao de indenizacao….a pericia efetuada pelo eng. Laurentinho e de 90 mil,..
    Pelo que sei tambem,.. a reuniao que teve na empresa onde trabalha o presidente do PT, foi desse jeito mesmo.

    O candidato do PT – Especiato – ira pedir votos a esse eempresario jalesense,.. se tiver coragem…

    E uma pena… Jales merce coisa melhor que esse Parini…
    Gostaria de dar a minha nota a esse prefeito: ZERO!!!
    dee sua nota tambem a adm Parini.

  • Anônimo

    O Juliano não é mais candidato, olê, olê, olá… Jales vai ganhar……

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *