PREÇOS DOS ALIMENTOS SUBIRAM 12,20% EM 2010, SEGUNDO FIPE

CONTRAMÃO: EM JALES, PREÇO DA MERENDA ESCOLAR CAI 17%

Jales é mesmo uma cidade bafejada pela sorte.  A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE divulgou ontem, conforme matéria do Estadão, que os preços dos alimentos subiram 12,20%  durante o ano de 2010. O índice está bem acima do percentual medido em 2009, quando a inflação da alimentação registrou alta de 1,81%.  Apesar da alta de 12,20%  nos alimentos, verificada em 2010, o prefeito Humberto Parini não tem do que reclamar. Afinal de contas, a empresa Gente Nutrição Ltda, responsável pelo fornecimento da alimentação escolar em Jales, resolveu desconsiderar todos os índices inflacionários e oferecer um desconto de 17% nos preços que estão sendo cobrados atualmente por cada refeição consumida em nossas escolas e creches.

Conforme já registrado em post anterior, a empresa venceu a nova concorrência realizada pela Prefeitura de Jales, propondo o valor de R$ 1,39 por refeição, ou seja, R$ 0,25 a menos do valor (R$ 1,64) que vem sendo cobrado desde abril de 2010. O novo preço vai proporcionar uma economia anual de aproximadamente R$ 350 mil aos cofres municipais.  

Das duas, uma: ou a FIPE não está sabendo medir a inflação dos alimentos, ou a Prefeitura de Jales estava pagando caro pela merenda escolar servida aos alunos do município. Ou então a empresa Gente resolveu fazer caridade, hipótese na qual nem a Velhinha de Taubaté acreditaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *