PREFEITURA SEGUE COM SERVIÇOS DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO PELA CIDADE

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A Prefeitura Municipal de Jales tem dado continuidade nos serviços de manutenção e limpeza em diversos pontos da cidade. A equipe coordenada pelo secretário municipal de Obras, Manoel Andreo de Aro prossegue nesta última semana de agosto com os trabalhos no residencial Jardim Alvorada e no Aterro Sanitário Municipal.

O Jardim Alvorada está sendo contemplado com a conservação da limpeza do sistema de drenagem das águas pluviais, ou seja, o sistema de galerias. Com equipamentos de grande porte, a Prefeitura está realizando a desobstrução dos dissipadores de águas pluviais.

Segundo o secretário Manoel de Aro, o Ministério Público Estadual encaminhou recomendações para que o problema de alagamento durante o período de fortes precipitações (chuvas) fosse sanado. “Após os alagamentos ocorridos no residencial Jardim Alvorada, estamos realizando a limpeza e também a manutenção de alguns pontos danificados no sistema de galerias. Este problema é proveniente também pelo fato da junção de águas pluviais das galerias do Jacb 1 e 2, Monte Líbano, Nova Jales, Nova Jales 2 e do próprio Alvorada”, explicou.

No aterro sanitário, a municipalidade com apoio e parceria da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), realiza a revisão da limpeza do complexo de drenagem do chorume na 2ª etapa da 2ª célula do aterro sanitário que em aproximadamente 60 dias estará em pleno funcionamento.

Ainda, de acordo com o secretário Manoel de Aro, uma empresa vencedora de processo licitatório também iniciou serviços de conservação de vias públicas, praças, jardins e outros logradouros para atender a Secretaria Municipal de Obras, Serviços Públicos e Habitação. As atividades executadas pela empresa contemplam roçagem, capinagem, limpeza, pintura de guias, transporte e destinação final de resíduos e reparo nos sistemas de drenagem de águas pluviais (galerias).

1 comentário

  • Jd. Novo Mundo

    Na Rua Fátima que passa ao lado da Escola COC, tem um bueiro cheio de água a meses, pois o mesmo teve sua saida fechado para a construção de uma calçada em uma área da Diocese.
    Os vizinhos já ligaram na Vigilância Sanitária, SUCEN, Prefeitura e até agora nada. Só faltam ir no MPF, para ver se eles dão uma solução nesse e outros criadores de DENGUE!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *