REPATRIAÇÃO: CALLADO PAGA ENTIDADES E DEIXA R$ 900 MIL EM CAIXA PARA FLÁ PAGAR SALÁRIOS

dsc02727-callado-e-magalhaes

O prefeito Pedro Callado e o secretário de Planejamento José Magalhães Rocha, além de parte da equipe da Secretaria de Finanças, permaneceram de plantão até as 18:00 horas de ontem, sexta-feira – quando a Prefeitura ficou fechada – aguardando o depósito dos recursos da repatriação, prometidos pelo governo federal.

O dinheiro, porém, só foi transferido para uma das contas mantidas pela Prefeitura no Banco do Brasil, aos 45 minutos do segundo tempo, por volta da meia-noite. O valor que coube a Jales – R$ 1,2 milhão – ficou até um pouquinho acima das expectativas iniciais.

dsc02738-edHoje, logo pela manhã, Callado e Magalhães voltaram à Prefeitura para assinar alguns cheques e pagar algumas contas. Eles priorizaram os repasses devidos às entidades locais, que estavam atrasados há alguns meses. “Nós prometemos que pagaríamos essa dívida, caso chegassem os recursos da repatriação, e estamos cumprindo“,  ressaltou o prefeito, que se disse aliviado: “eu tenho consciência do papel importante dessas entidades e fico aliviado por encerrar meu mandato acertando essa dívida“.

Segundo o secretário Magalhães foi pago um total de R$ 300 mil a entidades como a APAE, o Lar dos Velhinhos, o Lar Transitório, a SACRA, a AACAJ e a Santa Casa de Jales, além da Corporação Musical. Callado e Magalhães explicaram que os outros R$ 900 mil irão ficar no caixa da Prefeitura para que o futuro prefeito possa, se quiser,  utilizá-los no pagamento dos salários de janeiro.

“A principal dificuldade do Flá, no início de janeiro, será a Folha de Pagamento, que precisa ser fechada até o quinto dia útil. Esses R$ 900 mil não é muito, mas poderá ajudá-lo a pagar os salários em dia, ressaltando, porém, que caberá ao Flá e ao futuro secretário decidirem a melhor forma de utilizar esse dinheiro“, concluiu o secretário.

Depois de cumprirem o último dia de trabalho na Prefeitura, Callado e Magalhães pretendem descansar um pouco. “O doutor Pedro que me desculpe, mas amanhã, quando ele estiver transmitindo o cargo, eu já vou estar de bermuda e chinelo, preparando um churrasco para a família”, brincou Magalhães.

De seu lado, Callado não confirmou se vai assumir a Procuradoria Geral do Município. “A única coisa que posso adiantar é que eu vou passar uns dias no Ceará, curtindo umas férias com a família. Em fevereiro, quando eu voltar, aí nós vamos ver que rumo iremos tomar“, confidenciou o quase ex-prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *