A TRIBUNA: DEPOIS DE INVESTIGADA PELA PF, MÉDICA DE JALES É ACUSADA DE ENRIQUECIMENTO ILÍCITO

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca a inauguração da filial do Supermercado Bom Retiro (SBR) em Jales, ocorrida na sexta-feira, 29. Segundo o proprietário, Alcides Oliveira Fernandes, a filial abriu as portas gerando 186 empregos diretos e está trazendo grandes inovações para a cidade. “São instalações novas e modernas, iluminação de Led, ilha de congelados das mais modernas do país, açougue diferenciado e uma loja 100% climatizada. Uma loja do tamanho que Jales merece!”, disse Alcides em coletiva de imprensa.

Destaque, também, para os dois concursos públicos e os dois processos seletivos abertos pela Prefeitura de Jales, que vão gerar mais de 100 vagas no quadro de servidores efetivos do município, além de vagas temporárias para professores. De acordo com o jornal, os salários variam de R$ 958,80 até R$ 5.972,78. A matéria ressalta que os salários estão causando estranheza. O salário do contador (R$ 5,9 mil), por exemplo, é muito maior que de outros cargos que exigem nível de escolaridade superior, como é o caso de médicos (R$ 5,1 mil), dentistas (R$ 4,6 mil) e psicólogo (R$ 2,4 mil), todos com jornada de 40 horas semanais.

A ação civil ajuizada pelo Ministério Público de Jales contra uma médica que presta serviços ao município. Ela foi investigada durante três meses pela Polícia Federal e está sendo acusada de enriquecimento ilícito; a atuação da Polícia Civil de Jales, que prendeu, na sexta-feira, em Limeira, dois ladrões que participaram de roubo na loja Maroca For Men; a inauguração da subdelegacia do Cremesp em Jales, que vai atender 40 municípios da região; e a iniciativa de uma empresa chinesa que vai doar recursos para pagar toda a energia elétrica consumida pelo Hospital de Câncer durante um ano, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, destaque para o disse-me-disse envolvendo o vereador Deley e o ex-vereador Gilbertão. Na página de opinião, o artigo do ex-prefeito Pedro Callado explica que imunidade parlamentar não é um privilégio pessoal, enquanto a crônica do blogueiro Hélio Consolaro fala do acidente de trabalho ocorrido em um curtume de Andradina, que matou três funcionárias. No caderno social, destaque para a primeira edição do “Boteko da Apae de Jales”. E na coluna do Douglas Zílio, o reaparecimento em grande estilo da ex-vereadora Pérola, agora atuando como colaboradora voluntária da Apae.    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *