DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste deste sábado, destaque para a expectativa de vida dos brasileiros que – apesar das balas perdidas, latrocínios, acidentes e filas em hospitais – aumentou consideravelmente nos últimos anos. Segundo dados da Tábua de Mortalidade de 2016, divulgados ontem, 1º, pelo IBGE, a expectativa de vida dos nativos chegou a 75,8 anos. Ainda está longe dos 140 anos previstos pela reforma da Previdência do Temer, mas já significa um aumento razoável, já que, em 1940, cada brasileirinho que chegava a este mundo cruel tinha a expectativa de viver, em média, pouco mais de 45 anos. Segundo um pesquisador do IBGE, deve-se o aumento à incorporação dos avanços da medicina às políticas de saúde pública.

Destaque, também, para a aprovação do projeto de lei do vereador Henrique Macetão(PP), que estabelece o atendimento preferencial nas repartições públicas às pessoas que estejam se submetendo a tratamento contra o câncer. Além das repartições públicas, a obrigatoriedade do atendimento prioritário alcança também as agências bancárias e os estabelecimentos comerciais, bem como as concessionárias de serviço público.Para ter prioridade no atendimento, o paciente deverá apresentar declaração médica que ateste sua condição. Os estabelecimentos que descumprirem a lei serão notificados e terão dez dias para sanar a irregularidade.

Na coluna FolhaGeral, o editor-chefe Roberto Carvalho – que já está perto dos 76 anos e pretende colaborar para que a nossa expectativa de vida continue aumentando – está informando que, segundo suas fontes, algumas pessoas que estiveram com a deputada Analice Fernandes, durante evento na Santa Casa de Jales, notaram um certo desânimo da nossa conterrânea com relação aos tucanos de Jales. Roberto comenta, também, as fotos aéreas providenciadas pela Prefeitura, que flagraram os proprietários de imóveis que fizeram puxadinhos ou reformas sem comunicar o cadastro imobiliário do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *