MORADORES FAZEM MUTIRÃO PARA TAPAR BURACOS DE RUA NO JARDIM DO BOSQUE

dsc02485-ed

dsc02481-edQuem passou pela Rua “Ovídio Pinheiro”, no Jardim do Bosque, no final da tarde de quarta-feira, 23, deve ter estranhado a movimentação dos dois caminhões da foto ao lado e de alguns moradores daquela rua.

É que os moradores se juntaram em mutirão para tapar os buracos – ou crateras – existentes na rua. Eles conseguiram 4 metros cúbicos de concreto, que foram levados pelos dois caminhões, mas foram os próprios moradores que botaram a mão na massa e executaram o serviço.

Os moradores tomaram essa iniciativa depois que alguns deles sofreram pequenos acidentes com seus carros. Segundo o blog apurou, um dos moradores gastou R$ 400,00 com seu carro, depois de cair em um buraco.

dsc02491-ed

Parece, porém, que não é apenas o pessoal da Rua “Ovídio Pinheiro” que está tentando ajudar a Prefeitura. Na Avenida “Paulo Marcondes”, quase na rotatória da Vila União, alguma boa alma tapou alguns buracos com pedrisco e areia, como se pode ver na foto acima. Pena que restaram muitos outros buracos na avenida.

dsc02495-ed

E na Avenida Integração, um morador teve que improvisar para conseguir entrar e sair de sua garagem. Como a foto acima mostra, ele resolveu o problema colocando algumas pedras nos buracos que o atrapalhavam. 

8 comentários

  • Se a moda pegar, adeus prestação de serviço público,cada um vai ter q tapar seu buraco.

  • EU QUERO IR NA PASSEATA

    Dr. Pedro Callado, que péssimo exemplo em!

    Depois de mandar a população varrer as ruas de Jales, vemos seus pagadores de impostos taparem os buracos. COBREM DESCONTOS NOS IMPOSTOS!!!!!!

  • é perigoso isso virar projeto de lei pelos vereadores e cada um tem que tapar o buraco que tem na frente de sua casa, já imaginou que beleza hummmm.

  • Fantastico

    O Henrique do Caj é volutanrio? Manda ele pegar uma enxada e ajudar a tapar buraco aos invés de ficar fofocando e batendo perna na porta de prefeitura. Ele era contra o fla e o Garca agora que fica fazendo média. Vai trabalha Henrique.

  • Gustavo

    Na rua 14 entre a avenida e a rua 11, quase no centro da cidade está impossível de passar.

  • Futuro melhor

    ALÉM DE PAGAR IMPOSTOS AGORA OS MORADORES TEM QUE PAGAREM PARA ARRUMAR AS RUAS, QUE VERGONHA, CADE O PREFEITO QUE SÓ FALOU, FALOU E NÃO FEZ NADA, AGORA DA PARA VER O PORQUE ELE FOI VICE DA NICE, CADE TAMBÉM OS VEREADORES QUE NÃO TRABALHAM PARA ACHAR UMA SOLUÇÃO, CORRER ATRÁS DOS DEPUTADOS QUE EM ÉPOCA DE ELEIÇÃO APARECE TUDO AQUI COM A MAIOR CARA DE PAU PEDINDO VOTOS…VERGONHA….VERGONHA…VERGONHA….DE NOSSA JALES…POR TER ADMINISTRADORES QUE SÓ QUEREM SE APARECER E NÃO FAZEM NADA….

  • Maria Helena de Souza

    Dr. Pedro Callado, o senhor que se fez de prefeito, mas na realidade só brincou, eu gostaria de saber onde estão os 4 milhões do empréstimo que a prefeitura fez com sua anuência para recapear parte da cidade? Não é um absurdo o próprio contribuinte ter que varrer rua e concretar os buracos da cidade? Não é uma vergonha um advogado querer prejudicar economicamente os funcionários públicos, tentando lhes tirar o 14º salário, que não chega o valor de 1. milhão e 200 mil por ano? sendo que o orçamento da cidade ao ano é de mais ou menos 50 milhões? o restante onde vai? onde vai o dinheiro do imposto do IPTU? onde vai o dinheiro do imposto do ISS? onde vai o 50% do IPVA que fica em Jales? onde vai os 25% do ICMS que fica para a prefeitura? será que os funcionários gastaram tudo, ao administrar muito mal a cidade? por isso terão que pagar? O senhor de uma moral ilibada,acha justo acabar com o 14º salário dos funcionários ? por que não tenta tomar uma atitude digna, pelo menos antes de entregar o cargo? por que dos que vão entrar os funcionários, não precisam esperar nada só chumbo grosso, pois os mesmos não irão perder dinheiro
    nenhum, pois já tem um advogado trabalhando por eles, ou seja a verdadeira politicagem brasileira: os capitalistas gastando e os servos pagando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *