REPORTAGEM DO SBT MOSTRA MORADORA DE JALES SE PREPARANDO PARA COMPETIÇÃO DE FISICULTURISMO

Uma reportagem da jornalista Vivi Santos, veiculada pelo programa “Bem na Hora”, do SBT, mostra uma dona de casa de Jales – Karina Rodrigues de Lima, de 37 anos, casada e mãe de dois filhos – se preparando para uma competição de fisiculturismo.

Karina conta que sempre gostou muito de musculação e que decidiu participar de competições no ano passado. A reportagem completa tem pouco mais de 11 minutos e pode ser vista aqui.

5 comentários

  • Invasões de terras.

    Algum entendido em reforma agrária poderia nos informar quantas invasões de terras tivemos neste ano de 2019 ?, se houve porque, e se não houve porque também.
    Ficamos no aguardo.

    • Como sempre, seu comentário está totalmente deslocado, já que o assunto do post é uma dona de casa fisiculturista. Mesmo assim, te respondo com uma pergunta: Além de “Meu Pé de Laranja Lima”, o amigo já leu outros livros, como “A Arte da Guerra”, por exemplo?

      • Ninguém se apresentou.......

        Como ninguém se apresentou (diga-se PTralhas), para responder, como o DONO do blog que é petista (não disse PTralhas), saiu em defesa de seus agregados, então vamos por etapas:
        No mesmo período do ano passado tivemos 43 invasões, no mesmo período deste ano tivemos UMA, que o próprio INCRA constou em seus relatórios como desinteligência, sabem porque senhores PTralhas ?
        Há sabem né, porque os últimos governos financiavam estas invasões, qualquer bom idiota PTralha sabe disso, não é novidade…..
        Quanto ao comentário estar deslocado, tenho que rir, ninguém aqui segue o seu RITUAL…..
        Quantos aos livros que o senhor me sugeriu, tive o prazer de assistir via TV Tupi, em preto e branco a novela ” o meu pé de laranja lima”, o outro livro, quando estiver aposentado com 50% do soldo que o senhor percebe hoje, lhe prometo que estarei fazendo esta leitura.

  • Paulo

    Não,agora as terras só serão como antes ,dos grileiros, dos grandes, que só quer as terras para estato e especulação e sempre improdutiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *