VANDALISMO: HOMEM CONFESSA TENTATIVA DE ATEAR FOGO EM TEATRO E SUPERMERCADO DE JALES

Imagem 02Um morador de Palmeira D’Oeste, E.G.O., de 43 anos confessou à polícia de Jales ter sido o autor dos atos de vandalismo que incluíram a tentativa de incendiar o Teatro Municipal de Jales, na quinta-feira, 21.

Ele chegou a atear fogo em quatro pontos do Teatro, mas, por sorte, os bombeiros foram Imagem 03avisados e apagaram os focos de incêndio. Além disso, ele também ateou fogo em algumas caixas de papelão e madeira nos fundos do Sakashita Supermercados.

E.G.O. – que possui diversas passagens pela polícia – chegou a ser detido na noite dos fatos, mas negou a autoria dos mesmos e, como não havia Imagem 04testemunhas presenciais,  acabou sendo liberado após a lavratura do boletim de ocorrências de autoria desconhecida.

Ontem, porém, ele voltou a ser preso, dessa vez em flagrante, acusado de furto a uma residência em Palmeira D ‘Oeste. Encaminhado à Cadeia de Imagem 05Jales, E.G.O. foi novamente interrogado sobre as tentativas de incêndio.

Confrontado com as imagens de uma câmera de monitoramento obtidas pelo setor de investigações da polícia, ele não teve mais como negar e acabou confessando os atos de vandalismo, alegando que estava sob efeito de bebida alcoólica.

Ele confessou que usou um isqueiro para atear fogo nas cortinas dos banheiros do Teatro e nas caixas do supermercado. Segundo o policial civil Ailton Marques, que participou das investigações, E.G.O. deverá ser, agora, processado por dano qualificado ao patrimônio público.

12 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *