VIÚVA DE PEDREIRO PROCESSA VIAÇÃO JAUENSE POR MORTE DO MARIDO EM ACIDENTE COM ÔNIBUS

DSC03879-ed

A viúva do pedreiro autônomo J.S.L., que faleceu em um acidente com um ônibus da Viação Jauense ajuizou uma Ação de Reparação por Danos Materiais e Morais contra a empresa responsável pelo transporte coletivo em Jales.

A viúva, representada pelo advogado Adevaldo Dionizio, está pedindo a condenação da empresa e do motorista R.F.F., ao pagamento de indenização no valor de R$ 339 mil, mais uma pensão mensal de R$ 1,3 mil.   

Em um domingo de abril deste ano, por volta das 19:30 horas, o pedreiro J.S.L, transitava com sua motocicleta pela Avenida Paulo Marcondes, nas proximidades da Primeira Igreja Batista de Jales,  quando foi atropelado por um ônibus da Viação Jauense.

Com o choque, ele foi arremessado para a outra pista da avenida e arrastado alguns metros por outro veículo, vindo a falecer na Santa Casa de Jales.

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *