HÁ CINQUENTA ANOS, CORINTHIANS QUEBRAVA TABU CONTRA SANTOS

A lenda diz que o Corinthians ficou 11 anos sem ganhar do Santos, de 1957 a 1968. Na verdade, nesse período o Timão ficou sem ganhar do Santos no campeonato paulista. Em outros campeonatos, como o Torneio Rio-São Paulo e a Taça São Paulo, o Corinthians ganhou do Peixe – com Pelé e tudo! – em quatro ocasiões.

De qualquer forma, 11 anos sem ganhar um jogo do Santos no campeonato paulista – que, ao contrário de hoje, era um torneio importante – não é pouca coisa, especialmente para um clube da grandeza do Corinthians.

Eu ainda era um garoto, mas me lembro daquela quarta-feira, 06 de março de 1968, como se fosse hoje. A partida foi cercada de grande expectativa, pois o Santos – que viria a ser a base da seleção brasileira nas eliminatórias para a Copa de 1970 – era um time fortíssimo, enquanto o Corinthians, que já tinha Rivelino, havia acabado de contratar alguns reforços a peso de ouro – Paulo Borges, Buião e Eduardo – todos atacantes. 

Paulo Borges, aos 13 minutos de segundo tempo, e Flávio Minuano, aos 31, foram os autores dos gols que quebraram o tabu. O Santos, com Pelé e Edu, não saiu do zero.

E pra finalizar: é verdade que nesse período a gente tinha dificuldades contra o Santos. Mas no retrospecto geral, que é o que importa, o Santos tem sido um bom freguês: em 328 jogos, vencemos 130 e perdemos 105. Uma das nossas vitórias, em 2005, foi por 7 a 1, com show de Carlitos Tevez:

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *