ACUSADO DE ESTUPRAR ENTEADA DE TRÊS ANOS, HOMEM ALEGA QUE ESTAVA POSSUÍDO POR “ENTIDADE ESPIRITUAL”

Depois do “viajante do tempo”, temos agora um “espírito estuprador”. Realmente, o fim dos tempos deve estar próximo.  A notícia é do jornal Extra:

Um homem foi preso acusado de estuprar a própria enteada, de apenas 3 anos, em Estrutural, no Distrito Federal. O crime aconteceu há dez dias, na residência da menina. O suspeito foi preso a útima quarta-feira por policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Testemunhas contaram aos agentes que o padrasto da criança participou de um culto evangélico, a convite do sogro e acompanhado da companheira. Durante a sessão religiosa, ele teria incorporado um espírito nominado ‘Exu das almas preciosas’. Segundo os relatos, o homem teria abusado da menina por estar sob influência dessa entidade.

Na delegacia, o acusado disse não se lembrar de nada, mas que pode ter cometido o crime em razão da dominação do espírito. Após relatos de testemunhas, exames médicos e a péricia, o padrasto da vítima foi indiciado, preso e levado à carceragem da Polícia Civil do Distrito federal, onde permanece à disposição da Justiça.

1 comentário

  • Eu acredito nas entidades trevosas,mas a força do mal só atua onde tem brecha.Pra pessoa entrar em sintonia com essas energias,ela tem de vibrar na mesma frequência,por isto ele não está isento de culpa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *