BOLSA TEVE MAIOR SAÍDA DIÁRIA DE CAPITAL ESTRANGEIRO DA HISTÓRIA. E VALOR DA PETROBRÁS CAI R$ 72,1 BILHÕES

Deu no UOL:

A Bolsa de Valores registrou no último dia 26 a maior retirada de capital estrangeiro desde o início da contabilização dos dados, em 1994.

Os investidores estrangeiros retiraram R$ 3,068 bilhões da bolsa no retorno do feriado de Carnaval, em meio ao pânico generalizado com a rápida disseminação do novo coronavírus fora da China. Naquele dia, o Ibovespa fechou em forte queda de 7%, aos 105.718,29 pontos, com giro financeiro de R$ 33,2 bilhões.

Em fevereiro, o saldo acumulado de recursos estrangeiros na Bolsa está negativo em R$ 15,750 bilhões, resultado de compras de R$ 190,150 bilhões e vendas de R$ 205,900 bilhões. Em 2020, os estrangeiros já retiraram R$ 34,908 bilhões do mercado acionário brasileiro.

O montante retirado em dois meses de 2020 já é equivalente ao saldo negativo registrado em quase 11 meses de 2019 – de 2 de janeiro e 13 de novembro do ano passado. No fechado do ano, a saída de capital estrangeiro da bolsa, em 2019, totalizou R$ 44,5 bilhões.

A Petrobras é a empresa brasileira que mais perdeu valor de mercado desde a instabilidade no mercado financeiro, que teve início no dia 19 de fevereiro. A gigante do petróleo está valendo R$ 72,1 bilhões a menos do que valia na semana passada.

2 comentários

  • José Rainha

    Porque vc não dá a notícia por completo ? Quando o Presidente Bolsonaro assumiu a BR valia pouco mais de 300bi e hj ela vale mais de 400bi. Contando essa perca de capital que apesar de ser momentânea a distribuidora ainda está no lucro.

  • rapizodia

    Olha que interessante! Há alguns anos, víamos diversos empresários darem entrevistas na TV pedindo juros mais baixos e que só assim haveria investimentos empresariais e crescimento econômico, busquem vídeos do senhor Paulo Skaf. Agora temos a menos SELIC da história e o Ministro Guedes, querendo nos enganar com a cotação do dólar beirando os R$ 5,00 e dizendo que é bom e para nos acostumarmos. Isso só tem uma explicação, fuga de capital e desinvestimento, na real, não temos dinheiro para barrar a escalada do câmbio, ou seja, corona vírus ou qualquer outro problema, não temos capacidade de investimento sem recursos estrangeiros e com o câmbio nestas condições, qual o empresário que vai negociar aquisição de máquinas de transformação ou insumos e investir neste país? E sem investimento, já sabemos no que vai dar, desemprego, mais estagnação, concentração de renda e pobreza. Veremos até quando o comércio segurará o emprego sem consumo. Só para alguns saberem, o Brasil perdeu quase uma Petrobrás nos últimos dias com a queda da Bolsa e desvalorização de empresas brasileiras com papéis negociados lá. Tá osso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *