EM MINAS, CRIANÇA DE OITO ANOS MATA A PRÓPRIA MÃE EM ACIDENTE COM ARMA DE FOGO

A notícia é do jornal mineiro O Tempo:

“Olha aqui, mãe”. Essas foram as últimas palavras que uma mulher, de 33 anos, ouviu antes de ser baleada no rosto pelo próprio filho, de apenas oito anos. Ela não resistiu ao disparo e morreu.

O fato aconteceu em uma fazenda localizada a 6 KM de distância de São Gotardo, no Alto Paranaíba, na manhã deste sábado (19). A mulher, foi com os filhos, o de 8 anos, além de um adolescente, de 13, visitar o irmão, de 40 anos, e a cunhada, de 38, que moram na fazenda São José da Lagoa, onde trabalham como caseiros. O acidente aconteceu pela manhã dentro da residência.

Em um momento de distração, a criança encontrou a arma, uma espingarda calibre 20, debaixo da cama do casal, pegou e foi mostrar à mãe. A bala atingiu o rosto da mulher, próximo à boca. Ela foi socorrida pelo próprio irmão e encaminhada ao hospital municipal da região, mas acabou falecendo.

O irmão Da vítima contou aos militares que atenderam à ocorrência que, no dia anterior, ele teria ouvido um barulho suspeito e resolveu pegar a arma na casa dos donos da fazenda, carregá-la e mantê-la debaixo de cama caso fosse necessário usá-la. Ele acabou sendo preso por omissão de cautela e afirmou foi um erro deixá-la em um local de tão fácil acesso.

A criança, que ficou muito abalada, está sob os cuidados dos parentes.

O proprietário da fazenda, de 44 anos, que é dono da espingarda, também foi preso por posse ilegal de arma de fogo. Ele alegou que adquiriu a arma quando comprou a propriedade. 

A arma e a munição foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas, onde os suspeitos vão prestar depoimentos.

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *