MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGA DENÚNCIAS DE PERSEGUIÇÃO POLÍTICA EM DIRCE REIS

E agora uma notícia que vai deixar o assessor de imprensa da Câmara Municipal de Jales, professor Roberto Timpurim, muito triste.

O Diário Oficial de hoje publicou o pedido de abertura de um procedimento preparatório de inquérito civil onde o prefeito de Dirce Reis, Euclides Scriboni Benini, aparece como investigado. O procedimento está sendo iniciado pelo Ministério Público de Jales, com base em denúncias da senhora Maria Eunice da Silva, que está acusando o prefeito Cridão de perseguição política contra funcionários municipais de Dirce Reis.

Os funcionários, supostamente perseguidos, teriam sido testemunhas em um outro procedimento – aquele do concurso público com indícios de fraude – que culminou em uma ação civil pública contra o Cridão, por improbidade administrativa. Mas as denúncias da dona Maria Eunice não terminam por aí: ela também aponta irregularidades referentes ao provimento de cargos na Prefeitura de Dirce Reis.

As diligências do Ministério Público visam apurar as denúncias e, caso elas sejam confirmadas, o prefeito Euclides Scriboni Benini poderá ser alvo de outra ação civil pública por improbidade administrativa. Aguardemos.

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *