THE INTERCEPT DESMENTE SÉRGIO MORO SOBRE TORTURA EM PRESÍDIO DO PARÁ

Constantemente humilhado e desautorizado por Bolsonaro, Sergio Moro, ainda ministro da justiça, tornou-se um porta-voz do governo encarregado de mascarar as diversas violências que se alastram pelo país. O site The Intercept publicou matéria, acompanhada por um vídeo, em que contesta a afirmação de Moro, de que “não há tortura em presídios do Pará”. Eis a matéria do The Intercept:

O ministro da Justiça Sergio Moro fez uma visita, na segunda-feira(07) a alguns presídios de Ananindeua, município paraense vizinho a Belém. Fez questão de caminhar ao lado de Maycon Cesar Rottava, coordenador da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária até a última sexta, 4, quando foi afastado pela justiça devido a uma denúncia assinada pelo MPF acusando seus agentes de torturar detentos.

A quem perguntava sobre o afastamento de Rottava, publicado ontem no Diário Oficial, Moro, responsável pela força-tarefa, respondia que a situação não passava de um “mal-entendido”, como me foi relatado por uma das pessoas presentes à inspeção, que preferiu não se identificar.

Para o ministro, a “disciplina em presídios” que vem sendo aplicada pelos seus subordinados “é imprescindível e inegociável”. As 700 detentas do Centro de Reeducação Feminino de Ananindeua discordam. Elas relatam terem sido espancadas e obrigadas a sentarem apenas de calcinha em cima de um formigueiro, como mostram vídeos com relatos das presas à OAB do Pará obtidos com exclusividade pelo Intercept.

O vídeo pode ser visto abaixo, mas eu recomendo às pessoas de “estômago fraco” que não vejam:

4 comentários

  • Leandro

    Olhem só….o tratamento deve estar sendo bom….estão até pedindo ” pelo o amor de Deus”…. Mas quando furtaram, roubaram, mataram, traficaram, etc, NAO PENSARAM EM DEUS NÉ????… NÃO PENSARAM NO MAL QUE ESTAVAM FAZENDO NÉ????… Certinho MORO, na cadeia tem q ter disciplina, procedimento….

  • Anonimo

    Sabe o estado de saúde do Hilário Pupim ?

  • MURILO do PT

    Que BLOG DECADENTE!

    Último que sair apague a luz

  • O ídolo petista, pós Lula

    Depois de comprar as gravações de conversas hackeadas entre os procuradores da Lava Jata. Vender ao PT, ao Jornais Folha e Estadão como também a revista Veja. Com promessas de que Lula sairia da cadeia e o ministro Moro cairia. Pois bem! Os hackeadores foram presos, Lula continua preso e o ministro não caiu.
    Com a falta de substituto no comando do PT, o jornalista americano Greenwald tornou-se um ídolo petista ainda virou “celebridade”. Vejamos!
    A poucas semanas, ele disse que na sua opinião, “vazamentos são o futuro do jornalismo no mundo democrático”. Ou melhor, a espionagem é o caminho do jornalismo. Disse, também que ” existe corrupção também em atos de juízes, procuradores e da mídia”.
    Segundo ele, nem a Globo, em breve, conseguirá negar mais quem ele é.
    Os petistas estão felizes pois estão ouvindo atentos o novo ídolo petista. Logo sai candidato. kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *